Sindicato orienta aprovação da minuta. Votação vai até às 23h59 de hoje, 13/6

51

Os bancários do Ceará estiveram reunidos em assembleia geral extraordinária, em formato virtual através da plataforma Zoom, na noite desta quinta-feira, dia 13/6, para debater e deliberar sobre a proposta de minuta de reivindicações da categoria. O processo de votação está aberto até às 23h59, pelo sistema Vota Bem (https://bancarios.votabem.com.br/) e o Sindicato dos Bancários do Ceará indica a aprovação.

A assembleia começou com uma plenária remota onde os bancários participantes puderam fazer suas ponderações com relação aos principais itens da minuta e sobre a conjuntura econômica e política em que vão se dar as negociações da campanha salarial este ano.

O presidente da Fetrafi/NE, Carlos Eduardo, fez uma breve apresentação da proposta de minuta, falando sobre os principais tópicos a serem entregues aos banqueiros na próxima terça-feira, dia 18/6. Ele enfatizou que a minuta foi construída através de um processo coletivo envolvendo bancários de todo o país. “Não é o que o Sindicato vai pedir, trata-se de uma construção coletiva que inicia com nosso encontro estadual, passa pelas Conferências Regionais, congressos nacionais específicos, consulta nacional e é finalizada na Conferência Nacional. É muito importante que tenhamos consciência que, a partir de agora, nossa mobilização e nossa organização e unidade serão fundamentais para avançarmos nas conquistas”, destacou.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, José Eduardo Marinho, destacou a participação massiva da categoria na consulta nacional, ajudando a construir nossa minuta e elencando nossas prioridades para a campanha deste ano. “A partir desses dados, durante a Conferência Nacional, destacamos como fundamentais a defesa do emprego, o combate à cobrança abusiva de metas, a saúde do trabalhador e a valorização do bancário. Destacamos também a importância de se debater a pauta climática, reforma tributária justa e a importância de se eleger candidatos comprometidos com as pautas dos trabalhadores nas eleições municipais”, disse ele enfatizando que todos os direitos já conquistados pela categoria bancária foram frutos de muita luta e que a participação da categoria na nossa campanha é fundamental para avançarmos na manutenção desses direitos e por mais conquistas.

José Eduardo informou ainda que já no dia 18/6, quando da entrega da minuta, o Comando Nacional vai propor um calendário de negociação da campanha, além de buscar a assinatura de um pré-acordo como salvaguarda ao fim da ultratividade.

Veja abaixo os nove eixos da pauta de reivindicações:

  1. Aumento real de 5% (inflação + 5%), PLR maior e ampliação de direitos;
  2. Fim do assédio e dos Instrumentos Adoecedores na Cobrança de Metas;

III. Representação de todos os Trabalhadores do Ramo Financeiro;

  1. Defesa dos empregos, impactos dos avanços tecnológicos no trabalho bancário;
  2. Redução da taxa de juros para induzir o crescimento econômico e geração de emprego e renda;
  3. Reforma tributária: tributar os super ricos e ampliar a isenção do IR na PLR;

VII. Fortalecimento das entidades sindicais e da negociação coletiva;

VIII. Ampliação da sindicalização;

  1. Fortalecimento do debate sobre a importância das eleições de 2024 para a Classe Trabalhadora na defesa de seus direitos e da Democracia: eleger candidatos e candidatas que tenham compromisso com esta pauta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here