Audiência pública proposta pelo Sindicato cobra mais segurança

16

Para debater a questão da falta de segurança no Interior do Estado, o Sindicato dos Bancários do Ceará propôs à Câmara Municipal de Aracoiaba a realização de uma audiência Pública, que ocorreu no último dia 22/2, naquele município. Estiveram presentes várias autoridades da Região do Maciço de Baturité. Criar mais delegacias, deslocar mais policiais para o Interior, criar uma comissão para reivindicar soluções junto ao Governador do Estado e ao Secretário de Segurança Pública estão entre as medidas sugeridas na audiência. No próximo dia 15 de março acontecerá também em Aracoiaba, um seminário sobre segurança pública, promovido pelo gabinete do deputado Nelson Martins (PT/CE). A idéia que ficou da audiência é que o caso da violência e a falta de segurança devem ser pauta para muitos outros encontros.

À audiência estiveram presentes diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará, representante da CUT, autoridades locais, parlamentares, representantes da Secretária de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, do Comando da Polícia Militar, Ministério Público e Clero. Todos foram unânimes em afirmar que é preciso melhorar a segurança pública no município, principalmente em torno dos bancos e dos acessos aos distritos, locais mais visados pelos assaltantes nos últimos meses.

Para o presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Saraiva é importante unir forças para combater a falta de segurança, por isso sugeriu e foi aceito, que fosse criada uma comissão com representantes de toda a sociedade, e pedir uma audiência com o Governador do Estado para expor essa situação de medo no interior cearense e pedir providências. “Temos que ter união nessa hora e o Sindicato dos Bancários do Ceará está disposto a assumir essa Comissão, que irá negociar com todos os segmentos necessários para trazer novamente segurança para nosso Estado”, disse Marcos Saraiva.


Mais reforço – Na audiência, os representantes da Polícia Civil e Militar anunciaram mais esforços para melhorar a segurança na região, o reforço de contingente com a criação do pelotão militar em Aracoiaba, com mais 20 homens e blitz itinerantes do destacamento sediado em Baturité. O representante da Secretaria de Segurança destacou que serão criadas novas delegacias no interior e que o Ronda do Quarteirão, que foi bem aceito pela população de Fortaleza, poderá ser estendido à região, ainda este ano.


Todas as sugestões constarão de um documento que será encaminhado ao Governador do Estado, ao Secretário de Segurança Pública, ao Comandante da Polícia Militar e à Assembléia Legislativa. Também será incluso no documento pedido aos bancos para a instalação de circuito de TV e aumento da vigilância nas agências e no seu entorno, conforme sugerido na reunião.


“É nesse clima de insegurança que vivem muitas cidades do interior. Precisamos nos preparar e unir forças para enfrentar essa situação”, afirmou Telmo Nunes, diretor do Sindicato dos Bancários, funcionário do Bradesco.