Bancários entregam pauta específica

21

A entrega da pauta específica aconteceu no mesmo dia em que o BB divulgou o lucro do primeiro semestre deste ano, que chegou a R$ 2,5 bilhões, 36,3% a menos que no mesmo período de 2006. O banco atribui a queda ao Plano de Aposentadoria Antecipada (PAA), que gerou um gasto adicional de R$ 445,9 milhões.


“Destacamos que o Banco do Brasil tem todas as condições de atender nossa pauta de reivindicações. O fato de o presidente Lima Neto ter recebido pessoalmente nossa minuta foi muito positivo, mas esperamos que o ato se traduza em seriedade na hora de negociar”, afirmou o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, Marcel Barros.


No período da tarde, a Comissão participou de uma reunião com a direção do Banco do Brasil, que apresentou aos representantes dos funcionários um novo programa que visa melhorar a qualidade de vida no trabalho. “A iniciativa é ótima, prevê pausas para os bancários fazerem exercícios e tudo mais. O problema é que o banco sequer cumpre a pausa obrigatória de dez minutos para quem digita e, agora, me aparece com este programa. Tememos que na prática ele não exista e que se transforme em mais uma peça para o marketing do Banco do Brasil”, destacou Marcel.

Cassi – Termina na terça-feira, 21/8, a votação da Cassi para decidir sobre as alterações no estatuto. Esta já é a quarta votação e em nenhuma das anteriores o quórum foi atingido. O Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE) e a Contraf-CUT orientam que os bancários votem pela aprovação do novo estatuto e que participem em massa do pleito.