RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Ataques a Bancos em 2018

04 DE OUTUBRO

Bandidos invadiram um supermercado em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, e arrombaram um caixa eletrônico instalado no local. A ação aconteceu durante a madrugada. O equipamento era uma unidade do Banco 24 Horas e durante a ação, o caixa foi arrancado de sua base e aberto pelos assaltantes.
 

29 DE SETEMBRO

Uma quadrilha fortemente armada explodiu uma agência bancária do Banco do Brasil durante a madrugada na cidade de Santana do Acaraú. Segundo com a Polícia Militar, cerca de 15 criminosos armados com fuzis, escopetas e pistolas participaram do ataque ao banco. O ataque ocorreu por volta das 2h30. No momento do crime, o posto policial da cidade contava com três agentes. Parte da quadrilha cercou o destacamento policial, enquanto a segunda ficou na entrada do município. O restante do grupo invadiu a agência e realizou a explosão. O prédio da agência ficou destruído.
 

19 DE SETEMBRO

Uma quadrilha explodiu um carro-forte da empresa Prossegur, durante a tarde, no limite ente as cidades de Saboeiro e Jucás, no interior do Ceará. Conforme a Polícia Militar, os criminosos usavam armas de grande poder destrutivo, como fuzis e metralhadoras, além de material explosivo. Não há relatos de pessoas feridas. O bando fechou o fluxo de veículo na CE-284, colocando um veículo atravessando a pista. O carro-forte colidiu com o automóvel parado e em seguida o bando saiu de outros veículos, rendendo os funcionários.
 

13 DE SETEMBRO

Assaltantes fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil de Farias Brito (470 km de Fortaleza), durante a madrugada. A unidade ficou completamente destruída. Os criminosos fizeram alguns moradores de reféns, mas ninguém se feriu. A ação aconteceu por volta das 2h. Os suspeitos colocaram grampos na estrada para impedir a perseguição policial. Por isso, a Polícia Militar acredita que os criminosos fugiram para Várzea Alegre. Em 2016, a unidade foi atacada e passou mais de um ano sem atender a população com todos os serviços bancários. Cerca de dois anos depois, a história se
 

05 DE SETEMBRO

Um grupo fortemente armado de aproximadamente 30 pessoas explodiu, durante a madrugada a agência do Banco do Brasil (BB) localizada na cidade de Guaraciba do Norte, na região da Ibiapaba. Os criminosos ficaram na cidade até quase 3h, provocando um intenso tiroteio e gerando pânico entre os moradores do município. De acordo com testemunhas, a ação criminosa começou por volta de 2h10, quando os suspeitos, portando armas de grosso calibre, invadiram a cidade e se dividiram em dois grupos. Enquanto uma parte se dirigiu à agência bancária, os outros atacaram a delegacia local, que contava com apenas três policiais de plantão. A agência ficou completamente destruída após as explosões. Segundo testemunhas, os criminosos também dispararam contra comércios da região e bloquearam as entradas da cidade.
 

31 DE AGOSTO

A agência bancária do Bradesco na cidade de Deputado Irapuan Pinheiro (333Km de Fortaleza) foi destruída por explosivos no início da madrugada. Conforme informações de fonte da Polícia, por volta das 2h um grupo fortemente armado sitiou a cidade e começou o ataque. Enquanto parte do bando metralhava o destacamento da Polícia Militar, outros criminosos explodiam o cofre da unidade bancária. O prédio ficou destruído. Na fuga, os bandidos promoveram um tiroteio no Centro da cidade, deixando os moradores apavorados. Mesmo assim, ninguém ficou ferido. Parte dos veículos utilizados no ataque foram utilizados como barricadas e incendiados nas estradas por onde os assaltantes fugiram.

30 DE AGOSTO

Homens armados invadiram a sede da Prefeitura de Juazeiro do Norte, no Cariri cearense, durante a noite, e renderam dois guardas civis que faziam a vigilância da sede municipal. Segundo os agentes, os criminosos arrombaram o caixa eletrônico da Caixa Econômica, que fica no local, levando seu dinheiro. O crime aconteceu por volta das 22h. Segundo a polícia, os guardas informaram que foram surpreendidos por alguns indivíduos armados. Os dois foram amarrados e feitos de reféns até a execução do arrombamento. Os criminosos só deixaram a sede da Prefeitura de Juazeiro do Norte no início da madrugada, por volta de 1h. Depois disso, os guardas conseguiram se desamarrar e acionar a polícia.
 

24 DE AGOSTO

Um grupo formado por cinco homens explodiu durante a madrugada um caixa eletrônico do Banco do Brasil, na cidade de Moraújo, região Norte do Ceará. De acordo com a polícia, a ação dos criminosos começou por volta das 2h20. Os cinco homens estavam armados com pistolas e fuzis. A explosão destruiu a estrutura do local. A polícia informou que vigilantes que trabalhavam próximo ao banco e residências foram usados como escudo pelos bandidos na hora da fuga. Ninguém foi preso. Segundo um morador, após o crime, os assaltantes realizaram vários disparos, inclusive contra o destacamento policial. Esse era o único banco em funcionamento na cidade.
 

09 DE AGOSTO

Duas agências bancárias foram atacadas durante a madrugada, no município de Amontada, na região Norte do Estado, distante 157 km de Fortaleza. Na fuga, dois carros foram incendiados nas vias de acesso à cidade para impedir a passagem de viaturas da Polícia. Os criminosos explodiram os caixas das unidades do Banco do Brasil e do Bradesco, localizadas próximas à Praça Coronel Antônio Belo, no Centro do município. O grupo também trocou tiros com a PM.
 

26 DE JUNHO

Durante a madrugada, ocorreu uma tentativa de arrombamento contra uma agência do Bradesco no município de Quixelô. Os ladrões não conseguiram efetuar o arrombamento do caixa eletrônico, porém na fuga, os infratores deixaram dinamites armadas em um dos cofres da agência. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Os assaltantes conseguiram fugir pois na fuga espalharam vários grampos na saída da cidade, dificultando a passagem das viaturas.
 
25 DE JUNHO
 
Criminosos realizaram durante a noite, no município de Aracati, ataques a dois carros fortes da empresa Brinks. A ação foi frustrada pela ação da Polícia e os criminosos fugiram sem levar nada. Na ação, os criminosos utilizaram dois caminhões roubados para bloquear a pista da BR-304, na altura do Km 86, onde abordaram o primeiro carro forte. O segundo veículo conseguiu fugir do bloqueio, mas foi perseguido pelos assaltantes e abordado no Km 93 da rodovia, onde foi explodido. A Polícia chegou no momento em que os assaltantes explodiam o carro forte. Houve troca de tiros, mas os criminosos conseguiram fugir. Não houve feridos e nenhum valor foi roubado.
 

25 DE JUNHO

Criminosos invadiram a agência bancária do Banco do Brasil, localizada na Avenida Bezerra de Menezes, no bairro São Gerardo, em Fortaleza, e violaram os caixas eletrônicos do local  durante a madrugada.  Segundo a Polícia Civil, o bando utilizou um maçarico para cometer o crime e fugiu em seguida. A Polícia não informou se o dinheiro foi levado, na ação criminosa.


13 DE JUNHO

Grupo armado explodiu um carro-forte no município de Varjota, distante 273 km de Fortaleza, na tarde do dia 13 de junho.Veículos foram utilizados para bloquear a via no momento da ação criminosa. Um automóvel foi incendiado durante a fuga dos assaltantes.
 

03 DE JUNHO

Um caixa eletrônico do Banco do Brasil foi arrombado durante a madrugada, na cidade de Várzea Alegre, na Região do Cariri do Ceará. De acordo com a Polícia Militar, o furto foi por volta das duas e meia da madrugada. Os bandidos arrombaram o cofre, mas a quantia não foi divulgada. Os criminosos fizeram um buraco na parede para entrar na agência e usaram um maçarico para arrombar o caixa.
 

01 DE JUNHO

Dois homens foram presos durante a manhã após tentativa de assalto à uma agência do Banco do Brasil, no município de Maranguape. Durante a ação, os criminosos renderam os vigilantes e fizeram os funcionários do banco de reféns. De acordo com informações da Polícia, ao entrarem no banco, os assaltantes renderam os dois vigilantes, tomando a arma de um deles. Cerca de oito funcionários estavam na agência no momento da abordagem e também foram feitos reféns. A Polícia Militar foi acionada e viaturas do policiamento ostensivo de Maranguape realizaram o cerco ao banco. Na operação, uma equipe da PM entrou no banco e rendeu os bandidos, que entregaram as armas. Os homens ainda deixaram dentro da agência um artefato explosivo. Agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) foram acionados e realizam os procedimentos para desarmar os explosivos.
 

30 DE MAIO

Uma quadrilha tentou assaltar um carro-forte da Prossegur no Km 65 da BR-116, próximo ao município de Chorozinho. Segundo um dos seguranças do veículo, a abordagem se deu por volta de 8h, quando os vigilantes entraram em confronto com os suspeitos. Ainda conforme o segurança, que não quis se identificar, os criminosos cercaram o carro-forte utilizando dois veículos. Ao notarem a ação criminosa, os vigilantes, que também contavam com um carro de apoio, trocaram tiros com a quadrilha. Um suspeito foi baleado durante o confronto e os comparsas fugiram pouco tempo depois. Após a ação criminosa, os seguranças acionaram a Polícia Militar (PM), que prendeu o suspeito baleado e apreendeu um fuzil de grosso calibre.
 

28 DE MAIO

Um segundo ataque a carro-forte foi registrado em menos de três horas no Ceará. Criminosos explodiram um veículo da empresa Prosseguir, entre Umirim e São Luis do Curu, durante a manhã. Não houve feridos. Oprofissional estava de colete e os danos foram materiais.
 

28 DE MAIO

Uma tentativa de assalto a carro-forte deixou os moradores do bairro Aldeota, em Fortaleza, assustados com a intensa troca de tiros entre criminosos e os vigilantes da empresa Brinks que faziam a segurança do veículo. A ação criminosa aconteceu por volta de 9h30, no cruzamento das ruas Marcos Macêdo e Visconde de Mauá, no momento em que o carro-forte estava estacionado. De acordo com a Polícia Militar, aproximadamente cinco suspeitos abordaram o carro-forte e anunciaram o assalto, mas entraram em confronto com os vigilantes, que reagiram. Durante a troca de tiros, os criminosos chegaram a roubar a arma de um dos seguranças, mas acabaram fugindo. Acionado, o BPRaio perseguiu os suspeitos e conseguiu prender dois homens ainda não identificados próximo à Avenida Leste-Oeste. Durante a troca de tiros, um dos vigilantes do carro-forte também foi baleado na altura do peito.
 

10 DE MAIO

Uma quadrilha explodiu, durante a madrugada, a agência do Banco do Brasil na cidade de Piquet Carneiro (314Km de Fortaleza). Segundo informações da Polícia o ataque demorou aproximadamente 40 minutos. A cidade ficou sitiada por quase uma hora, tempo suficiente para os bandidos detonarem os caixas eletrônicos da unidade bancária. Populares acrescentaram que os bandidos promoveram um intenso tiroteio após bloquearem as vias de acesso ao local do ataque com carros e motocicletas. Logo depois foram ouvidas três explosões. Pessoas que moram próximas ao banco disseram que as casas tremeram com a explosão. Quando o silêncio voltou e os moradores da vizinhança saíram das suas casas, encontraram a agência destruída.
 

07 DE MAIO

Uma quadrilha explodiu um carro-forte durante a manhã na estrada que liga os municípios de Santa Quitéria e Forquilha, no norte do Estado. O bando fugiu com reféns. De acordo com a PM, as pessoas levadas pelos bandidos eram transeuntes que passavam pelo local no momento da ação criminosa.
 

23 DE ABRIL

O diretor de Esportes Amadores e Olímpicos do Fortaleza Esporte Clube, Roberto Mamede Studart Soares, morreu vítima de uma saidinha bancária. Testemunhas relatam que a vítima havia feito um saque na unidade do Banco do Brasil da Avenida Santos Dumont e foi baleada na saída da unidade. Conforme testemunhas, dois homens são suspeitos do crime. Imagens de câmera de segurança mostram o momento em que um dos suspeitos atira contra Roberto Mamede. A vítima estava no carro com uma bolsa onde supostamente estava o dinheiro que ela havia sacado; o suspeito tenta tirar o dinheiro, a vítima resiste e é baleado quando corre atrás do suspeito. A vítima morreu no local.
 

15 DE ABRIL

Uma agência bancária do Banco do Brasil em Santa Quitéria, Região Central do Estado, foi alvo de criminosos no fim de semana. Um grupo conseguiu ter acesso à agência pela parte de trás do prédio. Segundo a polícia, eles arrobaram os dois cofres da agência e levaram toda a quantia. Moradores contaram que o alarme chegou a disparar e a polícia foi chamada, mas como não viu nenhuma irregularidade na frente da agência, foi embora. O crime só foi descoberto na manhã da segunda-feira (16) quando o gerente abriu o banco e foi no local onde ficam os cofres.
 

05 DE ABRIL

Um carro-forte foi assaltado na BR-222, próximo à entrada da cidade de São Luís do Curú (77 km de Fortaleza), por volta de 18 horas. O Comando de Polícia do Interior (CPI) informou que assaltantes armados em um carro perseguiram e conseguiram interceptar o veículo, que pertence a empresa de transporte de valores Brinks. Com a manobra, os criminosos tiraram o veículo da estrada e conseguiram levar uma quantia. Os assaltantes utilizaram explosivos para ter acesso ao veículo, que ficou praticamente destruído. Não houve feridos.

27 DE MARÇO

Um grupo fortemente armado explodiu, durante a madrugada, duas agências bancárias na cidade de Reriutaba (Zona Norte), deixando a população em situação de pânico. Foram atacadas, com explosivos, as agências do Banco do Brasil e do Bradesco. A ação criminosa ocorreu por volta das 2h30min. Houve troca de tiros entre bandidos e policiais. O poder de destruição da dinamite utilizado pelo grupo contra um dos bancos foi tão intenso que atingiu parte de uma residência vizinha à agência do Bradesco. Foi um grande susto para os moradores da casa. Conforme testemunhas, os suspeitos, que portavam armas de grosso calibre, também atacaram a delegacia de polícia do município para encurralar os agentes de segurança dentro do prédio. Em seguida, outros integrantes da quadrilha utilizaram dinamites para explodir a agência do Banco do Brasil, assim como a unidade do Bradesco.
 

23 DE MARÇO

Um bando armado, de aproximadamente 15 criminosos, atacou durante a madrugada o distrito de Lagoa do Mato, situado na zona rural do município de Itatira, no Sertão Central. A Polícia Militar informou que o posto avançado do Bradesco foi o alvo dos assaltantes. A unidade bancária ficou destruída após ser dinamitada por volta de 1h. A localidade ficou sitiada por aproximadamente meia-hora. Os policiais de plantão no destacamento não puderam evitar o ataque. Moradores relataram que os bandidos usavam fuzis. Quando notaram que o bando havia abandonado a localidade saíram à rua. Além do posto bancário completamente destruído encontraram várias cápsulas de armas de fogo deflagradas.
 

06 DE MARÇO

Durante a madrugada, um grupo invadiu uma agência do Bradesco na cidade de Santa Quitéria. As câmeras de segurança capturaram a imagem de três homens fortemente armados que utilizaram explosivos para tentar arrombar os cofres da agência. O crime aconteceu por volta das 3h50min. Nas imagens, é possível observar vidro estilhaçado, marcas de explosão na porta do cofre e muitos destroços no chão do banco. Entretanto, segundo a polícia, os homens não conseguiram levar nada.

03 DE MARÇO

Por volta das 2h da manhã, um grupo de cerca de 20 bandidos explodiu o Banco do Brasil do município de Santana do Cariri. A agência ficou completamente destruída. Um dos bandidos morreu após confronto com a polícia. Durante a ação, enquanto parte dos bandidos encurralou a Polícia na delegacia do município, com trocas de tiros; a outra parte dos criminosos explodiu e roubou o banco da cidade. Os suspeitos fizeram algumas pessoas de reféns, utilizando-as como escudo humano, mas logo em seguida liberaram as vítimas.
 

23 DE FEVEREIRO

Criminosos interceptaram um carro-forte da empresa Prosegur, no fim da manhã e o explodiram para roubar o dinheiro transportado. O crime ocorreu na CE-060, no distrito de Catolé da Pista, entre os municípios de Mombaça e Acopiara, distante 302 km de Fortaleza. A quantia levada pelo grupo não foi informada. Levantamentos iniciais da Polícia apontaram que os suspeitos atiraram nos pneus do veículo, renderam os seguranças após troca de tiros e usaram dinamite para arrombar o cofre. Nenhum segurança foi ferido.
 

14 DE FEVEREIRO

Dois homens assaltaram um empresário que chegava ao Banco do Brasil, no Centro do município de Senador Pompeu. Segundo informações da Polícia Militar, a dupla, um deles trajando uma bata de mototaxista, surpreendeu a vítima com uma “chegadinha”. Em seguida os criminosos fugiram numa motocicleta. No momento do roubo, o empresário estava acompanhando de uma funcionária da sua loja. Mesmo assim os criminosos não se intimidaram, apontaram revólveres e roubaram um malote contendo R$ 17 mil. O valor era referente às vendas do período carnavalesco, já que a instituição bancária só abriu novamente ao meio dia da quarta-feira de cinzas.
 

05 DE FEVEREIRO

Um bando armado explodiu e assaltou um carro-forte da empresa Brinks, que trafegava pela BR-304, na altura da localidade de Cacimba Funda, Distrito de Aracati, a aproximadamente 150Km de Fortaleza. Segundo informações da polícia, a quadrilha era composta por, pelo menos, 10 homens. A ação aconteceu por volta das 17h e surpreendeu os motoristas que trafegavam pela rodovia.
 

02 DE FEVEREIRO

Pelo menos dez criminosos sitiaram o município de Uruoca (300 km de distância de Fortaleza), explodiram duas agências bancárias e atacaram a delegacia da Polícia Civil a tiros, durante a madrugada. A quadrilha chegou ao Município por volta de 2h. Uma parte do bando se posicionou em frente à Delegacia e disparou vários tiros, contendo a ação policial e quebrando a porta de vidro. Ao mesmo tempo, outros criminosos realizaram explosões no Banco do Brasil e no Bradesco, que ficam próximos, no Centro de Uruoca. A quadrilha conseguiu explodir caixas eletrônicos apenas no Bradesco. No Banco do Brasil, o dinheiro não foi levado, já que o caixa não foi violado.
 

30 DE JANEIRO

Três homens foram detidos após furtarem uma agência bancária, na Aldeota, durante a madrugada. Ao violar os caixas eletrônicos do Banco Santander, da Avenida Santos Dumont, os alarmes da agência foram acionados. Uma equipe da Polícia Militar (PM) foi ao local e efetuou a prisão dos suspeitos. Na ocorrência, os policiais conseguiram recuperar uma quantia de R$ 8 mil, que havia sido saqueada, um maçarico, e um veículo que servia para dar apoio ao furto. A agência já tinha sido alvo dos criminosos no ano passado. Na ocasião, eles arrombaram os caixas eletrônicos e, por causa da ação, o banco passou alguns dias interditado.
 

28 DE JANEIRO

Um grupo de 15 homens explodiu uma agência bancária do Bradesco em Solonópole, no Sertão Central do Ceará, durante a madrugada. Imagens do circuito interno do banco mostram o local completamente destruído. De acordo com a polícia, cerca de 15 pessoas, fortemente armados, participaram da ação e usaram explosivos para atacar o banco. Ainda segundo os policiais, antes de seguir para a agência bancária, os homens intimidaram os policiais da cidade e atiraram várias vezes contra o prédio da delegacia.
 

26 DE JANEIRO

Uma saidinha bancária aconteceu por volta das 12 horas, na Caixa Econômica da Avenida 13 de Maio, em Fortaleza, e terminou na prisão de um suspeito dentro da Igreja de Nossa Senhora de Fátima. Segundo policiais militares, ele tentava se passar por mais um fiel, já que, naquela hora, acontecia a missa diária. Com ele foi apreendida bolsa que continha o dinheiro do saque – R$ 30 mil.
 

24 DE JANEIRO

Uma quadrilha utilizou passageiros que estavam em uma van como reféns para explodir uma agência bancária do Bradesco, no Município de Varjota (a cerca de 263 km de distância de Fortaleza), durante a madrugada. A ação criminosa se iniciou por volta de 1h, quando homens armados chegaram ao Município em carros e motocicletas e interceptou uma van com passageiros, que foram feitos de reféns e levados até o banco. Na agência bancária, acompanhados dos reféns, os criminosos realizaram explosões para tentar abrir os caixas eletrônicos, mas não conseguiram.
 

11 DE JANEIRO

Durante a madrugada, criminosos explodiram agência bancária do Bradesco, localizada em Ibaretama, na região do Sertão Central, a 134,1 km de Fortaleza. A ação aconteceu por volta das 1h30 da manhã. O policiamento foi cercado dentro do destacamento enquanto os criminosos invadiam o banco. O uso excessivo de explosivos destruiu o pequeno prédio bancário situado na principal via pública da cidade.
 

Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Veja mais

 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br