Bancários do Ceará vão aderir à GREVE GERAL

27


Por unanimidade, os bancários do Ceará aprovaram a adesão da categoria à GREVE GERAL em assembleia realizada na quarta-feira, dia 19/4, na sede do Sindicato.


A GREVE GERAL acontece no próximo dia 28 de abril e é uma resposta da classe trabalhadora aos desmandos do governo golpista e suas reformas que visam tirar direitos. Os bancários vão parar por nenhum direito a menos e contra as reformas Trabalhista e da Previdência, além de manifestarem sua indignação contra a terceirização irrestrita e outras manobras que rasgam a CLT e precarizam as relações de trabalho.


O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, fez um breve histórico sobre os acontecimentos políticos no último ano que, após o golpe na presidência da República, tem gerado uma série de ataques aos direitos dos trabalhadores como uma espécie de “pagamento” àqueles que financiaram o golpe. “Todos esses acontecimentos estão levando a classe trabalhadora a iniciar um processo de reação e realizar essa greve geral para darmos uma resposta efetiva: NENHUM DIREITO A MENOS”, disse.


Nova assembleia organizativa deve acontecer nesta semana.


Temos motivos de sobra para repudiar o governo ilegítimo e para conclamar a classe trabalhadora para a greve geral no dia 28 de abril. VAMOS PARAR TUDO!