Após assalto ao Bradesco, Sindicato reforça cobrança por mais segurança

33

Após o assalto ocorrido no dia 19/12, na agência 13 de Maio do Bradesco, em Fortaleza, os diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará visitaram a unidade na terça-feira, 20/12, para levar apoio aos bancários e orientações sobre procedimentos em caso de assalto. Nesse dia, o Sindicato fechou a agência por uma hora e o atendimento começou somente às 11 horas.


O assalto ocorreu naquela agência do Bradesco na tarde do dia 19/12, às 14h, quando quatro assaltantes entraram na agência e levaram a quantia de oito mil reais além de dinheiro dos clientes. Após o assalto, os assaltantes fugiram em um carro. Dois deles iriam fugir em uma moto, porém o veículo teve problema e a dupla entrou em uma Kombi que os esperava na avenida Eduardo Girão. Momentos antes havia ocorrido um troca de tiros entre os assaltantes e a Polícia.


Na manhã seguinte ao assalto, os diretores do SEEB/CE, Gabriel Rochinha, Bosco Mota, Carlos Henrique e Gustavo Tabatinga foram àquela unidade e conversaram com os bancários, levando apoio e orientações sobre como proceder em caso de assalto, como por exemplo exigir a emissão da CAT. Eles escutaram os depoimentos dos funcionários que trabalhavam no momento da ação e realizaram reunião com os funcionários e um representante do banco.

Falta segurança – Um dos itens mais cobrados pelos diretores do Sindicato foi a porta giratória. “O Sindicato dos Bancários vai ter agora uma ação mais efetiva, no sentido de que uma agência que sofrer assalto fique mais tempo fechada, um dia ou dois, até que o Bradesco coloque porta giratória”, declarou o diretor do Sindicato dos Bancários, Bosco Mota.

Assaltantes explodem cofre do BB em Solonópole e atacam Itaú em Fortaleza


Assaltantes explodiram o cofre de uma agência do Banco do Brasil e atacaram o destacamento da Polícia Militar de Solonópole, a 277 km de Fortaleza, na madrugada da quarta-feira, dia 4/1. Segundo a Polícia Militar, os suspeitos dividiram-se em dois grupos, enquanto uns explodiam o cofre da agência do BB, os outros atiravam contra o destacamento policial, atingindo um carro. Não houve feridos.


Ainda de acordo com a PM, a fuga foi feita em dois carros modelos Hilux e Mercedes no sentido de Banabuiú. Apenas quatro policias militares estavam de serviço no momento do ataque e foram surpreendidos ainda dentro da sede do destacamento, um prédio de dois andares onde também funciona a cadeia pública da cidade. Buscas estão sendo realizadas para tentar localizar os suspeitos. Ainda não há informações sobre quantia roubada.


Também na madrugada da quarta-feira, dia 4/1, um grupo de assaltantes invadiu a agência do Banco Itaú, localizado na Avenida Washington Soares, no bairro Água Fria, em Fortaleza, e arrombou diversos caixas. A Polícia não informou quanto foi roubado dessa agência.