2º Congresso debate crise e regulamentação do sistema financeiro

13

O 2º Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) acontece entre os dias 14 e 16/4, em São Paulo. Na pauta do evento, a eleição da Diretoria Executiva Nacional, do Conselho Fiscal e do Conselho Diretivo; a Reforma Estatutária, além de debates de interesse da categoria, como a crise financeira mundial e a regulamentação do sistema financeiro nacional.


O debate sobre o sistema financeiro será abordado no primeiro dia do Congresso. A legislação em vigor é da época da ditadura e não atende mais às necessidades do País. A Constituição de 1988 dedicou um artigo – o 192 – ao tema, mas, quase 21 anos depois, a regulamentação por lei complementar ainda não saiu. Diante da crise financeira mundial, que evidenciou as conseqüências da falta de regulamentação da atividade, o debate sobre a construção de uma nova legislação toma corpo, e a Contraf/CUT vai retomar as propostas que já vêm de 1992 para atualizá-las e, novamente, enviar ao Congresso Nacional.


O critério de participação de delegados é de um para cada 900 associados ou fração maior ou igual a 450, garantindo-se o mínimo de delegados por sindicato. Todos os delegados foram eleitos em assembléias. Os membros efetivos da Diretoria Executiva da Contraf-CUT e os representantes bancários na Executiva da CUT nacional são delegados natos.