RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias

11/06/2018 

Bancários do Itaú fecham pauta específica de reivindicações


No Encontro Nacional dos Trabalhadores do Itaú, realizado em São Paulo, o diretor do SEEB/Ce, Ribamar Pacheco defendeu as propostas da Fetrafi/NE
 

Os 91 delegados e delegadas do Encontro Nacional dos Trabalhadores do Itaú definiram, na desta sexta-feira (8), a minuta de reivindicações específicas para a Campanha Nacional 2018. O evento foi realizado entre os dias 7 e 8/6, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo.

O documento é resultado de dois dias de trabalho, que contou com debates de temas como Emprego e Condições de trabalho e programas próprios de remuneração, como PLR e PCR. Também houve apresentações de balanço do Grupo de Trabalho (GT) de Saúde e dos planos de previdência da Fundação Itaú.

O sentimento geral dos participantes do encontro foi que o banco foi um dos principais financiadores do Golpe contra a democracia para se aproveitar da crise que o se instaurou no Brasil, mostra disso foi se transformar no maior banco do país, neste período. “Está na hora de o Itaú fazer seu papel social, ao respeitar a democracia, garantir o emprego e as boas condições de trabalho de seus funcionários, além de dividir seus lucros de forma justa”, afirmou Jair Alves, Coordenador do Comissão de Organização dos Empregado (COE) do Itaú.

É importante lembrar que, num ano de muita dificuldade econômica no país, o Itaú lucrou quase R$25 bilhões em 2017 e já chegou a R$6,4 bi no primeiro trimestre de 2018.

“Esse é o momento em que nosso movimento sindical tem que mostrar pelo que veio ao mundo. Nós vamos nos reinventar, vamos nos fortalecer e trazer um enfrentamento a este golpe. O que o bancário e a bancária esperam do movimento sindical é que a gente mostre nosso poder de organização e mobilização histórico que representam nosso jeito de fazer sindicalismo”, completou Roberto von der Osten, secretário de Relações Internacionais da Contraf-CUT.

Durante o encontro foram aprovados pontos que a COE vai continuar a discutir com o banco, como a SQV, a cláusula 65 e o PCR para 2019 e 2020.

 

Fonte: Contraf-CUT
Última atualização: 11/06/2018 às 11:28:46
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br