Assembleia Legislativa discute situação de concursados da Caixa

18

A Assembleia Legislativa do Ceará (AL/CE) realiza no próximo dia 15/12, às 14h30, uma audiência pública com o objetivo de discutir o problema da demora e da baixa convocação dos aprovados em concurso da Caixa Econômica Federal. A audiência atende a requerimento do deputado estadual Heitor Férrer (PDT).

Convocação Já – Os aprovados cearenses no último concurso da Caixa Econômica Federal, realizado em junho de 2010, exigem uma explicação do banco para a não convocação dos aprovados no Estado.


O grupo exige saber da Caixa, o porquê da gritante defasagem em relação às convocações com outras capitais nordestinas de mesmo porte como João Pessoa, Recife e Salvador. E até mesmo com cidades bem menores como Caruaru, no interior de Pernambuco.


O grupo afirma também, que com o passar dos meses, essa diferença vem aumentando consideravelmente e não encontra justificava para essa disparidade.


Através dessa audiência pública o grupo espera obter respostas plausíveis da Caixa, visto que já existe autorização do MPOG para contratação de 5000 novos concursados.


Dessa forma a Comissão dos Aprovados convida os demais aprovados nesse concurso a participarem desse ato público que diz respeito não só aos aprovados, mas também a toda sociedade cearense que carece de um serviço bancário de mais qualidade.


O contato com o grupo pode ser feito através da comunidade no Orkut – Concurso Caixa 2010 – Ceará, através do email: comissaoaprovadoscef2010@groups.live.com, ou ainda pelo telefone (85) 8806 0177 (Aurélio).

Números – Segundo o Admissional da CEF, o cargo Técnico Bancário atualizado no dia 12/09/2011 registra a seguinte quantidade de convocados: Fortaleza (CE): 78 convocados; Aracati (CE): 49; Juazeiro do Norte (CE): 30; Recife (PE): 186; Salvador (BA): 333; Itabuna (BA): 83; Caruaru (PE): 134. Para manter a proporção justa na chamada, seria preciso já terem sido convocados cerca de 200 aprovados em Fortaleza. É importante ressaltar que o concurso vence em junho/2012 e a CEF fala em fazer um novo concurso sem convocar todos os aprovados do concurso vigente.

Contratações – A edição do dia 24/10 do “Diário Oficial da União” divulgou a portaria do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest), órgão vinculado ao Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, na qual a Caixa Econômica Federal fica autorizada a alterar o limite máximo de seu quadro de pessoal próprio para 99.024 empregados. A portaria também autoriza a Caixa a gerenciar o seu quadro próprio de pessoal, praticando atos de gestão para repor empregados desligados ou que vierem a se desligar do quadro funcional, desde que sejam observados o limite estabelecido e as dotações orçamentárias aprovadas para cada exercício, bem como as demais normas legais pertinentes.


O Dest esclarece ainda, em sua portaria, que, para fins de controle do limite de quantitativo de pessoal próprio da Caixa, ficam contabilizados, além dos empregados que possuem cargos, empregos ou funções comissionadas, os bancários que estão cedidos a outros órgãos, os empregados requisitados de outros órgãos e aqueles que estão afastados por doença, por acidente de trabalho e por qualquer outra razão.