A Caixa Não se Vende! A Caixa é do Povo!

18


Também na sexta-feira, 27/2, uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Ceará debateu a “Abertura do Capital da Caixa”, através de requerimento do deputado Elmano de Freitas (PT/CE). O tema principal do debate foi o papel financeiro e social da Caixa diante da possibilidade da abertura de capital.


Durante a audiência, o Sindicato propôs aos deputados estaduais, como encaminhamento, que façam um manifesto, intitulado “A Caixa Não Se Vende! A Caixa é do Povo!”, mostrando a posição do Ceará sobre a abertura de capital da Caixa e que este manifesto seja enviado para a presidência da República, Secretaria Geral da República, Casa Civil da Presidência, presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, líderes de partidos na Câmara e Senado, líderes de governo na Câmara Municipal e Assembleia Legislativa ratificando posição contrária a essa medida. O manifesto deve mostrar ainda a importância da Caixa para o estado do Ceará.


“Esse encaminhamento proposto pelo Sindicato procura ampliar o debate em defesa da Caixa com o apoio de todo o parlamento, fazendo ver ao Executivo que a abertura do capital da Caixa é um retrocesso e que a Caixa deve continuar 100% pública”, afirmou o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo Bezerra, enfatizando a entidade vai continuar na luta e ampliar o debate sobre a possibilidade da abertura de capital da Caixa.


Unindo forças ao Sindicato dos Bancários do Ceará, participaram também da audiência representantes da Apcef/CE, Agcef, Acea, OAB, ADVOCEF, além das centrais sindicais CUT e CTB.