RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias

07/11/2017 

Emprego precário prejudica economia e agrava pobreza



Para diretor técnico do Dieese, país precisa melhorar salários e distribuir renda para reagir ao aumento da concentração de renda, apontada em estudo do Banco Mundial. "Temos uma longa tarefa na economia brasileira de conduzir o crescimento econômico, com melhor distribuição de renda e melhoria de salários", disse o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, à Rádio Brasil Atual, ao analisar estudo do Banco Mundial, que mostra 45,5 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza. A reportagem é da Rede Brasil Atual. 

A parcela de pessoas pobres vinha caindo nas últimas décadas, mas com a recessão o número voltou a subir em 2015. Quase 22% vivem com uma média de R$ 500 ao mês. "Sob a linha de US$ 1,90 por dia a fatia da pobreza correspondia a 3,7% em 2014 e subiu para 4,3% no ano seguinte. Quando a régua sobe para US$ 5,50 diários, a parcela de brasileiros abaixo da linha vai a 20,4% em 2014, crescendo para 22,1% em 2015", diz o estudo.

Outro estudo, da ONG Oxfam Brasil, divulgado no final de setembro, também apontou a desigualdade social e o aumento da concentração de renda no país.

Clemente contesta afirmação do presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra da Silva Martins Filho, que em entrevista à Folha de S.Paulo, defende flexibilização de direitos sociais a pretexto de se criarem empregos. Para o diretor do Dieese, o argumento de Gandra é um dos motivos para a elevação da pobreza no Brasil.

"Ao reduzir direitos, você precariza o trabalho, reduz salário e as empresas contratam mais, porém trabalhadores precarizados. Empregos precários não dão dinâmica à econômica", afirma o especialista.

Fonte: Rede Brasil Atual
Última atualização: 08/11/2017 às 15:06:25
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br