Lúcia Silveira assume a presidência da CUT-CE

30

A presidência da Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT-CE) está sob a direção da bancária Lucia Maria Silveira de Queiroz. A então diretora estadual assumiu o cargo após o pedido de desincompatibilização entregue pelo metalúrgico Wil Pereira, licenciado para concorrer às eleições municipais de 2024, como candidato a vereador pelo PT de Caucaia.

O comunicado de afastamento foi entregue à direção executiva da CUT-CE, no último 5 de junho, quando finalizou o prazo de desincompatibilização determinado pela Justiça eleitoral, em todo o país.

Lúcia Silveira é a terceira mulher e a terceira trabalhadora do ramo financeiro a assumir a presidência da Central no estado. De acordo com a dirigente, durante o seu mandato será dada continuidade ao projeto de interiorização e fortalecimento da Central e de suas entidades filiadas, implementado em 2015, quando Wil Pereira tomou posse pela primeira vez como presidente da CUT. “A nossa Central cresceu bastante nesse período de quase 10 anos. Filiamos importantes sindicatos em todas as regiões do Ceará, lideramos inúmeras lutas em defesa da democracia e dos direitos da classe trabalhadora e garantimos inúmeras conquistas em conjunto com nossos sindicatos e federações”, destacou a presidenta interina.

Desincompatibilização

Também se desincompatibilizaram para disputar as eleições municipais o vice-presidente, José Cândido da Silva Filho, a secretária de políticas sociais e direitos humanos, Celiane David Bispo, o secretário de juventude, Alan Robson Ricardo Alves e os diretores estaduais Maria Janielle Azevedo Xavier Silva, Antônio Fernandes Freitas e Henrique Rebouças de Lima.

Perfil de Lúcia Silveira

Cearense, do ramo financeiro, Lucia Maria Silveira de Queiroz tem 61 anos e traz na bagagem quase 25 anos de militância sindical. Sua trajetória começa ainda em 1985, no movimento estudantil, como diretora do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Fortaleza (Unifor).

Representando os trabalhadores do Banco Itaú, Lúcia foi diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas do Ramo Financeiro no Estado do Ceará (SINTRAFI/CE) até 2019.

Como coordenadora da Agência de Desenvolvimento Solidário do Ceará (ADS) (2002 – 2008), teve atuação na economia solidária e atuou na perspectiva de geração de emprego e renda com cooperativas, associações e grupos informais.

Na CUT-CE, Lúcia atuou em diversas secretarias, entre elas a secretaria geral e a secretaria de formação, secretaria essa que foi responsável por fortalecer o processo de interiorização da CUT no estado, ofertando por meio de caravanas em todas as regiões cursos, seminários e importantes debates, envolvendo todos os ramos de atuação da central.

Ao longo dos anos contribuiu para a Escola de Formação da CUT no Nordeste como coordenadora geral, coordenadora pedagógica e, atualmente, está como coordenadora administrativa-financeira. Lúcia também foi coordenadora do Fórum das CUTs no Nordeste por dois mandatos.

Fonte: CUT-Ceará

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here