Bancários entregam reivindicações à Fenaban

56

Os bancários entregaram à Fenaban dia 10/8 as reivindicações da categoria para a Campanha Nacional 2007. A pauta foi recebida pelo presidente da Fenaban, Fábio Barbosa. Com os lucros que os bancos têm conseguido, batendo recordes ano após ano, o mínimo que podem fazer é valorizar seus trabalhadores.


No dia 14/8, um ato em Brasília marca o lançamento oficial da Campanha Nacional 2007. No mesmo dia, a Contraf-CUT entrega minuta de reivindicações dos empregados da Caixa, às 10 horas, e dos funcionários do Banco do Brasil, ao meio-dia.


Entre as principais reivindicações econômicas estão o reajuste de 10,3%, que prevê aumento real de salários de 5,5%, e criação de um piso salarial para todos os bancários de R$ 1.628,24 (salário mínimo definido pelo Dieese), além de PCS em todos os bancos. Os bancários também querem uma PLR de dois salários, mais uma parcela fixa de R$ 3.500, distribuída de forma linear para todos.


Uma novidade na minuta de reivindicações é a proposta de contratação de remuneração variável nos acordos coletivos da categoria. Além do reajuste salarial, os bancários também querem uma remuneração complementar de 10% do total das vendas de produtos feitas em cada unidade, distribuído de forma linear para todos os empregados da unidade, creditados mensalmente como verba salarial, incidindo sobre FGTS, 13º, férias e descontos previdenciários. Na mesma linha, outro item que consta na minuta é a remuneração complementar sobre receita de prestação de serviços para todos os bancários. O benefício reivindicado é de 5% da arrecadação com prestação de serviços distribuídos trimestralmente de forma linear a todos os bancários de cada instituição, inclusive aos afastados por licença-saúde.

PRINCIPAIS PONTOS DA PAUTA


* Garantia de Emprego – Convenção 158 da OIT

* Fim do assédio moral/organizacional

* Fim das metas abusivas

* PLR maior

* Isonomia de Direitos entre novos e antigos bem como com afastados e licenciados

* Plano de Cargos e Salários para todos os bancos

* Piso do Dieese para a categoria

* Igualdade de Oportunidades

* Defesa e fortalecimento dos bancos públicos

* Redução dos juros e tarifas e ampliação do crédito produtivo