Assembleia não aprova greve, mas aponta para continuidade das mobilizações

20

Assembleia convocada pelo Sindicato dos Bancários do Ceará, para deliberar sobre paralisações das atividades do BNB devido ao não cumprimento do aditivo da PLR e em defesa da Instituição, rejeitou proposta de greve a partir do próximo dia 11/4. Ao mesmo tempo, orientou a continuidade do processo de mobilização em todas as unidades do Banco.


A assembleia ocorreu dia 4/4, com a participação de apenas 15 benebeanos, o que motivou a direção sindical a se abster da votação para não se contrapor à orientação da Contraf-CUT, que era de paralisação. No final da votação, nove presentes se posicionaram contra a deflagração da greve, dois foram a favor e quatro se abstiveram.


O diretor do Sindicato e coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, Tomaz de Aquino, convocou todo o funcionalismo do Banco a continuar a mobilização e participar das atividades promovidas pelo SEEB/CE.