AGLOMERAÇÕES POR PAGAMENTOS DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS PREOCUPAM

31


Nesta semana ocorre um dos fatos em que, tradicionalmente, as agências ficam cheias: o pagamento dos benefícios previdenciários de aposentados e pensionistas. Normalmente, isso já gera aglomerações de pessoas e com as determinações sanitárias das autoridades para evitar a contaminação do coronavírus e com a limitação do atendimento, esse período está gerando muita preocupação dentro da categoria bancária.


Além do mais, esse público, especificamente, está incluído no grupo de risco mais vulnerável ao novo coronavírus. É preciso que se ressalte que, por exemplo, em idosos com mais de 60 anos, o quadro da doença pode evoluir rapidamente para uma pneumonia grave e que pode causar a morte.


“É preciso cobrar dos bancos um posicionamento quanto à essa questão e, principalmente, que os bancos informem à população que existe um decreto presidencial sobre atividades essenciais e uma circular do Banco Central limitando o atendimento. Os bancos têm de se organizar de forma a evitar aglomerações. Isso é fundamental para a saúde de todos, bancários, usuários e clientes”, afirma o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo.