Ação do Sindicato contra o BNB sobre PLR de 2015 está conclusa para julgamento

18


A Justiça do Trabalho encerrou a fase de instrução da ação ajuizada pelo Sindicato dos Bancários do Ceará contra o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) sobre Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 2015 e declara processo concluso para julgamento. A ação do Sindicato deveu-se ao descumprimento por parte do Banco de cláusula da Convenção Coletiva Nacional referente ao assunto, contratada entre as partes naquele ano.


Essa ação beneficia todos os funcionários do BNB na base de representação do Sindicato dos Bancários do Ceará.


Junto à Justiça do Trabalho, o Sindicato pleiteia o pagamento pelo BNB da PLR Social 2015, no valor de 3% do lucro líquido do Banco no exercício, e pagamento da PLR prevista na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, firmado entre a Contraf-CUT com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).


A audiência de encerramento de instrução aconteceu no dia 21/11. Não houve conciliação entre as partes e a Justiça determinou que o processo está conclusão para julgamento em 1ª instância na 5ª Vara do Trabalho.


Para a diretora Carmem Araújo, que representou o Sindicato na audiência, “o êxito da ação é esperado em função do bom direito da argumentação feita pelo Sindicato dos Bancários do Ceará e agora, como está para julgamento, aguardamos que a justiça se faça para os trabalhadores do BNB”.