Três ataques a caixas eletrônicos no Ceará em apenas 72 horas

14


  


Na última semana, no Ceará, ocorreram três ataques a caixas eletrônicos em apenas 72 horas. Na segunda-feira, dia 3/9, numa ação ousada, bandidos explodiram os caixas eletrônicos e destruíram parcialmente a agência do Bradesco, localizada no bairro Parangaba, em Fortaleza. A ação aconteceu por volta das 21 horas e não houve vítimas. Os diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará estiveram presentes à unidade na terça-feira, 4/9, para prestar solidariedade aos funcionários do Bradesco. Na ocasião cobraram a suspensão temporária das atividades da agência, como forma de proteger os trabalhadores e os clientes.


Os dirigentes sindicais Bosco Mota e Rita Ferreira constataram que os estragos feitos na agência foram grandes e colocam em risco a vida das pessoas, caso a agência ficasse aberta para atendimento. Pelo tamanho da destruição dos caixas eletrônicos, os assaltantes provavelmente usaram explosivos, atingindo também a parte interna da agência que ficou parcialmente destruída. Ou seja, além dos caixas, a explosão danificou o teto e parte da sala da gerência e de outros serviços internos do banco. De acordo com a Polícia, os assaltantes fugiram sem levar nenhuma quantia.


Segundo informações da Polícia, a tentativa de assalto ocorreu por volta de 21 horas e na explosão os 14 caixas foram atingidos e três totalmente destruídos. Uma peça de um caixa foi arremessada cerca de 30 metros para fora da agência. Ninguém foi atingido. A Polícia acredita que cerca de oito pessoas participaram da ação e alguns suspeitos já foram detidos.


Já na terça-feira (4/9), assaltantes arrancaram a parte frontal de um caixa eletrônico e levaram R$ 145 mil da agência do Banco do Brasil no município de Amontada, a 180 km de Fortaleza. O roubo ocorreu por volta das 11 horas. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), a parte frontal do caixa eletrônico foi arrancada e a fiação interna sofreu modificação. A máquina apresentou curto circuito e passou a soltar dinheiro.


Em Palhano, a 150 km de Fortaleza, na madrugada da sexta-feira, 6/9, cerca de oito homens invadiram um posto do Banco do Brasil e explodiram dois caixas eletrônicos. Os acusados ainda dispararam contra o destacamento da Polícia, mas ninguém ficou ferido. A ação ocorreu por volta de 1h da madrugada. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), os caixas eletrônicos ficaram danificados, mas os acusados não conseguiram levar o dinheiro. A gaveta com os valores não abriu com a explosão.