Bancárias vão às ruas em defesa dos direitos e contra o golpe

27


As mulheres bancárias foram às ruas no dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher – para protestar contra o golpe, pelo fim da violência e em defesa da democracia. As bancárias se juntaram a milhares de outras mulheres de movimentos sociais, sindicais, feministas e estudantis no ato “Mulheres nas Ruas Contra o Golpe – Pelo fim da violência, contra as reformas e por democracia”, organizado pela Frente Brasil Popular, em parceria com a CUT/CE. Após concentração na Praça da Bandeira, as mulheres saíram em caminhada pelo Centro de Fortaleza, finalizando na Praça Murilo Borges.


Veja álbum