Sindicato denuncia cenário de insegurança nas agências do município de Madalena

48

Em visita ao município de Madalena, o Sindicato dos Bancários do Ceará (representado pelos diretores da entidade, Bosco Mota e Leandro Medeiros) constatou um cenário de insegurança nas unidades bancárias da cidade.

O PAA do Bradesco simplesmente não tem câmeras de vigilância, o que tem causado apreensão de funcionários e clientes, pois já ocorreram no passado assaltos à unidade e até caso de sequestro. O Sindicato vem cobrando, há mais de um ano, mais segurança na agência, mas o Bradesco, na contramão da segurança, não toma nenhuma providência.

No Banco do Brasil do município, a situação da falta de segurança também se repete, com a retirada dos vigilantes do local, o que também causa apreensão em funcionários e clientes. Além disso, a unidade tem sérios problemas estruturais, com parte do teto interno da área de atendimento danificada, ar condicionado quebrado e precisando de consertos urgentes do telhado.

“O problema da segurança não acontece não só na unidade de Madalena e parece ser uma tendência no BB, já que o banco vem retirando os vigilantes em várias agências do Estado. Vamos denunciar essa falha de segurança nos fóruns devidos. Quanto à situação do Bradesco, nós vamos novamente cobrar a Regional do banco para ter mais responsabilidade social com a população e com seus funcionários. Não vamos admitir que os bancos, inclusive os públicos, com tanto lucro, comecem a andar na contramão da segurança, expondo clientes e bancários ao perigo”, disse o diretor do Sindicato, Bosco Mota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here