Bancário aposentado da Caixa lança livro de crônicas Recordações

8


O bancário aposentado da Caixa Econômica Federal, Rogélio Fernandes, é, antes de tudo, um amante da literatura. Diante da sua paixão por ler e escrever, nasceu seu terceiro livro, Recordações, que será lançado na próxima edição do Botequim dos Bancários, em junho.


Autor de dois livros de poesia, “Poemas” e “Paisagens e Sonhos”, Rogélio desta vez se aventurou pela crônica. O livro fala, basicamente, sobre as lembranças de infância do autor, vividas na outrora bucólica São Paulo.


“Das crônicas, ganha relevância histórica aquelas em que o bairro de Santo Amaro, em São Paulo, é evocado. Eram tempos antigos em que a famigerada periferia, com sua miséria e violência, não existia. Santo Amaro era um bairro urbano com características ainda rurais. Lá, o jovem Rogélio Fernandes dirigia-se para a escola montado em seu inseparável cavalo Barão. Mundo ainda não totalmente contaminado pelo capitalismo, em que a vida social criava redes de solidariedade entre os seres humanos”, descreve a apresentação da obra.


Rogélio se diz alguém com excesso de sentimentalidade. “A escrita, para mim, é uma de análise, uma terapia, escrevo sobre minhas impressões da vida, minhas saudades, o cotidiano, isso me deixa mais aliviado. É como um desabafo”, diz ele.


Quem se interessar em adquirir o livro Recordações, pode entrar em contato diretamente com o autor, através do telefone (85) 3224 8683. Durante a próxima edição do Botequim dos Bancários, o livro também estará disponível.