RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Ataques a Bancos em 2013

11 DE DEZEMBRO

Por volta das 8h da manhã, os clientes da agência do Banco do Brasil na Av. Washington Soares, em Fortaleza, foram surpreendidos por cerca de cinco assaltantes que invadiram o auto-atendimento e roubaram os pertences de bancários e clientes.

11 DE DEZEMBRO

Por volta das 2h20 da madrugada, um grupo entre cinco e sete homens invadiu a localidade de Ararendá, sertão de Crateús e explodiu um posto avançado do Bradesco. Na fuga, os bandidos se depararam com uma barreira policial entre Ipueiras e Ararendá. No confronto, um policial militar de Nova Russas foi atingido por um tiro na virilha e morreu no hospital pouco depois.

11 DE DEZEMBRO

Por volta de 1h10 da madrugada, um grupo de cerca de 10 indivíduos invadiu a agência do Banco do Brasil de Ocara, (101 km de Fortaleza). Os bandidos abordaram um grupo que estava em um posto de gasolina e renderam quatro pessoas. Em seguida, o bando explodiu o banco e obrigou os 4 reféns a colocarem um cofre que estava próximo de um caixa eletrônico da agência dentro da carroceria de uma Ford Ranger. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), cerca de R$ 250 mil foi levado pelos bandidos.

04 DE DEZEMBRO

Terminou em quatro mortes a tentativa de roubo a uma agência bancária do Banco do Brasil em Itarema (237,1 km de Fortaleza) durante a madrugada. A Polícia interviu na operação dos bandidos e houve troca de tiros. A quadrilha havia tentado assaltar o município uma semana antes. Durante esta ação, os bandidos foram surpreendidos pela polícia, dando início a uma intensa troca de tiros. No tiroteio, três bandidos e um rapaz que havia sido feito de refém pelo bando morreram. O irmão do refém morto durante a troca de tiros também acabou baleado. Um outro bandido foi alvejado nas duas coxas e transferido para o IJF com fratura exposta em uma delas. Três bandidos fugiram.

04 DE DEZEMBRO

Em Jaguaribara, cerca de cinco homens fortemente armados chegaram à agência do Bradesco em um veículo Gol, que havia sido tomado de assalto no começo de agosto, em Fortaleza. No momento do roubo, os dois únicos policiais que faziam a ronda em todo o município estavam de frente à outra agência bancária, a do Banco do Brasil. Ao ouvirem o estrondo da explosão do caixa, a dupla se dirigiu ao Bradesco, onde foi recebido a tiros pelos assaltantes. Acuados, os policiais conseguiram se abrigar enquanto aguardavam reforço. Em seguida, o bando se dirigiu ao Banco do Brasil, onde efetuou nova explosão aos caixas. Após a ação, os bandidos fugiram.

03 DE DEZEMBRO

A ação em Pires Ferreira começou por volta das 22h30, no destacamento da polícia. A quadrilha conseguiu impedir a saída dos oficiais e, assim, explodiram a agência do Banco do Brasil. De acordo com a delegacia municipal, a quadrilha era formada por cerca de seis pessoas. Os bandidos fugiram em dois veículos, mas não conseguiram levar nenhuma quantia da agência.

03 DE DEZEMBRO

Um grupo de seis homens armados assaltou um carro forte em frente a agência do Banco do Brasil do município de Coreaú, a 299,3 km de distância de Fortaleza, por volta das 11h40min da manhã. Após a ação, o grupo fugiu com malotes levando como reféns os vigilantes do veículo e um policial. Houve troca de tiros e uma pessoa ficou ferida.

29 DE NOVEMBRO

Por volta de 1h30min da madrugada, em Boa Viagem, município vizinho à Pedra Branca, utilizando uma marreta, dois homens destruíram a porta da agência do Bradesco e tentaram arrombar um dos caixas eletrônicos. A PM foi alertada e foi até o banco. A dupla percebeu a chegada dos policiais e tentou fugir, mas foi perseguida e presa. 

29 DE NOVEMBRO

Por volta das 2h da madrugada, mais uma agência bancária teve seu caixa eletrônico explodido no interior do Ceará. Um grupo de seis homens armados com fuzis e pistolas violaram a agência do Bradesco em Meruoca, 277,3 km da capital cearense. A quantia levada também não foi informada.

29 DE NOVEMBRO

Um bando armado, entre 15 a 20 homens, atacou a cidade de Pedra Branca, na região Central do Estado, e explodiu a agência do Banco do Brasil roubando vários malotes. Conforme informações de populares, o ataque começou por volta da meia-noite. Os criminosos, utilizando capuzes, invadiram a cidade surpreendendo a Polícia e quem ainda se encontrava nas praças do Centro da cidade, onde alguns moradores foram tomados como reféns até a ação ter desfecho.

28  DE NOVEMBRO

Um caixa eletrônico do Bradesco foi violado durante a madrugada na cidade de Palmácia, na região do Maciço de Baturité (73 km de Fortaleza). Nada foi levado durante a ação, afirmou o Comando de Policiamento do Interior (CPI). Por volta de 1h25 da madrugada,  populares informaram ao CIOPS ter avistado um grupo composto por pelo menos 3 homens invandindo a agência bancária. Quando a viatura chegou ao local percebeu a porta do estabelecimento quebrada e o caixa eletrônico violado. Após perícia, ficou constatado que nada havia sido levado do caixa eletrônico.

25 DE NOVEMBRO

A Polícia registrou mais um caso de violação de caixa eletrônico. O caso ocorreu na agência do BB de Horizonte. Os ladrões teriam usado um maçarico para fazer um buraco no caixa. O fato ocorreu na madrugada.

25 DE NOVEMBRO

Bandidos explodem caixas eletrônicos do Bradesco em Paramoti.Por volta das 00hs20min da segunda-feira, dia 25/11, a equipe Policial do Destacamento do município de Paramoti solicitou reforço policial para aquele município, pois a agência do Bradesco, situada na Travessa Santos Gomes, nº 51 – Centro, havia sido alvo de uma quadrilha, a qual abriu o caixa eletrônico com o auxilio de explosivos.

23 DE NOVEMBRO

Cerca de oito homens tentaram explodir uma agência do Banco do Brasil em Itarema, a 237 quilômetros de Fortaleza, durante a madrugada. A dinamite colocada pelo grupo perto dos três caixas eletrônicos do banco não explodiu. A ação ocorreu por volta das 2h. O grupo chegou à agência em três carros, rendeu o vigia da rua e quebrou a porta do banco. Com a explosão frustrada, os assaltantes fugiram.

20 DE NOVEMBRO

Durante a madrugada um grupo de assaltantes entrou no posto de atendimento do Banco do Brasil de Pindoretama. Os bandidos entraram pelos fundos e danificaram todo o sistema de segurança e o cofre da dependência. Com a ação, a agência ficou impossibilitada de abrir ao público. Os funcionários da agência denunciam o medo e a insegurança no local.

29 DE OUTUBRO

Por volta da meia noite, um grupo armado composto por nove homens explodiu a agência do Bradesco de Paraipaba (93 km de Fortaleza). A quadrilha utilizou o mesmo método de outras ações no Interior: alguns assaltantes atiraram no destacamento policial da cidade, impedindo os agentes de saírem enquanto outros roubaram o banco. Um policial foi feito refém durante a ação e liberado em seguida. Após o assalto, populares invadiram e saquearam a agência. Dois dos caixas foram explodidos pelo bando.

25 DE OUTUBRO

Um grupo composto por aproximadamente 15 indivíduos fortemente armados com fuzis e revólveres explodiu um caixa eletrônico do BB na cidade de Penaforte (545 km de Fortaleza). O ataque aconteceu por volta de 3h da madrugada. Os bandidos fizeram reféns e atiraram contra o destacamento policial que se localiza vizinho ao prédio explodido. Os ladrões levaram todo o dinheiro do caixa e o prédio onde se localizava o caixa eletrônico ficou completamente destruído.
 

15 DE OUTUBRO

Um assaltante morreu durante “saidinha bancária” no bairro Conjunto Timbó (em Maracanaú). Numa ação inusitada de assalto a uma mulher que acabara de sacar R$ 3 mil de uma agência bancária, os dois assaltantes brigaram entre si pela posse do dinheiro. Armados, eles trocaram tiros e um deles foi morto. A vítima estava em movimento como passageira de um mototáxi, quando houve a abordagem. O taxista acelerou, mas logo foi induzido a parar. Após tirar a bolsa da mulher, os assaltantes começaram a brigar. No tiroteio, um deles foi atingido com um tiro no tórax. O outro fugiu a pé, com a bolsa da vítima.

04 DE OUTUBRO

Por volta de 8h30min, dois homens, armados e trajados como executivos, invadiram a agência do Banco do Brasil de Sononópole, na região do sertão central do Estado. Segundo informações, os assaltantes renderam o gerente e dois vigilantes. No interior da agência, a dupla anunciou o assalto e rendeu o gerente. No subsolo do local, dois vigilantes foram rendidos e levados pelos criminosos até o cofre da agência, de onde levaram dois malotes com dinheiro. Os homens fugiram no carro do gerente.

04 DE OUTUBRO

Um grupo composto por aproximadamente 10 indivíduos fortemente armados invadiu a cidade de Lavras da Mangabeira (434 km de Fortaleza), e explodiu o Banco do Brasil da cidade. Durante a ação, três policiais foram feitos reféns.O ataque aconteceu por volta de 1h30, de acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI). A viatura policial realizava uma blitz na cidade quando foi surpreendida pelo grupo criminoso. Os policiais foram rendidos e conduzidos até o banco. A agência foi explodida, e o grupo fugiu levando ainda as armas dos policiais.

1º DE OUTUBRO

Um grupo de aproximadamente 15 pessoas explodiu o Banco do Brasil da cidade de Frecheirinha (283 km de Fortaleza). O ataque aconteceu por volta de 1h40. A polícia trocou tiros com os criminosos, que conseguiram fugir sem levar nada.

27 DE SETEMBRO

Uma terceira ação contra agências bancárias no Interior do Ceará aconteceu no dia 27, deixou um policial militar baleado, no município de Catarina (394 km de Fortaleza). Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), um grupo assaltou a agência do Banco do Brasil da cidade. Um policial ficou baleado.

27 DE SETEMBRO

Pelo menos, duas agências foram explodidas por criminosos durante a madrugada. O primeiro ataque ocorreu antes da meia-noite em Apuiarés (128 Km de Fortaleza), quando uma quadrilha armada invadiu o município e colocou artefatos explosivos na agência do Bradesco. O segundo crime ocorreu em Meruoca, na Região Norte do Estado (277 Km da Capital) onde bandidos atacaram as agências do Bradesco e do Banco do Brasil. Na primeira, não houve roubo. Contudo, na agência do BB ocorreram, pelo menos, três explosões. Parte da quadrilha metralhou a frente da sede do Destacamento da PM e uma viatura.

19 DE SETEMBRO

Cerca de 10 homens assaltaram, no início da madrugada, caixas eletrônicos do Posto de Atendimento do Bradesco da cidade de Palmácia (60 km de Fortaleza, no Maciço de Baturité). Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o grupo usou explosivos e agiu rápido. Este foi o segundo ataque a esta agência em 2013.
 

12 DE SETEMBRO

Dois homens foram encontrados mortos no Km 6 da CE-350, estrada localizada entre Maracanaú e Pacatuba, dentro de um veículo. As vítimas foram mortas a tiros. Segundo o sargento da Força Tática de Apoio (FTA) de Guaiúba, a Polícia está investigando o crime e trabalha com a possibilidade de uma saidinha bancária. Antônio Humberto Falcão, 63 anos, foi ao BB de Maranguape, onde sacou uma quantia em dinheiro. Após o saque, ele saiu da agência na companhia de Francisco Hamilde Alves, 32, que conduzia um veículo. Durante o trajeto, os dois foram surpreendidos por uma dupla em um carro. Segundo informações passadas à polícia, os homens efetuaram disparos de arma de fogo contra as vítimas, que não resistiram aos ferimentos.

11 DE SETEMBRO

Dois homens roubaram R$ 27 mil de um funcionário de uma distribuidora de cigarros no Centro de Quixadá, num crime conhecido como “chegadinha bancária”. Segundo a polícia, o assalto ocorreu em frente ao Banco do Brasil quando a vítima descia de um carro para efetuar o depósito do valor roubado. A vítima foi surpreendida pelo garupeiro, portando um revólver.

09 DE SETEMBRO

Uma agência do BB de São Luís do Curu (95,6 km de Fortaleza) foi assaltada por um grupo de cinco a seis homens armados que invadiu a agência e fez um refém durante a ação. Essa foi a segunda vez este ano que a agência foi alvo de bandidos: no dia 3/7, um grupo de três homens armados tentou assaltar a unidade usando explosivos e chegando a danificar um caixa eletrônico, no entanto, sem conseguir levar nada.

04 DE SETEMBRO

Três homens armados invadiram o posto de atendimento do BB, localizado dentro do Detran, no bairro Conjunto Ceará. A ação dos suspeitos ocorreu por volta das 14h40. O trio invadiu o local e levou cerca de R$ 12 mil. O grupo também levou a carteira e o relógio do chefe do posto de atendimento e a carteira do vigilante. 

04 DE SETEMBRO

O gerente administrativo de uma agência Bradesco foi assaltado quando transportava um malote com dinheiro do banco. O crime ocorreu no município de Canindé, próximo à agência. De acordo com informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o gerente fazia o transporte do malote do Bradesco para uma agência do Banco do Brasil, localizada do outro lado da praça. A vítima foi abordada por dois homens em uma moto, que anunciaram o assalto. Eles levaram o malote e fugiram, em seguida. Ninguém foi preso.

02 DE SETEMBRO

Mais um ataque a banco foi registrado no Ceará. O alvo, desta vez foi a agência do Bradesco de Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Universitários foram feitos reféns e utilizados como escudo humano durante a ação. Cerca de seis pessoas participaram da ação que aconteceu por volta das 23h40. Ao chegarem a Pindoretama, os assaltantes abordaram um ônibus que transportava oito universitários de volta à cidade e renderam os passageiros. Os universitários foram obrigados a dar as mãos, formando um escudo humano na frente da agência. Enquanto isso, artefatos explosivos eram colocados no banco, provocando a explosão.

02 DE SETEMBRO

Mais de 25 homens fortemente armados atacaram o destacamento de polícia de Boa Viagem (217 km de Fortaleza), por volta das 0h20 da madrugada e destruíram a agência do Banco do Brasil na cidade. Na fuga, os criminosos, que tinham o objetivo de roubar a agência, fizeram reféns e trocaram tiros contra a polícia. Um sargento da Polícia Militar levou um tiro de raspão nas costas, mas passa bem. De acordo com informações de policiais militares, uma parte do bando foi até o destacamento de polícia e efetuou vários disparos contra o prédio. No mesmo momento, os policiais receberam um aviso que a agência bancária estava sendo atacada com bombas por outros homens. Um terceiro grupo dava cobertura aos outros dois bandos. Na agência, os bandidos usaram bombas que destruíram totalmente o prédio do estabelecimento. Mais quatro imóveis, entre casas de moradores e comércios próximos, também ficaram destruídos por conta das explosões. Na fuga, os criminosos levaram o gerente de uma lanchonete próxima ao banco e utilizaram o funcionário como escudo para chegarem até o veiculo de fuga.

1º DE SETEMBRO

Dois homens usaram uma chave para abrir um caixa eletrônico dentro de um supermercado, no Bairro Parque Araxá, em Fortaleza. O crime ocorreu às 8 horas da manhã. Nas imagens das câmeras de segurança, os dois aparecem com uma chave codificada exclusiva de quem trabalha em empresas que prestam segurança aos bancos. Enquanto um homem abre o caixa, outro fica de pé vigiando. Enquanto os homens roubavam, um rapaz usava o caixa eletrônico ao lado. De acordo com a Polícia, este é o primeiro crime registrado a caixas eletrônicos em Fortaleza desta forma. A polícia informou ainda que toda a quantia que estava dentro do caixa eletrônico foi levada pelos suspeitos, mas não informou o valor total do roubo.

1º DE SETEMBRO

Por volta das 3 horas da madrugada, um grupo tentou assaltar três caixas eletrônicos da agência do BB, no município de Umirim (109 km de Fortaleza). Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), os assaltantes usaram explosivos, mas a quantidade não foi suficiente para retirar o dinheiro dos aparelhos.
 

30 DE AGOSTO

A agência do Banco do Brasil de Coreaú, no interior do Ceará, foi assaltada durante a madrugada. Segundo a polícia, um grupo entrou na agência pelos fundos do banco, após fazer um buraco na parede. O grupo desligou o alarme, desativou o monitoramento de câmeras e teve acesso ao cofre do banco. Além de dinheiro, os assaltantes levaram armas de fogo que pertencia ao banco. 

29 DE AGOSTO

Cinco homens armados tentaram invadir uma agência bancária do Bradesco do município de Paramoti (104 km de Fortaleza) durante a madrugada. Os homens teriam entrado na agência, mas antes de consumarem a ação, a população alertou e a polícia compareceu imediatamente o que fez com que os bandidos recuassem e abortassem a ação. Os assaltantes deixaram vários instrumentos que seriam usados na ação dentro da agência bancária.

27 DE AGOSTO

Um homem foi roubado em uma  “saidinha bancária” na Avenida Santos Dumont, no Bairro Aldeota, em Fortaleza. A ação dos suspeitos foi flagrada por um internauta que postou fotos no Facebook. O assalto assustou pedestres, moradores e motoristas que passavam pelo local. segundo a Polícia Militar, um dos assaltantes abordou o motorista de um carro que tinha acabado de sair de uma agência bancária. O suspeito ameaçou o alvo da “saidinha” com uma arma e sabia até a quantia sacada por ele no banco, conforme a PM. A vítima e um colega de trabalho tinham acabado de sacar R$ 5 mil de um banco, quando foram abordados por uma dupla de assaltantes.

24 DE AGOSTO

Um grupo tentou explodir um caixa eletrônico na agência do Bradesco de Aiuaba (458 km de Fortaleza), por volta das 3h30 da madrugada. A ação destruiu toda a frente da máquina, mas o cofre permaneceu intacto. O barulho causado pela explosão e a dificuldade em arrombar o cofre fizeram com que os bandidos abortassem a ação que configura o centésimo ataque a banco no Estado em 2013.

21 DE AGOSTO

Um grupo fortemente armado invadiu a cidade de Aracati (150 km de Fortaleza) e atacou uma agência do Banco do Brasil durante a madrugada. Os caixas eletrônicos e um cofre foram explodidos pelo grupo. De acordo com a polícia, cerca de 25 a 30 pessoas participaram da ação. O grupo atacou a delegacia da cidade, efetuando disparos de pistola e fuzis. Cerca de 45 marcas de tiros foram localizadas na parede da unidade. A seguir, o grupo partiu para o banco, onde efetuou a explosão. A polícia foi ao local e iniciou intensa troca de tiros com os assaltantes. Um dos suspeitos foi ferido, mas ainda assim conseguiu fugir com o restante do bando.

19 DE AGOSTO

Dois homens numa motocicleta assaltaram dois funcionários de um mercantil, em frente ao Banco do Brasil de Solonópole (275 km de Fortaleza). Os empregados iriam depositar R$ 28.910,00 em dinheiro na agência bancária, como faziam todas as manhãs, mas os bandidos já estavam aguardando as vítimas e realizaram um tipo de crime conhecido como “chegadinha bancária”. O assalto ocorreu por volta das 14h30.

14 DE AGOSTO

Uma mulher de 40 anos foi vítima de saidinha bancária por volta de meio dia, no bairro Meireles. Houve tiroteio e um assaltante teria sido baleado. Segundo informações da polícia, a vítima havia retirado R$ 3.000,00 do Bradesco, da avenida Abolição, quando foi abordada por três homens.

12 DE AGOSTO

Uma tentativa de assalto a uma agência do Banco do Brasil foi registrada na avenida Pontes Vieira, bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. Segundo a polícia, a tentativa teria sido frustrada por seguranças da agência, que trocaram tiros com o criminoso. O acusado foi baleado durante a ação e fugiu em uma motocicleta.

09 DE AGOSTO

Dois homens foram presos ao tentar arrombar um posto bancário em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza.

05 DE AGOSTO

Um grupo de criminosos tentou assaltar um carro-forte em Ibaretama (134Km de Fortaleza). Segundo informações da Polícia Militar, os seguranças perceberam dois automovéis seguindo o blindado, que transitava no sentido Fortaleza/Quixadá. O grupo tentou ´fechar´ o veículo que transportava o dinheiro, mas os seguranças efetuaram vários disparos e buscaram refúgio no destacamento policial d a cidade de Ibaretama.

02 DE AGOSTO

Um sargento aposentado da Polícia Militar foi vítima de uma saidinha bancária no bairro Praia de Iracema, em Fortaleza, por volta das 12h30. Ele acompanhava a esposa, que havia sacado dinheiro de uma agência bancária, quando foram abordados por dois homens armados em uma moto. Segundo informações do Ciops, o casal reagiu ao assalto e a dupla armada efetuou alguns disparos no PM, identificado como Francisco Almires Ribeiro, 64 anos. O sargento foi levado ao hospital, mas chegou sem vida. A dupla levou uma quantia em dinheiro e a arma do marido.

02 DE AGOSTO

Mais DOIS bancos foram atacados por um grupo fortemente armado no Ceará. O alvo desta vez foi a cidade de Monsenhor Tabosa (306 km de Fortaleza). Eram por volta das 2h quando cerca de 20 homens invadiram a cidade e dividiram-se. Enquanto uma parte metralhava o destacamento policial, a outra dirigia-se ao Bancos do Brasil e Bradesco da cidade.

31 DE JULHO

Três homens foram presos em flagrante no município de Uruburetama após tentarem violar caixas eletrônicos de uma agência do Bradesco. Com o grupo foi encontrado o material que seria utilizado para violar caixas eletrônicos. Ainda segundo o delegado, o banco não informou se o grupo teria levado alguma quantia em dinheiro.

29 DE JULHO

Mais um banco foi explodido por grupo armado no Ceará. Dessa vez, a agência do Banco do Brasil de Baturité (93 km de Fortaleza), foi o alvo dos criminosos. Um grupo formado por cerca de 20 indivíduos portando fuzis e coletes à prova de balas explodiu o cofre da agência, danificando e comprometendo todo o prédio. A ação aconteceu durante a madrugada. De acordo com informações de moradores da região, os homens efetuaram vários disparos contra os policiais que chegaram ao local. Os bandidos conseguiram levar uma quantia em dinheiro não revelada da agência.

26 DE JULHO

Cerca de oito indivíduos armados invadiram a cidade de São João do Jaguaribe (215 km de Fortaleza), durante a madrugada, e roubaram uma agência avançada do Bradesco. Divididos em duas motos e um carro, uma parte da quadrilha foi até o destacamento policial da cidade, que contava apenas com três agentes naquele momento, e metralhou o local, destruindo a viatura e deixando os policiais fora de combate. Enquanto a polícia era acoada, a outra parte do grupo dirigiu-se até o banco, explodindo o caixa eletrônico. Na fuga, puseram fogo no carro. Os criminosos ainda deixaram um rastro de dinheiro espalhado pelo chão da agência bancária. Dentro do banco, ainda foi encontrada uma bomba caseira intacta.

25 DE JULHO

Uma quadrilha formada por quatro homens armados assaltou a agência do Banco do Brasil no município de Redenção (55 km de distância de Fortaleza), por volta das 12h40. Os ladrões levaram ainda o colete e arma do vigilante e os pertences de alguns clientes.

25 DE JULHO

Cerca de cinco homens armados e com coletes à prova de bala explodiram caixas eletrônicos na agência do Bradesco do município de Senador Sá (275 km de Fortaleza). O grupo, no entanto, não conseguiu levar o dinheiro. A agência ficou destruída.

16 DE JULHO

Dois empresários foram assaltados na Avenida Pontes Vieira, no bairro Joaquim Távora, em Fortaleza.Os homens foram surpreendidos por uma dupla de assaltantes em uma moto após sacar R$ 2,5 mil em uma agência do Bradesco na Avenida Gomes de Matos, no Montese. Os assaltantes estacionaram ao lado do automóvel das vítimas e deram socos e um tiro no vidro do carro. Os assaltantes fugiram levando toda a quantia. 

15 DE JULHO

Uma agricultora foi roubada depois de sacar a quantia de R$ 7 mil no Banco do Brasil da cidade de Lavras da Mangabeira. O crime ocorreu por volta das 12h. De acordo com informações da Delegacia Regional de Iguatu, a agricultora de 52 anos havia retirado a quantia para pagar seus funcionários. Ao sair do BB, ela foi abordada por dois homens, que roubaram sua bolsa, onde o dinheiro estava guardado.

10 DE JULHO

Um grupo formado por cerca de 16 assaltantes explodiu, durante a madrugada, parte da agência do Banco do Brasil de Pentecoste (Vale do Curu). A ação ocorreu por volta das 2h50min e as primeiras informações dão conta de que o grupo, fortemente armado, não conseguiu levar o dinheiro. O grupo usou quatro veículos na ação e armas, segundo a Polícia, como fuzil AK-47 e pistolas ponto 40. Em abril do ano passado, a mesma agência foi alvo de assalto e acabou destruída em razão de explosivos usados pelos assaltantes. A agência foi reinaugurada há cerca de quatro meses.

09 DE JULHO

Dois homens tentaram explodir um caixa eletrônico do Bradesco, na avenida Pontes Vieira. Segundo informações de populares, a dupla fugiu em um carro não identificado. De acordo com a Polícia, os homens utilizaram uma garrafa pet com gasolina para incendiar e tentar arrombar o caixa eletrônico. Com a fumaça, eles se dispersaram e fugiram, sem levar nada.

09 DE JULHO

Quatro homens armados assaltaram um posto avançado do Bradesco, no Eusébio, e levaram cerca de R$ 20 mil, no início da tarde. Eles renderam o único vigilante, o gerente e os clientes que estavam presentes no banco. Segundo informações, a ação dos bandidos foi rápida. Além do dinheiro, os assaltantes levaram a arma do vigilante. O crime ocorreu por volta das 14h40. Eles fugiram em um carro e o abandonaram próximo a Pacajus.

04 DE JULHO

Uma quadrilha com cerca de 25 pessoas, entre homens e mulheres, explodiram os caixas eletrônicos de uma agência do Banco do Brasil do município de Tamboril (301, 2km de Fortaleza). De acordo com a Polícia, quatro pessoas foram feitas reféns, mas logo foram liberadas pelo grupo. A ação aconteceu por volta das 23h20min. O grupo usou explosivos e levou uma quantia de dinheiro ainda não avaliada. Houve troca de tiros entre os assaltes e os policiais, mas ninguém saiu ferido.
 

03 DE JULHO

Um grupo de três homens armados invadiu uma agência bancária do Banco do Brasil no município de São Luís do Curu (95 km de Fortaleza), por volta das 4h da manhã, e tentou explodir os caixas eletrônicos instalados no local. O Comando de Policiamento do Interior informou que os bandidos não conseguiram levar o dinheiro nos caixas. Segundo a Polícia, os homens tentaram explodir um caixa disponível para cheques.

28 DE JUNHO

Um grupo de doze homens armados assaltou uma agência do Banco do Brasil, em São Gonçalo do Amarante (60,1 km de Fortaleza). Após troca de tiros entre os assaltantes e a Polícia, um dos integrantes do grupo ficou ferido. De acordo com informações da Polícia Militar, os homens usaram dinamite para explodir um dos caixas eletrônicos e conseguiram levar um malote com dinheiro.

28 DE JUNHO

Um homem foi assaltado por três rapazes armados, após realizar um saque de R$ 6 mil em uma agência bancária do Bradesco, localizada na avenida Aguanambi. O trio seguiu a vítima desde o banco até a abordagem, que aconteceu ao lado da igreja de Nossa Senhora de Fátima, no bairro de Fátima. Os suspeitos conseguiram levar toda a quantia de R$ 6 mil.

27 DE JUNHO

Dois homens armados assaltaram uma unidade de atendimento do banco Bradesco em São Benedito, a 332,4 km de Fortaleza. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), a dupla adentrou na padaria onde funciona a unidade bancária, por volta das 15h40min, e anunciou o assalto. Após renderem os atendentes, os assaltantes fugiram em uma moto levando a quantia de R$ 6 mil. Ninguém foi ferido durante a ação.

25 DE JUNHO

Um grupo de 10 pessoas tentou explodir um caixa eletrônico de uma agência bancária do Bradesco, por volta das 1h30 da madrugada, em Nova Jaguaribara (290 km de Fortaleza). Os suspeitos introduziram um artefato explosivo e, segundo a Polícia Miitar de Russas, o artefato falhou ao ser acionado, não causando a explosão. Após a tentativa frustrada, a Polícia foi acionada e o grupo fugiu do local, deixando para trás a banana de dinamite. De acordo com a Polícia, os suspeitos ainda utilizavam coletes a prova de balas como forma de se proteger em um eventual encontro com policiais.

24 DE JUNHO

A Polícia Militar agiu rapidamente e evitou que uma quadrilha praticasse mais um roubo a banco no Interior cearense. O fato ocorreu no começo da manhã, quando bandidos sequestraram o gerente da agência do Banco do Brasil da cidade de Barro (451Km de Fortaleza) e a esposa dele, quando os dois saíam de casa, na cidade de Juazeiro do Norte, no Cariri. A quadrilha liberou o gerente e levou a esposa dele, informando que ela somente seria libertada depois que o bancário retirasse todo o dinheiro da agência e fosse deixar na Ladeira da Bertioga, no Município do Icó. Mas, quando o gerente chegou à agência, estava visivelmente abalado e os funcionários perceberam que algo de errado estava acontecendo. A Polícia Militar então foi acionada. Diante do cerco policial, o bando desistiu do roubo e libertou a mulher do gerente em Caririaçu.


22 DE JUNHO

Em Acopiara (a 345 Km de Fortaleza), um caixa eletrônico do Bradesco foi arrombado por ladrões. O bando utilizou maçarico para abrir o caixa. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o arrombamento deve ter sido praticado durante a madrugada, mas somente pela manhã, populares perceberam que o terminal havia sido violado. 

21 DE JUNHO

Em Apuiarés (a 128 Km de Fortaleza), uma quadrilha composta por, pelo menos, oito homens armados com fuzis, escopetas e pistolas, explodiu o caixa eletrônico do Bradesco e atirou contra policiais militares do Destacamento da PM local. De acordo com a Polícia, o gerente do banco informou que há dois dias o caixa havia sido abastecido com R$ 200 mil. O funcionário estima que no terminal ainda poderia ter, aproximadamente, R$ 100 mil. 

19 DE JUNHO

Um grupo formado por cinco homens armados atacou a agência do Banco do Brasil de Mauriti (481 km de Fortaleza) durante a madrugada. O bando fez uso de dinamite para explodir os caixas eletrônicos da agência. A princípio, a PM imaginou que eram fogos de artifício das festas de São João. Mas, a 150 metros da delegacia, a Polícia encontrou três homens fortemente armados e com um refém. Houve troca de tiros e o refém, filho de um comerciante local, foi liberado a 3km de Mauriti. Após perseguição, dois homens foram presos acusados de participar do crime.

17 DE JUNHO

Cerca de dez homens fortemente armados com fuzis renderam o vigia da agência do Banco do Brasil de Morada Nova (168 km de Fortaleza). Após a rendição, eles explodiram e saquearam o cofre principal do banco, fugindo em seguida levando dois sacos de dinheiro. A ação ocorreu durante a madrugada. Houve intensa troca de tiros entre policiais e suspeitos. Os suspeitos levaram, ainda, um vigilante como refém, porém, o libertaram na sequência. Os ladrões usaram dinamite e a agência ficou totalmente destruída.

13 DE JUNHO

Um caixa eletrônico do Banco do Brasil foi arrombado na cidade de Jaguaribe, durante a madrugada, por um grupo de três assaltantes. A polícia informou que os homens usaram maçaricos, botijões de gás e um cilindro para explodir o caixa. Foram levados R$ 42 mil.A ação dos suspeitos foi filmada pelas câmeras do circuito interno.

04 DE JUNHO

Dois homens que fizeram clientes e funcionários reféns durante tentativa de assalto em agência do Banco do Brasil em Cascavel (64,3 km de Fortaleza), liberaram os reféns e foram presos. De acordo com a Polícia Militar, outros três suspeitos de integrarem o grupo, que estavam em um veículo nos arredores do banco também foram apreendidos. Ainda segundo a Polícia, a esposa e dois filhos do gerente do banco foram feitos reféns desde a noite do dia 3/6, em um cativeiro próximo à Pacajus. A família do gerente foi liberada pela manhã e os suspeitos que estavam no local fugiram. Ninguém ficou ferido.

01 DE JUNHO

Pela terceira vez este ano, a Caixa Econômica Federal do município de Redenção, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foi alvo de assaltantes. De acordo com a Polícia, um grupo já identificado, invadiu o local durante a madrugada. Na ação que ocorreu por volta das 3h20, os homens cortaram a luz da agência, assim, desativando o sistema de filmagem e um adolescente de 14 anos invadiu o prédio, entrando pela parte superior do local. Desta vez, o assalto foi frustrado pela Polícia. O mesmo grupo já havia arrombado a agência bancária 2 vezes em 2 meses, segundo a Polícia. Na última atuação, dois revólveres calibre 38 haviam sido roubados. Já na primeira ocorrência, o grupo teria levado um revólver calibre 38 e uma quantia em dinheiro não revelada.
 
31 DE MAIO


O Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) prendeu, durante a tarde, um homem acusado de uma assalto do tipo ´saidinha´ bancária. O homem e um comparsa, que conseguiu fugir, roubaram uma quantia de R$ 6 mil de um motoboy. De acordo com a Polícia, a vítima fez o saque em uma agência do Itaú, na Avenida Santos Dumont, no bairro Aldeota, e foi seguida pelos ladrões. Em seguida, eles a abordaram e roubaram uma bolsa onde estava o dinheiro.

31 DE MAIO

Cerca de quatro homens armados assaltaram uma agência do Bradesco, no município de Parambu (400 km de Fortaleza), por volta das 14h. Segundo informações preliminares da delegacia municipal, durante a fuga, os criminosos levaram clientes como reféns, inclusive, três policiais militares que estavam no local. Não há informações da quantia em dinheiro que teria sido levada. Armados com escopetas e fuzis, os suspeitos fugiram em uma viatura da Polícia, em direção à zona rural da cidade. O carro foi abandonado depredado e os reféns foram liberados, a cerca de 4km de distância de Parambu.

30 DE MAIO

Um ano e sete meses após ser dinamitada pela primeira vez, a agência do Bradesco do município de Palmácia (73 quilômetros de Fortaleza), no Maciço de Baturité, voltou a ser atacada por assaltantes durante a madrugada. Da mesma forma. E quase no mesmo horário. Passava pouco da meia-noite quando dois caixas eletrônicos foram explodidos por um bando formado por sete homens. Todo o espaço, porém, acabou afetado. Eles estavam armados, segundo moradores do entorno do prédio. Numa ação rápida, de acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o grupo levou uma quantia ainda não divulgada pelo banco.

27 DE MAIO

Uma agência do Banco do Brasil de Coreaú (299,3 quilômetros de Fortaleza) foi assaltada no fim da manhã. Segundo informações da Polícia Militar, era grande o movimento na agência quando os criminosos, seis, chegaram armados e rendendo funcionários e clientes.  O grupo levou dinheiro dos caixas internos da agência bancária. Os caixas eletrônicos do autoatendimento não foram violados. Os assaltantes chegaram a atirar para o alto, mas ninguém ficou ferido. Os criminosos fugiram em um carro levando um segurança do banco como refém. A vítima e o veículo foram abandonados em uma estrada carroçável, a caminho do município de Massapê.

26 DE MAIO

Dois homens foram presos em flagrante após arrombamento e roubo de R$ 13 mil da agência Banco do Brasil na Av. Francisco Sá, bairro Carlito Pamplona, em Fortaleza, por volta das 6h30min. O dinheiro foi recuperado pelos policiais, que flagrou os homens ainda dentro do banco após denúncia de populares. Junto com o dinheiro, os oficiais apreenderam um maçarico e uma alavanca de ferro que estavam sob posse dos acusados. 

24 DE MAIO

Em Pacujá (309,3 km de Fortaleza), um posto avançado do Bradesco foi assaltado. Segundo a Polícia do município, dois homens renderam e amarraram o gerente do banco, levando em seguida o dinheiro dos caixas. A Polícia realiza patrulhas nas estradas para identificar e prender os suspeitos.
 

22 DE MAIO

Uma tentativa de furto foi registrada a uma agência do Banco do Brasil de Itaitinga (27,1 km de Fortaleza) por volta de 22h. Segundo a Delegacia Metropolitana de Itaitinga, os acusados tentaram explodir os caixas eletrônicos da agência, localizada no centro da cidade, mas a quantidade de explosivos não foi suficiente e o grupo fugiu sem levar nada. O impacto da explosão quebrou apenas os vidros do banco. Na madrugada do dia 20/5, a mesma agência foi invadida por assaltantes.
 

21 DE MAIO

Quatro homens tentaram arrombar um caixa eletrônico do Bradesco do município de Aratuba (95 km de Fortaleza), durante a madrugada. A Polícia percebeu a ação e conseguiu evitar o furto. Houve troca de tiros. Um policial ficou ferido, mas passa bem.

21 DE MAIO
Um grupo de assaltantes arrombou uma farmácia e, por meio de paredes comuns,  invadiu os estabelecimentos vizinhos: uma agência do Banco do Brasil e uma casa lotérica. O crime aconteceu durante a madrugada no município de Itaitinga (27 km de Fortaleza). De acordo com a PM, os bandidos teriam roubado vários produtos na farmácia, mas não se sabe se chegaram a levar alguma quantia em dinheiro da casa lotérica e da agência bancária.

20 DE MAIO
Quatro bandidos atacaram um comerciante durante a tarde, quando ele chegava à agência do BB, no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. Os ladrões roubaram R$ 20 mil.
 

15 DE MAIO

Uma ação criminosa ousada deixou atônitos os moradores da cidade de Tejuçuoca, a 144 km de Fortaleza, por volta das 22h30 da noite. Cerca de 22 homens armados invadiram a cidade e explodiram as duas agências bancárias do local, levando mais de R$ 10 mil em um dos bancos. As explosões aconteceram simultaneamente e os alvos foram a agência do Banco do Brasil, que fica ao lado da prefeitura da cidade (com três caixas explodidos), e a agência do Bradesco, que fica na entrada do município (com um caixa explodido). Os bandidos usaram dinamite e as unidades ficaram completamente destruídas. Populares denunciam que a cidade conta apenas com quatro policiais.

14 DE MAIO

A agência do Banco do Brasil de Monsenhor Tabosa (319Km de Fortaleza) foi assaltada por volta de 13h30. A ação dos criminosos foi rápida e precisa. Eles invadiram o banco e levaram um saco cheio de dinheiro. O gerente da agência como feito refém, levado do local e, pouco tempo depois, liberado na zona rural do Município. Segundo a Polícia, apesar de a quadrilha estar fortemente armada, nenhum disparo foi efetuado durante a ação.

14 DE MAIO

Quatro homens arrombaram um caixa eletrônico do Banco do Brasil localizado dentro do Pão de Açúcar da avenida Santos Dumont, na Aldeota, por volta das 2h da madrugada. O grupo teria levado uma quantia de R$ 400 mil. De acordo com informações da Polícia, os homens renderam o vigia do local e entraram no supermercado para efetuar o arrombamento do caixa usando um maçarico.

13 DE MAIO

Dois homens invadiram uma agência do Santander, na Avenida Desembargador Moreira, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, durante a madrugada e violaram os caixas eletrônicos instalados na seção de autoatendimento. O Comando de Policiamento da Capital (CPC) informou que os bandidos utilizaram brocas para perfurar os caixas, mas fugiram logo após o alarme ser acionado. A agência não divulgou a quantia levada pelos criminosos.

11 DE MAIO

Um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil da avenida Pontes Vieira, no Dionísio Torres, em Fortaleza, foi violado. Segundo soldados do Ronda do Quarteirão que atenderam a ocorrência, o crime ocorreu durante a madrugada com o uso de um maçarico.


07 DE MAIO

Policiais militares do Ronda do Quarteirão prenderam um homem suspeito de participar de uma tentativa de saidinha bancária, em Messejana, no começo da tarde. O outro assaltante conseguiu fugir. Um homem havia sacado cerca de R$ 60 mil da agência da Caixa Econômica Federal e foi seguido pelos criminosos que, durante a ação, chegaram a atirar. Porém, como o veículo da vítima é blindado, os dois não conseguiram roubar o dinheiro.

06 DE MAIO

Dois homens numa moto são acusados do roubo de um malote contendo R$ 20 mil. Conforme o Centro de Operações Policiais Militares (Copom) do 9º Batalhão Policial Militar a dupla abordou o funcionário de um mercadinho em frente a Caixa Econômica Federal (CEF) de Quixeramobim, quando ele chegava numa moto-taxi para efetuar o depósito. A “chegadinha bancária” ocorreu no início da tarde.

06 DE MAIO

Uma agência do Bradesco, na Av. Santos Dumont com Rua Cel. Linhares, teve um dos seus caixas eletrônicos arrombados durante a madrugada. De acordo com informações de policiais do Ronda do Quarteirão, a violação foi notada pela manhã por funcionários e seis viaturas da Polícia dirigiram-se ao local antes das 8h. As gavetas de dinheiro localizadas na parte de trás do caixa foram cortadas com um maçarico. A câmera de segurança mais próxima ao caixa arrombado na agência não gravou a ação.

01 DE MAIO

A mobilização da Polícia Militar impediu que mais uma agência bancária tivesse seus caixas eletrônicos violados por ladrões. O fato ocorreu durante a madrugada. Uma quadrilha chegou a invadir a agência do Banco do Brasil de Barroquinha (413Km de Fortaleza) com várias ferramentas, além de uma pequena quantidade de explosivo. Populares viram a movimentação estranha no interior da agência bancária e ligaram para a delegacia local. Percebendo que poderiam ser descobertos, os ladrões decidiram fugir. Dentro da agência, além do explosivo que não chegou a ser acionado, os PMs encontraram algumas ferramentas, como uma alavanca, um pé-de-cabra, uma lanterna e uma barra de ferro.

29 DE ABRIL

Um grupo de assaltantes tentou roubar um carro-forte em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza. Um dos vigilantes da empresa de segurança foi feito refém. De acordo com o Ronda do Quarteirão de Maranguape, houve troca de tiros no local. O vigilante foi liberado e passa bem.

27 DE ABRIL

Bandidos arrombaram um caixa eletrônico do posto do banco Santander, localizado no Pecém, em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Fortaleza (55Km da Capital). Os criminosos usaram maçarico para arrombar o equipamento e retirar o dinheiro. A violação do caixa só foi percebida pela manhã, quando os primeiros clientes chegaram à agência, situada no Centro de Pecém. Uma viatura do Ronda do Quarteirão foi chamada ao local e constatou o crime.

26 DE ABRIL

Um senhor identificado como José Alves, de 69 anos, foi ferido a bala, no pé, em uma "saidinha bancária" por volta das 14h, no Bairro de Fátima. Os bandidos fugiram levando R$ 2 mil. A Polícia acredita que o senhor tenha reagido à ação dos dois assaltantes, que estavam de moto e o abordaram, na saída da agência do banco Bradesco, da Avenida 13 de Maio.

26 DE ABRIL

Um casal realizou saidinha bancária e levou R$ 27 mil de uma mulher no Centro de Juazeiro do Norte. A ação da dupla ocorreu por volta das 11h40min. A vítima saía da agência bancária com o dinheiro que sacou quando foi abordada pelos acusados no Centro do município. O homem estava com uma arma de fogo e rendeu  a mulher, que entregou toda a quantia.

25 DE ABRIL

Um grupo de assaltantes invadiu a agência da Caixa Econômica Federal de Redenção (63 km de Fortaleza) durante a madrugada. Os criminosos não chegaram a levar dinheiro da agência, somente as armas dos vigilantes. A Polícia prendeu dois acusados e conseguiram recuperar um revólver.

25 DE ABRIL

Um grupo roubou cerca de R$ 100 mil da agência do Bradesco no município de Acarape (61 km de Fortaleza). A ação ocorreu por volta das 2h30min. Cinco homens fortemente armados renderam os vigilantes da praça central do município e usaram um maçarico para arrombar os caixas. Segundo informações do da Polícia Militar, os acusados usaram dois veículos na ação. O número de caixas eletrônicos arrombados não foi informado. A PM ainda ressaltou que a agência não possui sistema de segurança eletrônica ou vigilantes no interior do banco.


22 DE ABRIL

Duas ‘saidinhas’ e uma ‘chegadinha bancária’ aconteceram em agências do Bradesco, em Fortaleza. Ao todo, foram roubados R$ 42 mil. Ao sair do Bradesco da Avenida Bezerra Menezes, um homem foi abordado na Rua Coronel Mozart Gondim, no Bairro São Gerardo, por dois homens em uma moto. Eles levaram R$ 2 mil, que a vítima havia retirado no banco, e a chave do carro. Outro caso semelhante aconteceu na Rua José Artur de Carvalho, na Grande Messejana. Um homem saiu do Bradesco da Messejana e foi abordado por um homem em uma moto preta. O assaltante roubou R$ 10 mil. Uma chegadinha foi praticada contra um homem que se dirigia ao Bradesco da Rua Mozart Lucena, na Barra do Ceará, para realizar um depósito. A vítima foi abordada por dois homens, que estavam a pé. Eles levaram R$ 30 mil.

18 DE ABRIL

Duas pessoas foram presas no bairro Mondubim, em Fortaleza, após tentar praticar um assalto, do tipo ´saidinha´ bancária. A vítima da ação foi um vendedor, que estava trabalhando quando foi abordado pelos ladrões. Segundo a vítima informou à Polícia, o crime aconteceu depois que ela fez uma transação bancária, em uma agência do Bradesco, no bairro Parangaba. Ao sair do local, portando uma quantia de R$ 1,9 mil, foi seguida pelos bandidos que estavam em uma motocicleta. No momento que a patrulha Raio 03 se aproximou, um dos assaltantes estava revistando o vendedor procurando mais dinheiro em seus bolsos. Além de todo o dinheiro que o rapaz havia sacado no banco, os assaltantes pretendiam roubar a motocicleta que a vítima estava usando para trabalhar. Os assaltantes foram encaminhados à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e autuados.

16 DE ABRIL

Uma saidinha bancária ocorreu por volta das 13h45min em frente à agência do Banco do Brasil da Parangaba, em Fortaleza. Dois homens numa moto de cor preta assaltaram um rapaz que havia acabado de sacar a quantia de R$ 9.900,00. Eles conseguiram fugir.


13 DE ABRIL

Bandidos atacaram, durante a madrugada, a agência do Banco do Brasil de Jijoca de Jericoacoara, no litoral oeste do Estado (294Km de Fortaleza) e explodiram dois caixas eletrônicos. A Polícia não sabe, ainda, se os criminosos conseguiram roubar o dinheiro que estava armazenado nos equipamentos. A quadrilha era formada por, pelo menos, seis homens, que chegaram na agência em um automóvel e uma motocicleta. O roubo ocorreu por volta de 2 horas. Não havia vigilantes na agência e os bandidos não tiveram dificuldade em colocar os explosivos nos caixas.

11 DE ABRIL

Uma tentativa de saidinha bancária deixou uma pessoa ferida no bairro São Gerardo. Segundo o Ronda do Quarteirão, dois homens de uma empresa de transportes sacaram R$ 3 mil do Bradesco, localizado na av. Bezerra de Meneses. Depois de saírem do banco, as vítimas foram abordadas por outros dois homens armados. Ainda de acordo com o Ronda, os criminosos exigiram o dinheiro, mas uma das vítimas recusou e colocou a mão no bolso. Foi quando um dos assaltantes atirou, perfurando o capacete e atingindo a boca da vítima. Os assaltantes fugiram sem levar o dinheiro.

07 DE ABRIL

Criminosos explodiram um caixa eletrônico do Bradesco, durante a tarde, na cidade de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza. O grupo, contudo, não conseguiu roubar o dinheiro que estava no equipamento. Segundo informações da Polícia Civil, a tentativa de assalto ocorreu por volta das 14 horas, na agência que funciona ao lado do Mercado Municipal. Três pessoas teriam participado da ação. Ninguém foi preso. De acordo com o a polícia, o volume de explosivo utilizado pelos assaltantes não foi suficiente para alcançar o local onde estavam as cédulas. 

05 DE ABRIL

A agência do Bradesco do município de Senador Pompeu (275,1 km de Fortaleza) foi assaltada no início da tarde. De acordo com a delegacia regional da cidade, três homens armados entraram na agência, por volta das 13h15min, e anunciaram o assalto. Eles renderam clientes, funcionários e o gerente, fugindo em seguida em um automóvel com todo o dinheiro do caixa, além de pertences dos clientes e funcionários. O valor levado pelos assaltantes não foi informado pela administração do banco. Ainda segundo a Polícia, o trio levou o gerente até o cofre da agência para que fosse aberto, porém, um sistema instalado no cofre impediu sua abertura, fazendo com que os assaltantes fugissem sem o dinheiro que estava dentro. Antes da fuga, um deles deu um chute em um segurança da agência.

02 DE ABRIL

Um policial militar do Ronda do Quarteirão foi baleado no final da manhã ao reagir a assalto logo após sair de uma agência bancária do Bradesco localizada no bairro Pajuçara, em Maracanaú. O policial estava à paisana. De acordo com a Polícia Militar, o soldado estava de folga e foi ao banco com a mãe para sacar a quantia de R$ 1 mil. Ao sair do banco, eles foram abordados por dois homens armados em uma moto que pediu o dinheiro. O policial reagiu e trocou tiros com os suspeitos, que fugiram sem levar o dinheiro. O soldado foi atingido por três tiros, mas passa bem.

02 DE ABRIL

Um comerciante foi vítima de “chegadinha bancária” em frente à Agência da Caixa Econômica Federal de Quixeramobim. De acordo com a vítima, um homem armado o abordou e levou R$ 35 mil. O bandido conseguiu fugir com ajuda de um comparsa.

27 DE MARÇO

Bandidos tentaram arrombar a agência do Banco do Brasil, na cidade de Parambu, na Região dos Inhamuns. Durante a madrugada, a Polícia Militar foi acionada pelo alarme da agência do Banco do Brasil da cidade. A suspeita é que houve uma tentativa de arrombamento a um dos caixas eletrônicos da agência, que foi inaugurada há poucos dias.

21 DE MARÇO

Um homem foi preso acusado de furtar R$ 40 mil de uma agência bancária do Banco do Brasil, no município de Boa Viagem (221 km de Fortaleza). O caso ocorreu por volta das 11h50min da manhã. José Cícero dos Santos, de 26 anos, teria entrado nas dependências do banco e levado envelopes com o dinheiro. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o acusado saiu ferido na fuga em consequência da quebra das vidraças da agência.

20 DE MARÇO

Em menos de duas  horas, quatro saidinhas bancárias foram registradas em Fortaleza. Todos os crimes foram realizados por dois homens armados em uma moto. A primeira aconteceu entre as ruas Marcos Macêdo e Dom Luís, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. O caso tratou-se apenas de uma tentativa, porque a vítima reagiu e foi baleada na mão. O segurança de um shopping próximo ao local do crime atirou contra um dos assaltantes que, mesmo baleado, ainda conseguiu fugir. No início da tarde, os assaltantes levaram R$ 7 mil de uma mulher que saía de um banco na Silva Paulet, próximo à Santos Dumont, no bairro Aldeota. Logo depois, na avenida Dom Luís, no Meireles, os assaltantes levaram R$ 16 mil de um cliente que saía do banco Itaú. Por volta das 15 horas, em um banco na Pontes Vieira, no bairro Joaquim Távora, os assaltantes levaram R$ 250,00 do dono de uma padaria que fica localizada em frente ao banco em que ele fez o saque. 

11 DE MARÇO

A Polícia Militar prendeu dois suspeitos de tentar praticar uma saidinha bancária. De acordo com informações da Polícia, dois jovens retiraram um montante em dinheiro na agência do Bradesco, na Rua Bárbara de Alencar, no Centro de Fortaleza. Um dos jovens desceu do carro e entregou o dinheiro à mãe que estava em outro automóvel. Os jovens saíram do local e foram seguidos pela dupla de assaltantes, que estavam em uma motocicleta. Um dos assaltantes exigiu o dinheiro. O rapaz informou que já não estava com os valores, mas ele insistiu e chegou a engatilhar uma pistola e apontá-la para a cabeça do rapaz. Enquanto isto, o outro assaltante roubou seus pertences.

08 DE MARÇO

Uma tentativa de assalto a um carro forte terminou em tiroteio no Mercado São Sebastião, no fim da tarde, em Fortaleza. Um vigilante foi baleado e morreu no local.  Um assaltante também foi morto, quando tentava fugir da Polícia. Além deles, um transeunte foi socorrido após ter sido atingido por tiros. Segundo informações da polícia, um grupo composto por cerca de 10 homens armados tentou assaltar um carro-forte que iria transferir dinheiro para uma casa lotérica, localizada dentro do Mercado. Dois suspeitos de ter participação na tentativa de assalto ao carro forte foram detidos pela Polícia e os malotes recuperados.

05 DE MARÇO

Dois homens roubaram R$ 2 mil em uma saidinha bancária. O crime aconteceu na Rua Idelfonso Albano, em Fortaleza, por volta de 12h30. Após sair da agência Bradesco, localizada na Avenida Abolição, um homem, que estava em seu carro, foi abordada por dois homens em uma moto. Eles anunciaram o assalto e pediram o dinheiro que a vítima teria sacado. Mesmo não reagindo ao assalto e entregando o dinheiro aos criminosos, o homem levou uma coronhada, segundo a polícia.

05 DE MARÇO

Um malote foi furtado na manhã de 5/3, da agência do Banco do Brasil do Crato. O valor levado não foi revelado e a polícia ainda não tem suspeitos.

1º DE MARÇO

Dois homens armados foram presos após uma saidinha bancária no bairro Meireles, em Fortaleza. O crime ocorreu por volta de 15h, depois que a vítima sacou a quantia de R$ 2 mil em uma agência do banco Itaú, localizada na avenida Abolição. De acordo com informações do Ronda do Quarteirão da área, a dupla, que estava em uma motocicleta, abordou a vítima na rua José Vilar levando todo o dinheiro sacado. Em seguida, os criminosos fugiram e tentaram se esconder em um condomínio próximo ao local do assalto. No entanto, foram alcançados pela Polícia. Com eles, com encontrada a quantia em dinheiro roubada e apreendida uma arma de fogo.

28 DE FEVEREIRO

Durou cerca de três horas as negociações para que uma quadrilha de ladrões de banco se entregasse à Polícia após uma tentativa frustrada de violação aos caixas eletrônicos do Banco do Brasil instalados na sede da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), em Fortaleza. O grupo, armado com pistolas e revólveres, invadiu o prédio por volta das 22h30 e só decidiu se render por volta de 1h30, quando a polícia convenceu os ladrões de que não havia outra saída para eles senão entregar as armas de fogo, liberar todos os reféns e se render. Os funcionários foram feitos reféns.

28 DE FEVEREIRO

O tesoureiro do Banco do Brasil do município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, foi mantido refém por cinco homens durante toda a manhã quando chegava em casa junto com os dois filhos e a esposa. Uma parte do grupo ficou com a família do funcionário, enquanto a outra acompanhou o bancário até a agência para pegar dinheiro do cofre e dos caixas eletrônicos. A seguir, todos os reféns foram liberados. A quantia levada não foi informada.

25 DE FEVEREIRO

Dois indivíduos armados em uma motocicleta realizaram mais uma ação conhecida como “saidinha bancária” durante a tarde, próximo ao Mercado São Sebastião, no Centro de Fortaleza. De acordo com informações da Polícia, a vítima havia sacado o valor de R$ 10.000 e, ao sair de uma agência do Bradesco, foi abordada pelos assaltantes, que levaram todo o dinheiro do saque. A Polícia suspeita que os bandidos já tinham informações de que a vítima ia efetuar o saque através de alguém que estava dentro do banco.

18 DE FEVEREIRO

Uma tentativa de assalto à agência do Banco do Brasil no município de Monsenhor Tabosa (319 Km de Fortaleza) terminou em tiroteio. A ação ocorreu por volta das 2h da madrugada. De acordo com a Polícia Militar do município, cinco homens chegaram em um carro, quebraram a porta de vidro da agência e colocaram explosivos no cofre. A polícia chegou ao local e trocou tiros com os bandidos. Durante a ação, o grupo fez duas pessoas de reféns – uma delas foi baleada na perna – e as liberaram na fuga. Surpreendidos na hora do crime, os assaltantes deixaram os explosivos na agência e não levaram nenhuma quantia.

15 DE FEVEREIRO

O programa Barra Pesada noticiou o arrombamento de um caixa eletrônico do Santander no Meireles, em Fortaleza. O fato aconteceu por volta do meio dia.

14 DE FEVEREIRO

Dois homens em duas motos roubaram R$ 15.000,00 em dinheiro e um cheque de R$ 500,00 em mais uma “saidinha bancária” no município de Iguatu (384 km de Fortaleza). Segundo a Polícia Militar, a vítima do assalto foi um mototaxista que levava o dinheiro para o proprietário, ainda não identificado pela Polícia. Os assaltantes abordaram a vítima momentos depois que ela saiu de um banco. Os dois homens roubaram também a moto do mototaxista, mas a abandonaram instantes depois.

09 DE FEVEREIRO

Uma quadrilha invadiu um prédio da Prefeitura Municipal de Fortaleza, localizado na Avenida Luciano Carneiro, no bairro Vila União, rendeu os guardas municipais que faziam a vigilância do imóvel e arrombaram um caixa eletrônico do Banco do Brasil. O fato ocorreu por volta de 9 horas, mas a Polícia só tomou conhecimento do caso cerca de meia hora depois que os ladrões fugiram, já que os vigilantes foram desarmados e algemados. Para violar o caixa, o bando usou um maçarico. Além de se apoderar de todo o dinheiro que havia no equipamento eletrônico (cuja quantia não foi revelada), os assaltantes também roubaram três fardamentos dos guardas mantidos como reféns.

06 DE FEVEREIRO

Um grupo armado tentou arrombar a agência do Banco do Brasil de Acaraú (255km de Fortaleza), durante a madrugada. Segundo a Polícia, viaturas do Ronda do Quarteirão conseguiram chegar ao local antes da ação e dispersaram o grupo. Houve perseguição e troca de tiros, mas ninguém ferido. Ainda de acordo com a Polícia, na fuga, os suspeitos abandonaram um carro modelo Corsa Classic, um maçarico, máscara, alicates e outros materiais que seriam usados para violar os caixas eletrônicos. Eles deixaram o material a dois quilômetros da cidade e fugiram a pé por um matagal.

04 DE FEVEREIRO

Dois homens armados levaram um malote com R$ 53 mil de uma mulher na segunda-feira (04), no município de Quixeramobim (200 km de Fortaleza). Os dois suspeitos estavam armados com revólveres trafegando em uma moto preta quando abordaram a vítima em frente ao Banco do Brasil do município. O dinheiro roubado pertencia à loja que a vítima trabalha.

28 DE JANEIRO

Um grupo de 10 homens roubou um malote de dinheiro de um carro-forte em frente a uma agência do Banco do Brasil do  município de Aquiraz (35 km de Fortaleza). O crime ocorreu por volta das 9h da manhã e durante a fuga, os acusados promoveram um tiroteio na área. Houve troca de tiros entre os acusados e os seguranças do banco e o grupo fugiu levando o automóvel do gerente da agência. Uma pessoa acabou presa e a quantia roubada foi recuperada pela Polícia, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

21 DE JANEIRO

O funcionário de uma farmácia foi vítima de “chegadinha bancária”, por volta de 11h da manhã, no município de Quixadá (158 km de Fortaleza). Na ação, os suspeitos levaram cerca de R$ 9 mil. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), a vítima foi abordada por dois homens em uma motocicleta preta no momento em que chegava a uma agência bancária para depositar a quantia. Em seguida, os indivíduos fugiram.

20 DE JANEIRO

Três homens armados assaltaram o Banco Palmas, no Conjunto Palmeiras, durante a madrugada. O trio levou um cofre com dinheiro, cheques e cédulas de palmas, a moeda social do banco. Os criminosos ainda violaram, com o auxílio de um maçarico, o caixa eletrônico do Banco do Brasil (BB) instalado no local, mas não conseguiram levar dinheiro. De acordo com o coordenador do Banco Palmas, Joaquim Melo, dois vigias da própria comunidade, que fazem a segurança do banco durante a noite, foram rendidos pelos assaltantes e forçados a deitar no chão. Na ação, os criminosos quebraram quatro câmeras de monitoramento do local. Os homens arrombaram a porta do escritório do estabelecimento e levaram um cofre de 120 quilos, que guardava R$ 68.657,00 em espécie, R$ 4.629,00 em cheques e R$ 6 mil em palmas (cada palma equivale a R$ 1,00). Em nove meses, esse foi o segundo assalto registrado no banco popular.

17 DE JANEIRO

Cliente do Bradesco, agência Aldeota, Av. Santos Dumont com Desembargador Moreira, denunciou ao Sindicato dos Bancários ter sido vítima de saidinha bancária logo após fazer um saque na unidade. Ele denunciou ainda a pouca segurança que a agência oferece aos clientes, sem porta eletrônica detectora de metais e sem biombos ou proteção para quem utiliza os caixas eletrônicos.

16 DE JANEIRO

Dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil foram arrombados na cidade de Várzea Alegre (444 km de Fortaleza), durante a madrugada. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), um homem que passava pelo local em companhia do filho foi feito refém durante toda a ação. Foi o filho quem acionou a polícia. De acordo com o CPI, o caso ocorreu por volta de 3h. Os assaltantes usaram maçaricos, pés de cabra e chaves de grifo para abrir  os aparelhos, o alarme da agência bancária não funcionou. Em seguida, o grupo fugiu levando o dinheiro, o valor não foi divulgado.O refém foi liberado logo após a fuga dos assaltantes.

12 DE JANEIRO

Minutos de terror e pânico em Senador Sá, no Norte do Ceará. A cidade (260Km de Fortaleza) acordou na madrugada de sábado com um forte barulho seguido de tiros, resultado da explosão de caixa eletrônico do Banco do Brasil na Prefeitura. Moradores que estavam na praça foram tomados como reféns pelos assaltantes e serviram de ´escudo humano´ até o fim da ousada ação dos bandidos. Cinco homens, armados com escopetas 12 e pistolas de calibre Ponto 40 chegaram ao prédio da Prefeitura, onde funcionava um pequeno posto do BB, por volta de zero hora. Parte da quadrilha já foi capturada pela Polícia.

11 DE JANEIRO

Três homens foram presos após praticarem um assalto do tipo “saidinha” nas proximidades de uma agência do Bradesco, na Avenida Bezerra de Menezes, bairro Otávio Bonfim. Segundo informações do Serviço Reservado do BPRaio, responsável pela prisão, uma mulher teria sido vítima do roubo. Um policial que participou da captura dos assaltantes disse que um dos ladrões permaneceu dentro do banco e informou aos dois comparsas que estavam do lado de fora, que a vítima havia sacado dinheiro e colocado dentro da bolsa. Quando a mulher saiu, um dos bandidos, que estava armado ordenou que ela lhe entregasse a bolsa. A vítima não reagiu. Os três bandidos fugiram, mas foram capturados pela Polícia, acionada pelas testemunhas do crime.

08 DE JANEIRO

Um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil de Viçosa do Ceará (446 km de Fortaleza) foi violado. Segundo a Polícia Militar, o gerente passava em frente ao banco quando estranhou a ação de três indivíduos dentro do prédio. Ele acionou a polícia, que o acompanhou ao local para averiguar a situação. Ainda de acordo com a PM, as câmeras do circuito interno de segurança haviam sido viradas para despistar o crime. A PM também informou que o grupo abriu um dos caixas eletrônicos e levou toda a memória que armazenava os dados das transações realizadas no aparelho. Um envelope foi colocado em cima do local da violação. A Polícia suspeita que o grupo se preparava para instalar um aparelho “chupa-cabra” no caixa eletrônico.

01 DE JANEIRO

Criminosos aproveitaram o barulho causado pela queima de fogos que anunciavam a chegada do Ano-Novo, para explodir um caixa eletrônico, em um posto de autoatendimento do Bradesco, no Pecém, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (55 Km da Capital). Segundo informações da Polícia, haviam dois caixas eletrônicos no local, mas devido à explosão apenas um ficou destruído.

Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Veja mais

 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br