Aprovado acordo aditivo à Convenção

71

Os funcionários do Santander Banespa no Ceará aprovaram o aditivo a Convenção Coletiva do Trabalho, em assembléia realizada na última quinta-feira, dia 23/11. O aditivo é resultado de grande mobilização dos bancários da empresa, cujas reivindicações, aprovadas em congresso, foram defendidas por seus representantes nas rodadas de negociações especificas com a direção do banco.

O acordo significa um grande avanço, sobretudo na prorrogação da estabilidade pré-aposentadoria (180 dias a partir de 1º/9 e depois vale a regra da Fenaban, quando o período de estabilidade passará de 36 para 24 meses), e se destaca entre as principais conquistas da categoria, uma vez que os bancários do Santander Banespa são os primeiros trabalhadores de bancos privados a terem acordo aditivo à Fenaban.

Outros destaques do aditivo são o vale-refeição para afastados (o banco vai manter o pagamento até 180 dias para quem se afastou até 31/8); indenização por morte ou incapacidade decorrente de assalto, prorrogado por mais 180 dias a partir do dia 9/9; 15 minutos de descanso dentro da jornada de trabalho de 6h para quem veio do Banespa; o banco agendou ainda para o dia 5/12 uma reunião para apresentar aos dirigentes sindicais uma proposta que o banco irá implantar para o PCS.

Abstenção – Os aposentados se abstiveram da votação sobre o acordo aditivo e leram na assembléia uma declaração de repúdio ao banco pela não-incorporação da cláusula que trata do abono extraordinário aos aposentados pré-75.