APÓS PRESSÃO, BANCO AUMENTA VALOR DO KM RODADO. PLR SAI DIA 6/2

32


Os bancários do Bradesco que utilizam seus próprios veículos para realizar visitas comerciais para a instituição terão um reajuste de 19,4% no valor do quilômetro rodado, que passará de R$ 0,72 para R$ 0,86 por litro. O aumento é fruto de negociação da Comissão de Organização dos Empregados (COE) e o banco.


A reivindicação leva em conta o aumento dos combustíveis e a necessidade do reembolso no mesmo valor. De acordo com o Bradesco, o valor é baseado em pesquisa de mercado e leva em consideração o desgaste do veículo.

PLR – O Bradesco comunicou à Contraf-CUT que irá efetuar o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) na quarta-feira (6/2). A PLR é uma conquista dos bancários, garantida pela CCT. O Bradesco também informou que pagará o teto da PLR (a regra majorada, que é 2,2 salários com teto de R$ 27.802,48) e o teto da parcela adicional, que é R$ 4.711,52, descontando a primeira parcela da PLR, que já foi paga em setembro de 2018.


“A pressão dos trabalhadores foi essencial para que o banco reajustasse o valor do reembolso, uma reivindicação constante dos funcionários que precisam usar veículo próprio para trabalhar”
Gabriel Rochinha, diretor do SEEB/CE e bancário do Bradesco