Bancários conquistam centro de realocação

18

Não às demissões. Essa é a principal preocupação dos dirigentes da Contraf-CUT, da Comissão de Empresa dos Funcionários do Itaú-Unibanco e do Sindicato dos Bancários de Ceará em relação às fusões. A última rodada de negociação, realizada no dia 7/4, garantiu para os trabalhadores um centro de realocação profissional interno que tem por objetivo evitar demissões, transferindo os funcionários dos dois bancos para possíveis vagas que surgirem no processo de fusão. As inscrições no centro de realocação começaram no último dia 9/4, por meio do Portal Pessoas, do Itaú, e do Portal Unibanco.


“O centro de realocação é uma importante conquista dos trabalhadores do Itaú-Unibanco, no sentido de ser uma garantia a mais para a manutenção dos empregos dos bancários. E essa é mais uma conquista do processo de negociação permanente”, afirmou o diretor do Sindicato e representante do Nordeste na Comissão de Empresa, Ribamar Pacheco.


Outro programa, o Faça Sua Carreira na Rede, também está acertado. Voltado somente para o pessoal das áreas administrativas – onde haverá mais sobreposição de funções com a fusão – que migrarão para agências bancárias, o programa prevê qualificação e treinamento para todos os trabalhadores. Os trabalhadores ressaltaram, porém, que é importante que os processos de avaliação de desempenho levem em conta um período de adaptação para esses bancários transferidos. Não dá para exigir a mesma performance de um trabalhador que está há anos no mesmo serviço e outro que está assumindo a função agora.


De acordo com os diretores do banco, as novas agências seguirão o modelo das do Itaú, que contam com mais funcionários voltados para o atendimento, com uma base operacional e comercial mais forte.

APOSENTADORIA – O banco está analisando outra reivindicação dos bancários: a criação de um programa de incentivo às aposentadorias, com o objetivo de abrir vagas e evitar demissões.

PCR – Os representantes dos bancários apresentaram aos diretores do banco uma proposta para o Programa Complementar de Remuneração (PCR). É um novo modelo, mais simplificado e baseado na receita de prestação de serviços dos bancos e com teto.

AUXÍLIO-EDUCAÇÃO – As inscrições para a adesão ao auxílio-educação estão abertas. Serão disponibilizadas 1.400 bolsas aos bancários do Itaú, com pagamento retroativo ao primeiro trimestre de 2009.

CONHEÇA AS REGRAS DO PROGRAMA DE REALOCAÇÃO


O banco divulgou as regras para o que intitula Programa de Oportunidade de Carreira (POC), o programa de realocação. Confira algumas regras:

  • O bancário pode participar de até oito processos de realocação por ano, podendo ser até três ao mesmo tempo;
  • Avalie bem seu perfil profissional antes de fazer inscrição para uma vaga, para não desperdiçar oportunidades e seu limite de inscrições;
  • Bancários do Itaú e Unibanco estão em igualdade de condições;
  • Os processos seletivos consistem em análise do currículo, dinâmica de grupo, entrevista individual com o gestor e retorno a todos os candidatos;
  • Podem se inscrever bancários admitidos há mais de um ano seja no Itaú ou no Unibanco. Em casos de promoção de cargo na mesma área há carência de seis meses, e para transferência há carência de um ano.