RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Ataques a Bancos em 2014

31 DE DEZEMBRO

Uma agência do Banco do Brasil e um posto de atendimento do Bradesco localizados em Itapiúna foram vítimas de grupo armado. Segundo a Polícia, pelo menos oito homens em dois carros dispararam para o alto e utilizaram explosivos.

16 DE DEZEMBRO

Um funcionário do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) de Limoeiro do Norte (195km de Fortaleza) foi sequestrado por volta do meio dia. Os assaltantes invadiram também a casa do bancário fazendo a sua família de refém. Enquanto uma parte da quadrilha permaneceu na casa do funcionário, este foi obrigado a ir até a agência e entregar um malote de dinheiro aos assaltantes. O bancário e sua família foram libertados em seguida.

16 DE DEZEMBRO

Dois homens e duas mulheres invadiram, durante a manhã, a agência do Banco do Brasil de São Gonçalo do Amarante (60,1 km de Fortaleza), e levaram o dinheiro dos caixas. Na ação, eles fizeram funcionários reféns e fugiram em um carro. O assalto ocorreu por volta das 10h30min e alguns clientes estavam dentro da agência, mas não houve feridos. Segundo a Polícia, não há câmera de segurança na agência, o que dificulta a identificação dos criminosos. Em julho, a agência do BB de São Gonçalo do Amarante também foi alvo de criminosos, que também renderam funcionários e roubaram uma quantia de dinheiro.

15 DE DEZEMBRO

Uma saidinha bancária aconteceu em Messejana, durante a manhã. Um cliente do Banco do Brasil foi atacado na Avenida Coronel Francisco Pereira logo após sacar a quantia de R$ 3.500,00. Dois homens, armados com revólveres, abordaram a vítima e roubaram o dinheiro, fugindo em uma motocicleta.

15 DE DEZEMBRO

Bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil e levaram o cofre do estabelecimento bancário durante a madrugada, no município de Jaguaribara (a 290 km de Fortaleza). O bando utilizou dois veículos e a Polícia encontrou galões de gasolina, munições 9m, ponto 40 e 762 de fuzil, e uma dinamite. Ainda não há informações sobre o quanto foi levado pela quadrilha. No momento do ataque, quatro policiais militares estavam de plantão no destacamento local.Houve tiros, mas ninguém ficou ferido.

14 DE DEZEMBRO

Quatro homens explodiram um caixa eletrônico de uma agência do Banco do Brasil no município de General Sampaio, a 143 quilômetros de Fortaleza, na madrugada. De acordo com informações da Delegacia Municipal de Pentecoste, os quatro homens chegaram ao local em duas motocicletas, por volta de 3 horas da madrugada e usaram dinamite para explodir o equipamento. A  explosão danificou a frente do caixa, mas nenhuma quantia de dinheiro foi roubada, segundo a Polícia Militar. Após a tentativa de assalto, os homens atiraram para o alto e fugiram. Não houve feridos.
 

10 DE DEZEMBRO

Um grupo armado explodiu, durante a madrugada, uma agência do Banco do Brasil do município de Jardim (542 km de Fortaleza). Segundo informações da Polícia, os ladrões levaram dois caixas eletrônicos do estabelecimento bancário usando uma caminhonete. Durante a ação no banco, uma parte da quadrilha se dirigiu ao destacamento policial da cidade na tentativa de render os agentes de plantão. Não houve trocas de tiros, e os bandidos conseguiram fugir sem serem identificados.

10 DE DEZEMBRO

A Polícia Militar (PM) frustrou um assalto ao Bradesco do município de Ibicuitinga, a 194 km de Fortaleza. Segundo informações da PM, um grupo armado chegou ao local durante a madrugada e conseguiu invadir a agência bancária. Enquanto parte dos homens explodiam os caixas eletrônicos, o restante do bando seguiu para o prédio da PM com o objetivo de evitar a ação dos agentes. Policiais da Região trocaram tiros com os assaltantes, que acabaram fugindo sem conseguir levar o dinheiro. Ninguém ficou ferido na ação.
 

04 DE DEZEMBRO

Uma tentativa de assalto contra bancos foi registrada durante a madrugada no município de Pedra Branca, distante 262km de Fortaleza. Segundo informações da Polícia Militar (PM), cerca de 8 homens armados de pistola renderam dois vigilantes de rua e explodiram a agência bancária do Bradesco da cidade. Três caixas eletrônicos foram explodidos e a fachada do estabelecimento bancário ficou totalmente destruída. Apesar da explosão, os homens não conseguiram levar o dinheiro do banco. Ninguém saiu ferido. Após a ação, que durou aproximadamente 20 minutos, os homens fugiram um carro que foi tomado de assalto de um empresário local, que ainda foi feito de refém ao lado de um amigo, sendo libertados logo em seguida.

01 DE DEZEMBRO

Um grupo armado explodiu uma agência bancária do Banco do Brasil no município de Pacoti, 102 km de Fortaleza. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), oito homens fortemente armados invadiram o estabelecimento bancário e realizaram o assalto na madrugada. Após a explosão, parte do grupo se dirigiu à delegacia da cidade e atirou contra o prédio para impedir a ação policial. Ninguém ficou ferido.

28 DE NOVEMBRO

Um bando formado por seis homens armados com pistolas atacou a agência do Bradesco da cidade de Barreira (a 72Km de Fortaleza), durante a madrugada. De acordo com testemunhas, os criminosos chegaram em três motocicletas e instalaram as emulsões que explodiram o banco. A estrutura do prédio foi bastante danificada. O único caixa eletrônico instalado no local foi destruído. Informações da PM dão conta que o dinheiro que estava no equipamento foi levado. A quantia exata que foi subtraída não foi divulgada pelo banco, nem pela Polícia.

19 DE NOVEMBRO

Por volta das 8h, dois homens atacaram um posto bancário do Bradesco Express, no município de Pereiro, a 342 quilômetros de Fortaleza. Segundo a Polícia, eles já vinham sendo perseguidos pela Polícia potiguar, após cometerem assaltos na cidade de São Miguel, vizinha de Pereiro, na divisa do Ceará com o Rio Grande do Norte. As forças policiais dos dois Estados, juntas, conseguiram capturar os homens e recuperar com eles a quantia em dinheiro, não revelada, que havia sido subtraída no assalto. Os homens levavam ainda consigo dois revólveres, que foram igualmente apreendidos.

09 DE NOVEMBRO

Um caixa eletrônico do Bradesco, no bairro Varjota, na Capital, foi violado por bandidos durante a tarde. De acordo com a Polícia, um maçarico teria sido utilizado na ação. 

08 DE NOVEMBRO

Durante a manhã, clientes que foram sacar dinheiro em uma agência do Santander, em Fortaleza, encontraram um caixa eletrônico arrombado aparentemente por maçarico. 

28 DE OUTUBRO

Duas chegadinhas bancárias foram registradas pela Polícia em duas cidades do sertão central cearense: uma em Quixadá e outra em Quixeramobim. O total levado pelos assaltantes é de aproximadamente R$ 42 mil, segundo informações da Polícia Militar. Na primeira ação, praticada por volta das 10 horas, em frente ao Bradesco de Quixeramobim, dois bandidos roubaram R$ 22 mil de um representante de vendas e fugiram em uma motocicleta. Já no início da tarde, no Centro de Quixadá, a gerente de uma farmácia foi abordada por um homem que levou a quantia de R$ 20 mil que ela iria depositar. O fato ocorreu em frente à agência do Itaú do município.

22 DE OUTUBRO

Quatro bandidos assaltaram a agência do Banco do Brasil do município de São Luís do Curu, distante a 79 km de Fortaleza. Na ação, os homens destruíram um caixa eletrônico e levaram uma quantia em dinheiro. Ninguém ficou ferido. Os suspeitos chegaram em um veículo e rapidamente praticaram o assalto. Não houve tiros. O assalto ocorreu pouco depois das 14h. A agência fica no Centro de São Luís do Curu.

15 DE OUTUBRO

Um carro-forte de uma empresa de transporte de valores foi atacado por cinco criminosos fortemente armados durante a noite. O veículo foi alvejado com tiros de fuzil e explodido com dinamite no Km 132 da BR 116, em Palhano (127Km de Fortaleza). De acordo com a Polícia, o dinheiro que era transportado foi levado pelos bandidos. As armas dos vigilantes também foram levadas. O carro-forte, que saiu de Tabuleiro do Norte, foi seguido por cerca de 80 quilômetros pelo grupo criminoso até ser abordado. Ninguém ficou ferido na ação.

06 DE OUTUBRO

Um homem foi preso acusado de tentar violar um caixa eletrônico do Bradesco, localizado em uma unidade da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), no bairro Pici, em Fortaleza. De acordo com a Polícia, o acusado agiu com outros quatro comparsas. Dois vigilantes foram rendidos, retiraram as roupas deles e os amarraram na guarita. O grupo não conseguiu violar o caixa eletrônico porque a Polícia chegou ao local. Porém, eles conseguiram fugir. O acusado foi preso na residência dele, no município de Caucaia, na manhã do dia 7/10. Com ele foram apreendidos revólveres que haviam sido levados dos vigilantes, uma serra que seria usada para violar o caixa eletrônico, além dos uniformes e coletes das vítimas.

30 DE SETEMBRO

Dois homens armados invadiram o campus da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), localizado no bairro Benfica, durante a noite, renderam o vigilante da agência do Banco Santander e arrombaram um dos caixas eletrônicos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os acusados entraram na universidade junto a um grupo de coral, mas seguiram na direção da agência bancária. Chegando lá, a dupla abordou o vigilante e anunciou o assalto. Essa foi a segunda ação contra o Banco Santader da Reitoria da UFC em 2014. Em marco,um grupo de cerca de 6 homens também rendeu o vigilante  e arrombou um caixa eletrônico do banco.

25 DE SETEMBRO

Um grupo explodiu, durante a madrugada, duas agências bancárias no distrito de Lagoa do Mato, em Itatira (176 km de Fortaleza). Segundo a Polícia Militar, os suspeitos levaram o dinheiro do Bradesco e não conseguiram sacar nenhuma quantia do posto de atendimento do Banco do Brasil. A ação ocorreu por volta 0h15, quando cerca de 8 homens chegaram em três carros e uma moto. O grupo, segundo a Polícia, tentou assaltar as duas unidades do distrito, mas estourou apenas o caixa do Bradesco. Durante a operação, o grupo ainda trocou tiros com a Polícia e atingiu de raspão um subtenente.

18 DE SETEMBRO

No final da tarde, dois homens entraram em uma agência do Banco do Brasil e renderam o gerente e clientes no município de São Gonçalo do Amarante (60 quilômetros de Fortaleza). Segundo informações da Polícia Militar de São Gonçalo, apenas um dos criminosos estava armado e eles teriam ameaçado o gerente, afirmando que tinham comparsas aguardando em frente à residência do bancário, em caso de a polícia ser acionada. A ação durou cerca de meia hora. O grupo fugiu no carro de um cliente do banco.

12 DE SETEMBRO

Um caixa eletrônico foi explodido por um grupo armado durante a madrugada, no município de Quiterianópolis (414,7 km de Fortaleza). Segundo informações da Delegacia Municipal de Quiterianópolis, às 01h20 da madrugada, um grupo entre dez a 12 homens se dividiu em duas equipes. Enquanto uma delas explodia um caixa eletrônico do Banco do Brasil, outra atirava contra o destacamento policial. A quadrilha conseguiu levar o dinheiro do caixa eletrônico violado. Eles ainda tentaram explodir outro caixa, do Bradesco, mas não conseguiram. Após a ação, o grupo conseguiu fugir.

10 DE SETEMBRO

Duas pessoas suspeitas de um assalto, do tipo 'saidinha' bancária, foram surpreendidas por um atirador, na Rua Oswaldo Cruz, bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. Um deles, morreu no local; o outro ficou ferido. O casal atacado pela dupla disse à Polícia, que havia sacado uma quantia em dinheiro, na agência da Caixa Econômica Federal (CEF) situada na Avenida Pontes Vieira, e seguia a pé, pela Rua Oswaldo Cruz, quando se deparou com a dupla numa moto pela contramão.

10 DE SETEMBRO

Policiais do Batalhão de Policiamento e Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) recuperaram malotes tomados de assalto a um carro que fazia transporte de valores para um caixa eletrônico no bairro Conjunto Palmeiras durante a tarde. Três homens foram presos. Os suspeitos abordaram e renderam vigilantes que faziam o transporte dos malotes, que iriam abastecer o caixa eletrônico localizado em uma farmácia.

28 DE AGOSTO

Uma agência bancária do Bradesco foi explodida durante a madrugada no município de Alto Santo (240 km de Fortaleza). A ação aconteceu por volta de 00h45. Um grupo de pelo menos oito homens se dividiu em duas equipes. Enquanto uma equipe atirava contra o posto policial, a outra explodia a agência bancária. Os assaltantes usaram vários explosivos e conseguiram levar o dinheiro de dois caixas eletrônicos. Após a ação, eles fugiram.

26 DE AGOSTO

Dois homens foram presos durante a noite, após tentarem assaltar um caixa eletrônico localizado na avenida Major Facundo, no bairro José Bonifácio, em Fortaleza. Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 23h, dois homens serraram os cadeados do Instituto de Previdência do Município (IPM) e usaram um maçarico para abrir o caixa, porém sem sucesso. Os populares perceberam a ação da dupla e acionaram o Ronda do Quarteirão da área. Os bandidos foram presos em flagrante.

25 DE AGOSTO

A agência do Bradesco, no bairro Parangaba, em Fortaleza, foi alvo de mais uma ação contra bancos no Ceará. Um homem entrou na agência se passando por cliente, tirou uma senha e, ao chegar na bateria de caixas, anunciou o assalto levando cerca de R$ 50 mil em dinheiro. O relato da ação foi feita a um diretor do Sindicato dos Bancários em visita à unidade.

12 DE AGOSTO

Bandidos explodiram duas agências bancárias, uma do Bradesco e outra do Banco do Brasil, no início da madrugada, no município de Itapiúna (114 km de Fortaleza). Um dos bancos ficou totalmente destruído, enquanto o outro teve apenas um caixa eletrônico danificado. De acordo com informações da Delegacia Regional de Baturité, por volta da meia-noite, 8 homens chegaram em dois veículos realizaram o roubo e fugiram. A quantia levada pelos bandidos não foi divulgada. 

06 DE AGOSTO

Por volta de 00h30min, um grupo de seis a oito pessoas explodiu um caixa eletrônico do Bradesco localizado no centro de Paramoti (104,1km de Fortaleza). A Polícia conseguiu impedir que a ação seguisse adiante e os ladrões não levaram nenhuma quantia em dinheiro. Segundo a Polícia, o equipamento usado pelos assaltantes foi tão forte que destruiu toda a agência, que tinha sido inaugurada há pouco tempo, e ainda danificou parte de uma padaria vizinha do estabelecimento.

06 DE AGOSTO

Uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico em um supermercado durante a madrugada e cinco pessoas foram presas em flagrante em Cascavel (62 km de Fortaleza). Junto com elas foram encontrados materiais explosivos, maçaricos e ferramentas.
 

30 DE JULHO

A agência do Banco do Brasil do município de Nova Russas (316 km de Fortaleza) foi furtada durante a madrugada. Segundo informações da polícia, cerca de R$ 70 mil podem ter sido levados durante a ação. Ninguém foi preso. De acordo com a Delegacia Regional de Crateús que está a frente das investigações, os suspeitos conseguiram arrombar a porta principal do banco e em seguida, tiveram acesso a sala onde ficava o cofre do banco. Com a ajuda de um maçarico, os bandidos conseguiram abrir o equipamento. A ação só foi descoberta na manhã do dia 31 quando o gerente do banco chegava para abrir a agência.

24 DE JULHO

Uma dupla armada explodiu um caixa eletrônico do Banco do Brasil no município de Guaramiranga (110 km de Fortaleza), durante a madrugada. Conforme a Delegacia de Roubos e Furtos, o ataque aconteceu por volta de 2h40. Toda a quantia que estava na máquina foi levada, mas o banco não divulgou o valor.

15 DE JULHO

Durante a madrugada, cerca de cinco bandidos sequestraram a família de um gerente do Banco do Brasil da cidade de Massapê, que mora em Sobral. Todos eles foram levados até uma zona rural. Os sequestradores tinham a intenção de usar a família do funcionário para obrigá-lo a abrir um cofre da agência de Massapê. As vítimas ficaram por cerca de 10 horas sob os olhares dos bandidos, que estavam armados, e foram encontradas em um matagal localizado na estrada que liga Sobral à Meruoca. Para o azar dos assaltantes, uma das vítimas conseguiu se salvar. A empregada da casa da família do funcionário fugiu e os criminosos temeram serem pegos pela polícia na agência bancária roubando os malotes de dinheiro e abortaram a ação.

12 DE JULHO

Uma quadrilha formada por cerca de seis homens armados atacou duas agências bancárias, durante a madrugada,  no município de Pedra Branca, no Sertão Central cearense. Três pessoas foram feitas reféns durante a ação e utilizadas como escudo humano. Entretanto, não houve feridos e ninguém foi preso. Segundo informações do destacamento da Polícia Militar na cidade, o grupo tentou arrombar um caixa eletrônico do Banco do Brasil e utilizou explosivos para dinamitar um caixa eletrônico do Bradesco. Porém, eles não conseguiram retirar o dinheiro dos equipamentos e fugiram levando apenas os pertences das vítimas.

11 DE JULHO

Uma quadrilha explodiu uma agência bancária do Bradesco no município de Tururu (124,9 km de Fortaleza) durante a madrugada, por volta de 3 horas.

06 DE JULHO

Cerca de 10 homens armados explodiram dois caixas eletrônicos, incendiaram um carro e atiraram contra a Polícia, durante a madrugada, no município de Penaforte (544,8 km de Fortaleza). Segundo a Polícia, a ação ocorreu por volta de 2h30min. Os caixas eletrônicos pertencem ao Bradesco e ao Banco do Brasil, no entanto, somente neste último havia dinheiro.

04 DE JULHO

Dois assaltantes renderam funcionários do Banco do Brasil de São Gonçalo do Amarante, município na Região Metropolitana de Fortaleza, entraram no banco e roubaram uma quantia em dinheiro. O caso aconteceu por volta das 8 horas. De acordo com a Polícia Militar, eles aproveitaram que os funcionários estavam entrando no banco, no início do expediente, para entrar com eles. Os assaltantes estavam bem vestidos, de terno e gravata. Eles renderam as pessoas e ficaram ameaçando com fotos de familiares dos funcionários, que ficaram com medo e só chamaram a Polícia quando os bandidos já tinham saído do banco. Ninguém ficou ferido.

24 DE JUNHO

Homens armados assaltaram a agência do Bradesco de Morrinhos (220 quilômetros de Fortaleza). O grupo rendeu clientes e funcionários e levou dinheiro do cofre. Segundo a Polícia Militar de Morrinhos, cerca de quatro assaltantes chegaram ao banco em um carro por volta de 15 horas. Dois deles entraram no estabelecimento, armados com pistolas e uma escopeta calibre 12. A vidraça do banco foi quebrada pelos assaltantes. Os homens foram até o cofre e retiraram dinheiro. Ainda conforme a polícia, os assaltantes levaram ainda pertences de clientes, além de coletes e dois revólveres calibre 38 dos vigilantes da agência. Ninguém ficou ferido. A ação foi rápida.

23 DE JUNHO

Uma quadrilha composta por cinco homens e uma mulher, que já vinha sendo investigada pela polícia, tentaram assaltar o Banco do Brasil de Barroquinha durante a madrugada. Por volta das duas horas da madrugada, os bandidos entraram na agência e começaram a armar o cenário, pondo uma lona preta nas vidraças do banco para que os populares não percebessem a ação e utilizando máscaras anti gás para protegê-los da fumaça. O que a quadrilha não esperava era que os policiais chegassem e os flagrassem. Ao perceber a presença dos policiais os assaltantes fugiram e começou então uma perseguição policial. Houve troca de tiros. Três assaltantes foram presos, um foi baleado na perna, e dois conseguiram fugir.

16 DE JUNHO

A Polícia Militar prendeu dois assaltantes em um arrombamanto à Caixa Econômica Federal do bairro Pajuçara, em Maracanaú, na Região Metropolitana. De acordo com os policiais, por volta de 4h a equipe do Ronda do Quarteirão recebeu uma notificação da Central de Monitoramento da Caixa sobre o crime. Dois homens estavam no interior da agência arrombando vários caixas eletrônicos com um maçarico, uma furadeira e pés-de-cabra. A dupla já estava em poder de um saco de dinheiro.

11 DE JUNHO

Dois homens assaltaram um posto bancário do Bradesco em São Gonçalo do Amarante, por volta das 16h. A dupla invadiu o local e rendeu um funcionário, levando o dinheiro do caixa eletrônico. Eles fugiram em uma motocicleta de cor preta.

27 DE MAIO

Um grupo realizou um arrombamento a uma agência bancária do Bradesco no município de Pacoti (95 km de Fortaleza), por volta das 0h20 da madrugada. A ação teria sido realizada por cerca de sete homens encapuzados, que chegaram ao local em dois veículos e explodiram os caixas eletrônicos com dinamites. Os assaltantes teriam levado o dinheiro de caixas que foram reabastecidos recentemente. Os assaltantes atiraram com armas de grosso calibre contra o destacamento da Polícia Militar, localizado a cem metros do banco, e um veículo foi alvejado.

22 DE MAIO

Dois homens em uma moto tentaram assaltar um posto avançado do Bradesco, localizado no Pecém, em São Gonçalo do Amarante, por volta das 15h. Esse foi o segundo ataque a estabelecimentos bancários registrado num só dia. De acordo com informações da Polícia Militar (BPM), a dupla interceptou uma funcionária da agência, que havia saído para lanchar e estava voltando para o posto avançado. Os dois homens fizeram a mulher de refém e se preparavam para entrar no local. Uma viatura que estava próxima ao local foi informada da ação dos assaltantes e se dirigiu para o estabelecimento bancário. Os policiais chegaram ao posto avançado no momento que a funcionária estava entregando a chave da unidade do Bradesco à dupla. Com a chegada da Polícia, os homens soltaram a funcionária e fugiram.

22 DE MAIO

Dois homens armados assaltaram uma agência do Banco de Brasil em Madalena (186,5 km de Fortaleza), por volta das 9h30 da manhã. A quantia levada não foi divulgada. De acordo com informações da Polícia Militar, a dupla chegou ao banco e se identificou como chefes de manutenção. Após a identificação, os assaltantes entraram na agência junto com o gerente e anunciaram o assalto.

20 DE MAIO

Quatro homens tentaram arrombar uma agência bancária em Capistrano (114 km de Fortaleza) durante a madrugada. Os policiais encontraram a porta da agência aberta e parte de um caixa eletrônico violado. Um “pé de cabra”, uma mochila preta vazia e um estojo de chave de fendas também foram encontrados no local.

13 DE MAIO

Cinco homens armados assaltaram a agência bancária do Bradesco do município de Varjota, distante 297 km da Capital. De acordo com a Polícia, os assaltantes chegaram ao bancoem um carro e uma moto. Não houve disparos. Três homens que estavam armados entraram na agência enquanto outros dois ficaram do lado de fora dando cobertura. O gerente do banco e os clientes que estavam no local foram feitos reféns. Os assaltantes queriam abrir o cofre mas não conseguiram e levaram a quantia de R$ 6 mil.

12 DE MAIO

Um empresário do ramo de carnes foi vítima de “chegadinha” bancária, na Avenida Bezerra de Menezes, no bairro Otávio Bonfim. O homem chegava ao Banco Bradesco, quando foi atacado. De acordo com a Polícia Militar, dois homens armados em uma moto abordaram o empresário, que iria depositar o valor de R$ 65 mil. Conforme a PM, além do dinheiro, foram levados dois talões de cheque dos bancos Bradesco e Itaú. Testemunhas disseram aos policiais militares que os assaltantes estavam esperando do lado de fora da agência desde o começo da tarde.

02 DE MAIO

O Banco do Brasil de Umirim, município localizado a 90 km de Fortaleza, foi assaltado no início da tarde, por volta das 12h30. De acordo com o Destacamento da Polícia Militar, cerca de cinco suspeitos roubaram a agência e fugiram. Um homem, suspeito de envolvimento no crime, foi detido na estrada.

29 DE ABRIL

Um homem de 51 anos foi vítima de uma saidinha bancária ao sair do Banco do Brasil, no Centro de Caucaia. Dois indivíduos armados com pistola chegaram numa moto e anunciaram assalto ao homem que teria acabado de sacar R$ 23 mil. A ação aconteceu por volta de 12h.Segundo informações da Polícia, no momento da abordagem, uma terceira pessoa envolvida, que estava dando apoio durante a ação, levou a mochila da vítima, com celular, câmera digital e o dinheiro.

25 DE ABRIL

Um empresário foi baleado durante uma saidinha bancária na Avenida Abolição com Rua Nunes Valente, no bairro Aldeota, em Fortaleza, por volta das 15h. O crime ocorreu nas proximidades do banco Itaú,  quando a vítima,  Romeu Ramos da Silva, 50, saía da agência, quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta e reagiu ao assalto. A vítima levou um tiro na perna esquerda, acima do joelho. Os suspeitos fugiram em uma caminhonete levando a quantia de  R$ 3.600,00.

17 DE ABRIL

Um grupo de assaltantes tentou assaltar uma agência bancária do Bradesco localizada em Deputado Irapuan Pinheiro, distante 319,1 km de Fortaleza, durante a madrugada. Segundo informações do Destacamento da Polícia Militar (PM) de Solonópole, a quadrilha chegou a danificar um caixa eletrônico, mas não conseguiu levar o dinheiro. Três pessoas foram presas e duas estão foragidas.

15 DE ABRIL

Cinco homens armados assaltaram uma agência do Banco do Brasil, em São Luís do Curu (95,6 km de Fortaleza), por volta das 14h30. Esse foi o terceiro ataque a banco registrado em menos de 48h no Ceará. A quantia levada pelos bandidos não foi divulgada. Segundo informações da PM, os assaltantes levaram um refém durante a fuga, mas ele foi liberado próximo ao município de Croatá. A agência do BB de São Luís do Curu sofreu três ataques em menos de um ano. No dia 2/7/2013, um grupo de três homens usou explosivos e tentou assaltar o banco, mas não conseguiu levar nenhuma quantia. No dia 9/9/13, um grupo de cinco homens assaltou a mesma agência. A quantia levada também não foi divulgada.

15 DE ABRIL

Um homem foi vítima de saidinha bancária durante a manhã, na Avenida Coronel Cícero de Sá, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo informações da Delegacia Metropolitana do Eusébio, a vítima foi abordada por um homem quando saía do Banco do Brasil, por volta de 10h30min, após ter sacado R$ 7 mil. O criminoso estava armado, rendeu a vítima e roubou o dinheiro. O suspeito estava ao celular dentro do banco e viu quando a vítima, que vinha de Maranguape, sacou o dinheiro.

14 DE ABRIL

Quatro homens armados assaltaram o Banco do Brasil do município de Catunda (273,2 km de Fortaleza), por volta das 15h. De acordo com informações da Delegacia Municipal de Santa Quitéria, os assaltantes conseguiram fugir em motos, mas não há informações sobre a quantia levada.

14 DE ABRIL

Uma quadrilha de cerca de 12 homens explodiu durante a madrugada um caixa eletrônico do Brasdesco localizado dentro da Prefeitura de Guaraciaba do Norte (320,2 km de Fortaleza). O ataque, no entanto, só provocou danos materiais ao equipamento, pois os suspeitos fugiram sem levar nada, segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI). Durante a ação vários tiros foram disparados pelo grupo para intimidar quem passava por perto. Mas, apesar da ação ousada, o compartimento onde o dinheiro é guardado não foi rompido e os bandidos fugiram de mãos vazias.

08 DE ABRIL

Um assaltante foi morto e o comparsa baleado após realizarem uma saidinha bancária no KM 3 da BR-116, no bairro Aerolândia, em Fortaleza. A dupla estava em uma moto quando abordou dois homens em um veículo num posto de gasolina. Um deles levou a quantia de R$ 3.600 que havia sido sacada há pouco tempo de uma agência do Bradesco próxima ao local. O outro assaltante tomou o carro de assalto. Uma quinta pessoa, ainda não identificada, passava pelo local e, ao ver a ação, trocou tiros com os assaltantes. Um morreu no local e o outro chegou foi baleado.

04 DE ABRIL

Mais um banco foi atacado por bandidos no Ceará. Em Apuiarés, a 111 km de Fortaleza, uma quadrilha explodiu o Bradesco da cidade. Pela quarta vez a agência é alvo de crime. Segundo a Polícia, aproximadamente seis homens fortemente armados, portando armas de grosso calibre, invadiram a cidade no fim da noite e explodiram o banco. A ação criminosa ocorreu por volta das 23h30. No momento da ação, apenas dois policiais militares estavam de plantão na cidade. É a quarta vez que o banco é atacado.

03 DE ABRIL

Um coronel da PM foi vítima de uma saidinha bancária em Fortaleza e teve sua arma roubada, um pistola .40.
 

27 DE MARÇO

Um grupo de cerca de 10 homens fortemente armados explodiu, durante a madrugada, um caixa eletrônico de uma agência do Bradesco em Palmácia, na região de Baturité, a 60 km da Capital. Ninguém ficou ferido. De acordo com a equipe da Polícia Militar da região, durante a madrugada os homens chegaram ao centro do município em dois veículos, renderam um casal que passava próximo ao local e arrombaram a porta do banco. Depois que passaram pela entrada da agência, os homens instalaram as dinamites e explodiram os caixas, levando toda a quantia disponível nos terminais. Conforme populares, a agência já foi atacada outras quatro vezes desde que foi inaugurada.

25 DE MARÇO

No fim da tarde, ladrões tentaram violar os caixas eletrônicos do Bradesco, na Aldeota, em Fortaleza. Segundo a polícia, alguns homens tentaram arrombar a porta que dá acesso à parte de trás dos caixas eletrônicos, mas fugiram quando o alarme da agência disparou. Quando os PMs chegaram não encontraram ninguém no interior da agência, mas acharam uma mochila com ferramentas que estariam sendo usadas no arrombamento, como pé de cabra e chave de fenda.

25 DE MARÇO

Um grupo formado por 15 homens invadiu a cidade de Itaiçaba e explodiu o caixa eletrônico do Banco do Brasil durante a madrugada. De acordo com a Polícia, o bando fez uso de explosivos e deixou a agência totalmente danificada. Segundo populares, os homens estavam divididos em motos e em três carros. Conforme o Comando de Policiamento do Interior (CPI), uma parte do grupo foi para a frente do unidade policial que só contava com a presença de 3 policiais e a outra para a agência. Após a explosão, o grupo fugiu com uma quantia não identificada. 

23 DE MARÇO

Bandidos invadiram a agência do Banco Santander da Universidade Federal do Ceará (UFC), renderam os vigilantes e arrombaram os caixas eletrônicos. O valor levado não foi revelado. Essa foi a primeira ação contra bancos registrada pelo Sindicato em Fortaleza neste ano.

14 DE MARÇO

A Polícia Militar do município de Hidrolândia (32km de Santa Quitéria), evitou um assalto ao Bradesco da cidade. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), dois veículos com homens fortemente armados chegou ao local por volta das 3h da madrugada para efetuar a ação. Duas viaturas da PM estavam de prontidão próximas à agência bancária e surpreenderam a quadrilha. O grupo trocou tiros com a PM e fugiu sem conseguir levar nada.
 

13 DE MARÇO

Uma quadrilha formada por cerca de 10 homens explodiu o caixa eletrônico da agência bancária do Bradesco, na cidade de Paramoti (104,1 km de Fortaleza). Segundo informações da Polícia Militar, os criminosos agiram por volta de 23h40min. Os suspeitos arrombaram o local e efetuaram vários tiros na cidade. Ninguém ficou ferido. Na agência, a PM encontrou estojos de calibre 9mm, 380 e calibre 12, espalhados pelo chão.

28 DE FEVEREIRO

Quatro bandidos armados com pistola assaltaram a agência bancária do Santander em Pajuçara, distrito de Maracanaú. Os assaltantes se infiltraram na agência por volta de 7h, renderam o gerente e outro funcionário e chantagearam os dois com a afirmação de que teriam instalado bombas, que poderiam ser acionadas por controles remotos. Com a chegada dos demais funcionários às 8h, o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) foi acionado. O grupo armado fugiu a tempo, com um malote de dinheiro de quantia não informada, em direção aos municípios de Pacatuba e Maranguape.

26 DE FEVEREIRO

Um grupo explodiu um caixa eletrônico do Banco do Brasil no município de Alto Santo (241,1 km de Fortaleza). Durante a ação, a quadrilha usou moradores que estavam próximo ao local como “escudo humano”' e fugiu levando todo o dinheiro da agência. Ninguém ficou ferido.

24 DE FEVEREIRO

Um homem foi morto durante uma “saidinha” bancária no centro do município de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). A mãe da vítima foi baleada e encaminhada ao hospital de Caucaia. Segundo informações o Comando de Policiamento da Capital (CPC), dois homens em uma motocicleta abordaram as vítimas, que estavam em uma lanchonete nas proximidades da agência do Banco do Brasil. Ambos foram ao banco com o objetivo de realizar um depósito, mas não conseguiram efetuar a transação. As vítimas foram abordadas quando almoçavam. O rapaz levou um tiro na cabeça e morreu no local. A mãe da vítima foi baleada na perna. No entanto, a dupla não consegui levar o dinheiro, que estava no bolso da vítima. Ele foi morto porque teria demorado a entregar o dinheiro aos assaltantes.

14 DE FEVEREIRO

Cerca de 12 homens armados invadiram o posto de atendimento do Bradesco de Aratuba (128 km de Fortaleza), por volta de meia-noite e meia. De acordo com a Polícia Militar de Guaramiranga, os assaltantes explodiram a agência e levaram o dinheiro de dois caixas eletrônicos. De acordo com testemunhas, o grupo estava armado com armas de grosso calibre e pistolas. Enquanto uma parte do grupo invadia o banco, a outra fazia guarda em frente o Destacamento da PM. Testemunhas informaram também à Polícia que os assaltantes efetuaram tiros na praça do município para assustar a população.

13 DE FEVEREIRO

Um grupo de dez homens fortemente armados tentou explodir uma agência bancária do Banco do Brasil no município de Jardim (540,4 km de Fortaleza), durante a madrugada. Os homens colocaram dinamites no banco e fizeram reféns, mas não houve explosão e eles fugiram, segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI). A ação ocorreu por volta das 3 horas. Enquanto alguns homens colocavam dinamites nos dois caixas eletrônicos, os outros mantiveram reféns pessoas que estavam em um bar na frente do local. Segundo a Polícia de Jardim, a bomba não funcionou e eles fugiram.

12 DE FEVEREIRO

Três homens tentaram assaltar o caixa eletrônico do Banco da Brasil de Altaneira (556, 4 km de Fortaleza), durante a madrugada. Segundo a polícia, os assaltantes detonaram explosivos próximo ao caixa eletrônico da agência e fugiram sem levar nada. Por volta das 3h30min, o vigilante do local informou que ouviu um estampido e viu os três assaltantes fugindo. A ação danificou o caixa, mas nenhuma quantia foi levada pelos assaltantes, que não tiveram tempo de concluir a ação.

07 DE FEVEREIRO

Uma tentativa de assalto foi registrada durante a manhã em Tabuleiro do Norte (209,1 km de Fortaleza). De acordo com informações da Polícia, quatro homens renderam o gerente da agência do BB e sua esposa, quando eles chegavam em casa, por volta das 8h. Uma funcionária que estava na residência no momento do sequestro também foi levada pelo grupo para um local não informado. Ainda de acordo com a Polícia, o gerente foi libertado logo em seguida para que fosse até a agência buscar o dinheiro exigido pelo sequestradores. Entretanto, ele não cumpriu com o combinado. Os assaltantes, então, libertaram as duas mulheres por volta de 10h.

27 DE JANEIRO

Uma agência bancária de Novo Oriente (397 km de Fortaleza) foi assaltada por volta das 14h. Segundo a Polícia Militar, entre cinco e seis homens armados invadiram o Banco do Brasil e levaram uma quantia em dinheiro, ainda não calculada. Durante a fuga, levaram alguns reféns, mas foram aos poucos liberados. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido.

25 DE JANEIRO

Um grupo de cerca de 12 homens explodiu, durante a madrugada, um caixa eletrônico do Bradesco de Guaramiranga (100 km de Fortaleza). De acordo com a Polícia Militar de Pacoti, por volta das 1h30 o grupo se aproximou e instalou os explosivos próximo ao caixa eletrônico, ameaçando quem passasse por perto com armas de grosso calibre. Poucos minutos depois os explosivos foram estourados e o malote de dinheiro levado.

23 DE JANEIRO

O caixa eletrônico de uma agência do Bradesco foi explodido durante a madrugada, por volta da 1h, no município de Senador Sá (281 km de Fortaleza). De acordo com a Polícia Militar, um grupo de 6 a 8 homens está envolvido na ação. Ainda não foi possível calcular a quantia levada. Os indivíduos estavam fortemente armados, invadiram a agência e explodiram o único caixa eletrônico com armas de fogo e explosivos.

21 DE JANEIRO

Durante a madrugada, uma agência do Bradesco foi arrombada em Redenção (63 km de Fortaleza). A Polícia foi acionada ao local por volta das 3h, após o segurança do local ouvir o alarme. Segundo a gerente da agência, foi verificado que os bandidos arrombaram uma grade de ferro que protege uma janela de vidro, que dá acesso à cozinha do local. Segundo o CPI, os criminosos teriam fugido antes de levar alguma coisa.

19 DE JANEIRO

Dois homens explodiram o posto do Bradesco, em Tejuçuoca (160 Km de Fortaleza), durante a madrugada. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o crime aconteceu por volta das 2 horas, quando os assaltantes entraram no posto bancário, colocaram explosivos e acionaram o detonador. O CPI acrescentou que durante a ação, um assaltante fez um jovem de refém. Ninguém foi preso.

09 DE JANEIRO

Uma dupla de assaltantes levou quase R$ 2 mil de um aposentado, no município de Independência (309 km de Fortaleza). A vítima havia acabado de fazer um empréstimo na agência do Bradesco. O aposentado informou à Polícia que foi abordado por um homem de crachá quando saía do local, às 10h22min. O homem pediu que ele lhe mostrasse documentos, e quando este os tirava da carteira, outro homem, comparsa do acusado, levou o dinheiro.

Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Veja mais

 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br