A voz dos bancários na Administração do BB defende mais contratações

9


O representante eleito pelos funcionários para o Conselho de Administração (Caref) do Banco do Brasil, Rafael Matos, esteve em Fortaleza no dia 9/6, onde participou de várias reuniões com os funcionários do BB. Ele falou do papel do Caref, ouviu os problemas dos bancários e vai encaminhar as demandas à principal instância de decisão do banco. Rafael defende, em sintonia com os sindicatos, mais contratações de funcionários, melhoria das condições de trabalho e revisão da política de metas do banco.


Entre as propostas de Rafael Matos para aumentar a proximidade e a interlocução com os funcionários do BB, além das visitas mensais programadas em locais de trabalho em todo o País, definiu algumas bandeiras para este ano, entre elas criar um canal de comunicação na internet com os funcionários, com link com os sindicatos. Ele também sugere criar um canal institucional na internet corporativa do BB para o Conselho de Administração (o banco está avaliando a proposta). Mas o Caref vai criar seu próprio site com informações sobre sua atuação. O site ainda está em construção: www.carefbb.com.br.


Caref defende mais contrações – “A bandeira principal do Caref é debater a contratação de funcionários. Há uma grande demanda na rede. O banco diminuiu em cerca de 1.700 postos de trabalho, entre 2012 e 2013, aumentou o número de agências e todos os números do BB têm crescido. Isso é sinal de que tem funcionários eficientes, mas que a intensidade do trabalho tem aumentado bastante. Defendemos a contratação de mais funcionários. Só a contratação de mais três mil funcionários, como o banco prometeu para este ano, não é suficiente. O banco já contratou mais de 2.000 funcionários, mas o ritmo de saídas é maior que o de entradas e o número geral de funcionários vêm caindo. O banco pode investir mais em seu funcionalismo. Os trabalhadores vestem a camisa do BB e precisam ser tratados com mais carinho e mais reconhecimento. É preciso valorizar o trabalhador que faz o banco crescer”, disse o conselheiro eleito.


Rafael Matos se coloca à disposição dos bancários e explica que o Caref tem um papel importante por ser eleito pelos próprios funcionários para o fórum mais importante de gestão do Banco. “Como conselheiro, o Caref aproxima a estratégia do banco até a ponta onde está o funcionário fazendo o banco acontecer. E principalmente, fazer com que a visão desse bancário vá para o Conselho de Administração elaborar sua estratégia. O Caref é a voz do trabalhador na administração do BB”, definiu.


José Eduardo Marinho, Bosco Mota e Léa Patrícia, diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará acompanharam Rafael nos encontros com os funcionários, em Fortaleza. Os dirigentes sindicais apresentaram ao Caref as demandas dos bancários do BB recebidas pelo Sindicato e deram informe sobre o quadro geral sobre as condições de trabalho nas unidades locais do banco.


“O conselheiro eleito mostra como é importante o diálogo com os trabalhadores que o escolheram, pois o seu mandato é direcionado para ouvir e levar as demandas do funcionalismo ao Conselho do banco”

José Eduardo Marinho, diretor do SEEB/CE