Assinado com o banco acordo aditivo dos funcionários

31


A Contraf-CUT, federações e sindicatos assinaram na quinta-feira (4/10) o acordo aditivo com as conquistas específicas dos funcionários do Banco do Brasil, em Brasília. Na sexta-feira, 5/10, o banco creditou o pagamento da 1ª parcela da PLR dos funcionários.


Veja as principais conquistas da Campanha Nacional 2012 no BB:


Atendentes CABB – Unificação das comissões: banco propõe unificar as comissões atendentes B e A, em comissão a ser denominada atendente, cujo VR será de R$ 2.554,20. Além de reduzir para 12 meses o período mínimo a cumprir para concorrência.


PCR – Pontuação do caixa executivo: incluir o exercício da função caixa executivo na pontuação da carreira de mérito (M) do PCR, à razão de 0,5 ponto por dia de exercício na função, retroativo a 2006. Caixas comissionados anteriormente a 2006 terão um adicional de mérito de R$ 104,40.


Promoção de nível inicial de carreira A: novo piso (A2) para a carreira após 90 dias no salário inicial (A1), garantindo-se a ascensão para A2 aos funcionários A1 com mais de 90 dias na carreira.


PLR – Manter o modelo do acordo coletivo 2011/2012, garantindo que nenhum escriturário receba menos que o valor do módulo básico da Fenaban (CCT 2012/2013), e que nenhum comissionado receba menos que o valor pago aos caixas executivos. Assim, o BB pagou PLR para 117 mil funcionários, sendo no primeiro semestre: Escriturários: R$ 3.303,60; Caixas executivos: R$ 3.674,97; Comissionados: 45% do VR mais módulo bônus (baseado em ATB e não no Sinergia).


Jornada de 6h para comissionados – Será ainda assinado o seguinte aditivo, separado do acordo coletivo: Implantar até janeiro/2013 novo plano de comissões com jornada de 6 horas para determinados cargos comissionados.