Arraiá do Botequim dos Bancários marca terceira edição do projeto

6


    


Uma noite com muito forró, comidas típicas, quadrilha improvisada e muita animação. Esse é o resumo da terceira edição do projeto Botequim dos Bancários, em ritmo de São João. A festa aconteceu na quarta-feira, dia 26/6 e contou com várias atrações que destacaram o caráter tradicional das festas juninas do Nordeste.


O secretário de Cultura do Sindicato, Tomaz de Aquino, anunciou as atrações da noite durante a abertura da terceira edição que iniciou com o maestro Rogério Jales entrevistando o apresentador do programa Ceará Caboclo, Dilson Pinheiro, que além de falar sobre o tradicional programa da TV Ceará, destacou suas raízes cordelistas e declarou seu amor à cultura nordestina declamando um belíssimo cordel.


Em seguida, no bloco Talento Bancário, o funcionário aposentado do Banco do Brasil, Tacyê Andrade, acompanhado pelo maestro Tarcísio Sardinha no violão e arranjos e Alves do Acordeon e Otho Júnior na percussão, fez um passeio pelas obra de Fagner, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Waldonys, além de músicas autorais.


O grupo Balé Folclórico de Fortaleza apresentou a “Aquarela Cearense”, com baião, xote, côco e forró, arrancando muitos aplausos de todos.


Encerrando a noite, o grupo Cacimba de Aluá levantou o público com o autêntico forró pé-de-serra, fechando a noite de festa com uma animada quadrilha improvisada.


Bancult – O secretário de Cultura, Tomaz de Aquino, reforçou o convite para que todos os bancários continuem se cadastrando no Bancult, banco de talentos do projeto, que visa incrementar a programação do Botequim. Para se cadastrar é simples: basta acessar o link www.bancariosce.org.br/bancult.php e preencher o formulário. Uma comissão escolhe a cada edição o talento da noite.


Aguardem a programação da quarta edição do Botequim dos Bancários nas próximas edições da Tribuna Bancária e informes da entidade.