BANCÁRIOS DO SANTANDER CONQUISTAM RENOVAÇÃO DO ACORDO ADITIVO

36


A Comissão de Organização dos Empregados do Santander (COE Santander) se reuniu por videoconferência com o banco dia 27/4 e conquistou a renovação, por dois anos, da íntegra do acordo aditivo (Acordo Coletivo de Trabalho – ACT) à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. Também ficou estabelecida a renovação do acordo do Programa Próprio de Resultados Santander (PPRS), reajustado pelo mesmo índice que for definido na Campanha Nacional dos Bancários.


As principais reivindicações dos funcionários partiam da manutenção dos direitos previstos no atual acordo, com melhorias no programa de auxílio à educação. A representação dos trabalhadores ainda vai continuar a discutir no CRT (Comitê de Relações Trabalhistas) sobre outras reivindicações, como por exemplo a isenção de tarifas para funcionários.


Após a reunião, o banco informou que, desde o dia 28/4, todos os funcionários que trabalham nas dependências dos centros administrativos do Santander deverão, obrigatoriamente, utilizar máscaras durante todo o dia, como medida de proteção e manutenção da saúde de toda a equipe.


“A parte negativa do Acordo Aditivo é o banco ficar enrolando pra conceder a isenção de tarifas, algo que, do ponto de vista financeiro, não custaria nada diante dos lucros produzidos pelos bancários”, avalia o diretor do Sindicato e funcionário do Santander, Eugênio Silva.