Ação de equiparação das comissões executada na Justiça

59

O Sindicato ajuizou a execução da ação da equiparação das comissões do BNB às do Banco do Brasil. A entidade apresentou os cálculos à Justiça e pede que esta dê ao banco um prazo para se posicionar quanto ao cumprimento da ação. Os mesmos cálculos foram entregues informalmente ao banco desde outubro/2006, mas até agora a empresa não se posicionou. O Sindicato pleiteia o pagamento das diferenças salariais em função da equiparação dos valores das comissões a partir de 31/10/1988 e seus reflexos nas demais verbas.


Em agosto de 1991, o Sindicato e o BNB fecharam um acordo onde se conseguiu a equiparação dos cargos e funções do pessoal do banco aos funcionários do BB, retroativo a outubro de 1988. Logo em seguida, o BB reajustou suas funções e o Sindicato entrou com nova ação pedindo outra equiparação. A ação foi ganha em todas as instâncias. “Não cabendo mais qualquer recurso, o que falta é apenas a quitação dos valores”, afirmou Tomaz de Aquino, coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB/Contraf-CUT) e diretor do SEEB/CE.


Tomaz informou ainda que a Comissão Nacional cansou de esperar um chamado do banco para negociação e por isso resolveu solicitar ao SEEB/CE o ajuizamento da execução.