5º Passeio Cultural/Religioso do Sindicato reuniu bancários e familiares

20


O Sindicato dos Bancários do Ceará, através da Secretaria de Cultura, realizou na Sexta-Feira Santa e Sábado de Aleluia, a 5ª edição do Passeio Cultural e Religioso. Dessa vez, os bancários sindicalizados e familiares tiveram duas opções de roteiro: Praia do Pontal de Maceió (Fortim) e o já tradicional Guaramiranga/Pacatuba. Para Guaramiranga foram dois ônibus e três para Fortim, com toda a estrutura de translado e almoço, reunindo cerca de 250 bancários e seus acompanhantes.


O Passeio foi realizado pela primeira vez em 2012 e vem sendo repetido com grande sucesso. “O objetivo do Sindicato é proporcionar aos seus associados momentos de lazer, descontração, proporcionando aos bancários, além da visita às cidades turísticas do interior do Estado, a oportunidade de assistirem a tradicional encenação da Paixão de Cristo em Pacatuba e a malhação do Judas, na Praia do Pontal do Maceió”, afirmou Tomaz de Aquino, secretário de Cultura do Sindicato dos Bancários.


Em Guaramiranga – Com uma paisagem verde exuberante, muitas flores e o clima ameno da cidade, Guaramiranga foi o destino que reuniu bancários e familiares amantes das paisagens bucólicas. Este ano, a programação foi livre para os bancários e familiares, que aproveitaram para visitar o centro artesanal e passear pela cidade, se deliciando com a culinária, o comércio de plantas ornamentais e frutíferas, bem como do clima ameno da Serra. O Sindicato, ao final desse roteiro, promoveu sorteio de ovos de páscoa. Esse trecho incluiu Pacatuba no retorno do Passeio e, ao final da tarde, um grupo de bancários assistiu ao espetáculo da Paixão de Cristo encenado há mais de quatro décadas naquele município. Aos participantes foram assegurados, além do transporte até Pacatuba, os ingressos para assistir em camarotes a peça teatral.


Pontal de Maceió – Durante o passeio para Pontal do Maceió, em Fortim, os bancários e seus acompanhantes e familiares puderam curtir o lindo visual da praia, em uma barraca agradável e aconchegante à beira do mar, onde foi realizado sorteio de ovos de páscoa. Durante à tarde, um grupo grande de bancários escolheu participar ainda de um belo passeio de barco pelo Rio Jaguaribe e puderam conferir o encontro do Rio com o mar. À noite, um grupo de bancários acompanhou a tradicional Malhação do Judas, na praça do Pontal de Maceió. O Sindicato levou um Judas representando o banqueiro explorador, que participou do concurso local. “O banqueiro é quem mais lucra na nossa economia, quem mais tira o emprego dos trabalhadores, que mais juros cobra da população, submete a sociedade à filas enormes, e por isso nós trouxemos este para ser malhado porque ele merece”, explicou Tomaz de Aquino.