Audiência pública em Redenção discute a instalação da UNILAB

11

A implantação da Universidade Federal de Integração Luso-Afro-Brasileira – UNILAB – no município de Redenção, no Ceará, foi tema de uma grande audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (10/6), no município de Redenção, reunindo políticos, prefeitos, estudantes e professores da região do Maciço de Baturité.


O senador Inácio Arruda, relator na Comissão de Constituição e Justiça do Senado do projeto de Lei que cria a UNILAB, ressaltou na ocasião, a importância de um empreendimento educacional federal deste porte para todos os municípios da região e anunciou a vinda do presidente Luis Inácio Lula da Silva para lançar a pedra fundamental da universidade, numa solenidade que contará com a presença de embaixadores dos países africanos, do Timor-Leste e de Macau, e de comunidades quilombolas.


Inácio anunciou também que será o relator do projeto de lei que cria a UNILAB na Comissão de Educação e Cultura, para ele, a mais importante por ser de mérito. Atualmente, o projeto tramita na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional.


Além do senador Inácio Arruda, a audiência pública convocada pela prefeita de Redenção, Francisca Torres Bezerra, contou com a presença, entre outros, dos deputados federais Chico Lopes (PCdoB-CE) e Eudes Xavier (PT-CE), do deputado estadual Lula Morais (PCdoB-CE), e do presidente da Câmara Municipal, vereador Ronaldo Teixeira, além de representantes da UFC, da UNEGRO, da UNE, da UBES, dos estudantes secundaristas e secretários municipais de Redenção, dos jornalistas e vereadores dos municípios vizinhos.

ABRAÇAR A CAUSA – “A UNILAB é nossa”, disse o senador, explicando que na CCJ foram afastadas todas as emendas que tinham como objetivo tirar a universidade do Ceará. Precisamos abraçar esta causa, convocou, acrescentando dois importantes motivos de se instalar a Unilab em Redenção: foi o primeiro município brasileiro a acabar com a escravidão, fato de grande simbologia; e, enquanto os outros estados contam com várias universidades federais, o Ceará só tem uma, a UFC.


“A UNILAB será a segunda universidade federal a ser implantada no Estado, um empreendimento que vai atrair uma série de empresas ligadas a educação, proporcionando progresso para todos os municípios beneficiados”. Finalizando, o senador Inácio Arruda fez questão de ressaltar que, se não fosse o presidente Lula não havia UNILAB. Mas disse também que, apesar de ser um desejo de Lula é também o anseio do povo.