Bancários de Fortaleza recolhem assinaturas para anular a reforma

33


Os diretores do Sindicato dos Bancários do Ceará realizaram, durante Audiência Pública em Defesa dos Bancos Públicos, na sexta-feira (27/10), em Fortaleza, o recolhimento das assinaturas da população no documento a ser transformado em Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) propondo a anulação da reforma trabalhista.


O Sindicato levou para esta atividade na Câmara Municipal de Fortaleza materiais com informações sobre as ameaças que a nova legislação apresenta para importantes conquistas obtidas por trabalhadores, como a ampliação da jornada de trabalho, parcelamento de férias, negociação individual entre patrão e empregado, dentre muitos outros.


A CUT, à frente da iniciativa, espera reunir mais de 1,3 milhão de assinaturas no documento que pede a anulação da reforma trabalhista a ser entregue no mês de novembro do Congresso Nacional. Quem desejar participar da campanha deve procurar um dirigente sindical e pedir para assinar a lista em apoio ao PLIP ou pode imprimir a lista pelo anulareforma.cut.org.br e coletar assinaturas.