Bancário do Bradesco sofre atentado em Pedra Branca/CE

7


O gerente do Bradesco da Agência do município de Pedra Branca, localizado a 236 Km de Fortaleza, na noite do dia 11/11 (segunda-feira), teve seu veículo e sua residência crivados de bala por criminosos que residem na região. O crime ocorreu, segundo relatos de moradores da cidade, devido a execução de uma dívida com o Banco, onde foi dado como garantia o imóvel do possível agressor.


A residência do devedor, acusado da agressão, foi a leilão e o estopim foi a divulgação através de fotos do imóvel afixados na porta da agência bancária, seguindo uma norma do banco nesses casos.  É importante esclarecer que, para que isso acontecesse foram feitas várias tentativas de negociação com o cliente devedor, não resultando em um acordo satisfatório.


O gerente do Bradesco deixou a cidade como medida de proteção de sua vida, pois há boatos de outras ameaças de morte. O mesmo residia com sua família a poucos metros da agência.


O Sindicato dos Bancários do Ceará esteve na agência e constatou o medo que os outros três colegas bancários que ficaram na unidade estão passando, pois várias outras operações desse tipo foram feitas na cidade e se encontram também em fase de execução.


Diretores do SEEB/CE estão em contato direto com o Promotor de Justiça da região, Dr. João Filho, que informou que já foi aberto um inquérito criminal para apurar o caso. Segundo o diretor do Sindicato, Carlos Henrique Colares, “estamos também requerendo providências ao Secretário de Segurança Pública do Estado, no intuito de dar celeridade na apuração do acontecido”.


O Sindicato pedirá reunião com a direção do Bradesco para tratar do assunto e rever algumas questões sobre a execução de imóveis e divulgação dos leilões no Interior, visando resguardar a integridade dos gerentes e funcionários das agências.