Acordo Aditivo garante conquistas econômicas e sociais

12


A Contraf-CUT, federações e sindicatos assinaram dia 21/10, com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), em Fortaleza, o acordo coletivo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de 2014/2015. O presidente do Banco, Nelson Antônio de Souza, participou da solenidade.


Para o secretário-geral da Contraf-CUT, Carlos de Souza, o acordo garante conquistas econômicas e sociais. “Tivemos avanços importantes nesta campanha. Há grande expectativa na melhoria das condições de trabalho e de saúde, diante do compromisso do Banco de contratar mais 1.300 funcionários e da instalação de um programa similar ao Programa de Assistência Social (PAS) do Banco do Brasil. O BNB também se comprometeu a cumprir o acordo do ponto eletrônico e implantar o vale-cultura”, destacou.


O aditivo garante ainda reajuste salarial de 8,5% e valorização de 9% no piso, que terá alcance em todos os níveis do PCR. Também assegura a criação de mais um nível, com promoção mediante desempenho da carteira, para os gerentes de negócios do Pronaf, que têm remuneração inferior aos demais gerentes de negócios da instituição, além da efetivação dos caixas substitutos, entre outros avanços.


Compensação dos dias parados


O horizonte para os funcionários do BNB que permaneceram mais dois dias em greve no estado do Ceará neste ano de 2014 apontava para o desconto pecuniário e repercussões na vida funcional alterando datas para aquisições de férias, folgas, anuênios, tempo para promoção e valor de PLR.


Com o acordo firmado entre Contraf/Sindicato e direção do BNB, em negociação no último dia 20/10, os descontos e as repercussões funcionais foram substituídos por compensação de horas não trabalhadas, limitada a 1 hora por dia, de segunda a sexta-feira, excetuados os feriados, observadas as seguintes regras:


1. Ausências registradas de 30/09/2014 a 09/10/2014:


1.1.Funcionários com jornada de 6h: compensação de 15/10 a 11/11/2014;


1.2.Funcionários com jornada de 8h: compensação de 15/10 a 18/11/2014.