18ª Conferência Nacional construirá pauta de reivindicações da categoria

8


A categoria bancária se prepara para formatar a pauta da Campanha Nacional 2016. Por todo o País, bancários debateram em conferências regionais, as principais demandas, que serão apresentadas na 18ª Conferência Nacional dos Bancários, para construção da pauta unificada de reivindicações, entre os dias 29 e 31 de julho, no hotel Holiday Inn, no Parque Anhembi, em São Paulo.


Entre os eixos para a Conferência Nacional dos Bancários estão: emprego, saúde do trabalhador, segurança bancária, condições de trabalho, remuneração e estratégias para organização da luta e disputa da sociedade.  São esperados 695 bancários, entre delegados natos e eleitos por federações, além de observadores brasileiros e de outros países.


O encontro nacional deste ano acontece num momento ímpar da história brasileira, marcado por várias ameaças à classe trabalhadora. Um golpe legislativo, midiático e judicial, patrocinado pelas elites empresariais, coloca em risco os bancos públicos e ameaça os direitos duramente conquistados. Foram anos de lutas e sacrifícios para reunir o que tem acumulado na Convenção Coletiva dos Bancários. Mais do que nunca, é preciso organização do movimento e mobilização dos bancários.


Seminário – Antes da abertura solene da Conferência, os bancários participam do Seminário Sistema Financeiro e Sociedade, com três painéis:  1 – “Transformações no Sistema Financeiro e seus impactos no Mundo do Trabalho”; 2 – “ Novas Ofensivas aos Direitos dos Trabalhadores”; e 3 – Fórum da Resistência – “O Brasil que Queremos”.