Bancários do BNB protestam pelo pagamento da PLR

7


No último dia 2/5, os funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) realizaram uma paralisação durante toda a manhã nas unidades de Fortaleza para mostrar sua indignação diante do não pagamento da segunda parcela da PLR. Na parte da tarde, o protesto foi realizado no Centro Administrativo do Banco, no Passaré.


As mobilizações contribuíram para a realização de negociação com o Governo Federal na segunda-feira, 5/5, em Brasília, resultando em encaminhamento positivo para o problema.


As agências Centro, Av. Bezerra de Menezes, Montese e Aldeota estiveram fechadas até o meio dia, enquanto que na sede administrativa do Passaré foi realizada, à tarde, uma manifestação que demonstrou a insatisfação do funcionalismo em relação ao assunto.


“O que está havendo, na nossa avaliação, é uma grande injustiça com os trabalhadores, porque o governo recebeu sua parte, enquanto os funcionários ficam na dependência de aprovação do DEST. Isso é um verdadeiro desrespeito”, analisa a diretora do Sindicato e funcionária do BNB, Carmen Araújo.


O coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB), Tomaz de Aquino, disse crer que a mobilização do funcionalismo esteja na base da decisão tomada dia 5/5 durante reunião envolvendo a Contraf-CUT, o BNB e o DEST para garantir o pagamento da PLR.