Bancárias da Caixa, BNB e BB conquistam licença-maternidade de 180 dias

43

No último dia 10 festejamos o Dia das Mães, mas as bancárias da Caixa Federal, do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste do Brasil têm um motivo a mais para comemorar: saiu a licença-maternidade de 180 dias. Reivindicação antiga das trabalhadoras, a ampliação da licença-maternidade – que antes era de 120 dias – foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no ano passado.


Agora, já são seis os bancos que garantem às suas funcionárias o direito de permanecer dois meses a mais com o filho: além de Nossa Caixa e BNB, Banco do Brasil, VR, Caixa Federal e ING. O debate também está em andamento com a direção do Intercap e do Safra.


A integrante do Coletivo de Mulheres do SEEB/CE, Carmen Araújo, disse que o Sindicato já havia solicitado ao BNB, dentro da mesa permanente de negociação, que a licença fosse estendida a esse banco. Carmen ressaltou que essa medida representa um avanço para os direitos das mulheres, pois agora as bancárias poderão ficar mais tempo com seus bebês, o que será um ganho para os dois, mãe e criança. A sindicalista considerou ainda a importância da licença maternidade de 180 dias para a saúde dos bebês, pois, segundo ela, “uma criança com seis meses está bem mais apta a sair da amamentação”.


Entretanto, ainda há bancos que não implementaram a ampliação da licença-maternidade. O Coletivo de Mulheres do SEEB/CE promete se mobilizar para ampliar a discussão sobre o benefício: “queremos que seja estendido a todas as bancárias. O direito é para todas!”, conclui Carmen Araújo.