Ausência de porta de segurança facilita assalto ao Bradesco

14

Na terça-feira, dia 8/5, três homens armados de pistola assaltaram a agência do Bradesco, na avenida Abolição, no bairro Meireles, em Fortaleza, por volta das 15 horas. A agência assaltada não possui porta de segurança com detector de metais, como a maioria das agências assaltadas no Estado, o que facilita a ação dos bandidos.


O Sindicato dos Bancários do Ceará vem denunciando a ausência desses equipamentos de segurança nos bancos, inclusive teve a iniciativa da criação do Estatuto da Segurança Bancária, que está sendo elaborado pela Câmara Municipal de Fortaleza. O Estatuto visa reunir toda a legislação sobre o tema, em todos os níveis, visando a maior segurança dos bancários e da população.


Somente este ano foram 59 ataques contra bancos e clientes em todo o Ceará. A estatística do Sindicato dos Bancários do Ceará, atualizada até 8/5/2012, inclui os assaltos, tentativas, sequestros, arrombamentos, ataques a caixas eletrônicos e carros fortes e saidinhas bancárias em nível estadual.


No assalto ao Bradesco da Avenida Abolição, os assaltantes entraram no banco como clientes e, após alguns minutos, renderam os vigilantes. Durante a ação, um segurança e uma mulher foram feitos reféns. Houve troca de tiros. Segundo informações dos clientes, a ação foi rápida. Os bandidos renderam os vigilantes, tomaram as armas deles e pediram para todas as pessoas deitarem no chão. Eles levaram o dinheiro de dois dos quatro caixas.