Acordo com o BB garante pagamento de horas extras

19

Na última sexta-feira, dia 19/1, o Banco do Brasil realizou o pagamento do acordo celebrado entre o banco e o Sindicato para funcionários que eram caixas executivos no período de 27/8/86 a 26/8/88. O acordo foi aprovado em assembléia realizada no dia 11/1 e homologada na 3ª Vara do Trabalho de Fortaleza no dia 12/1.

O acordo extinguiu o recurso que ainda tramitava no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília. A ação tramitava na Justiça desde agosto de 1988 e o Sindicato ganhou a ação em 1ª e 2ª instâncias. Em linhas gerais, o BB vai pagar aos funcionários listados no processo 66% do valor da dívida, ficando o recolhimento dos encargos sociais a cargo do Banco (Imposto de Renda e Previdência Social). “Nós que fazemos este Sindicato estaremos sempre em diálogo com o governo para defender os direitos dos trabalhadores e fortalecer a luta dos bancários”, afirmou o presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Saraiva.

De acordo com os representantes do banco, o BB era há 10 anos o primeiro em reclamações no TST e hoje se encontra em 3º, atrás do INSS e Santander. Os representantes atribuem isso à construção de um processo permanente de diálogo buscando finalizar as pendências jurídicas da instituição com seus funcionários. “Nós buscamos manter com o funcionário uma relação de respeito. É por isso que temos uma ouvidoria interna que hoje é considerada modelo por outras empresas. Mas precisamos da parceria de todos os setores do banco e principalmente do Sindicato, para criarmos uma boa relação de trabalho, democrática e imparcial”, disse a ouvidora e ex-diretora do Sindicato, Ana Dantas.

Compareceram ainda à solenidade o vice-presidente de Gestão de Pessoas e Responsabilidade Sócio-Ambiental, Luís Osvaldo Santiago; o gerente de Divisão de Conciliação Trabalhista, José Doralvino Sena; o Superintendente Estadual do Ceará, Marcos Luís Galles; o chefe da Assessoria Jurídica (AJURE/CE), Gladson Pontes; a Gerente Regional da GEPES, Idée Maria de Paula; o deputado federal José Pimentel (PT/CE) e a gerente de Relacionamento do BB Correios, Tereza Cristina Pereira, representando os beneficiários da ação.