Agências do BB estão sem condições de funcionar

11


A agência do Banco do Brasil da Parangaba foi interditada, por determinação do Decon/Ministério Público do Estado e da Vigilância Sanitária do Município de Fortaleza, por falta, principalmente, de alvará de funcionamento. Essa situação está sendo denunciada pelo Sindicato dos Bancários do Ceará como mais um prejuízo causado pela centralização do PSO.


O diretor do Sindicato, José Eduardo Marinho, lembra que a renovação dos alvarás era feita todos os anos pelas próprias agências, mas foi centralizada pelo PSO, gerando atraso nesse procedimento junto à Prefeitura.


Segundo Ricardo Dantas, diretor do Sindicato e funcionário do BB, os fiscais da Prefeitura anunciaram que esta é a primeira de muitas fiscalizações a serem feitas nas agências bancárias, tendo em vista as denúncias. O Sindicato está vigilante.


A entidade alerta que todos os funcionários que perceberem irregularidades em suas agências como problemas relativos à vigilância sanitária, prazos de extintores de incêndio e alvarás de funcionamento vencidos, estrutura física precária e até o não cumprimento do Estatuto Municipal de Segurança Bancária ou parte dele, que façam a denúncia ao Sindicato dos Bancários através do telefone 85 3252 4266 ou pelo e-mail bancariosce@bancariosce.org.br. O SEEB/CE tomará as devidas providências junto aos órgãos de fiscalização responsáveis assim como à direção do BB.


“Há falta de alvarás de funcionamento, faltam condições de trabalho e de atendimento, falta refrigeração e falta competência do Banco do Brasil para solucionar esses problemas”
José Eduardo Marinho, diretor do Sindicato e funcionário do Banco do Brasil