Bancários entregam reivindicações específicas ao Santander

30

A Contraf-CUT, federações e sindicatos entregam dia 5/6, às 9h, a minuta de reivindicações específicas ao Santander, em São Paulo, com o objetivo de renovar o acordo aditivo à Convenção Coletiva dos Bancários e o Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS). No mesmo dia, após a entrega da pauta, será realizada a primeira rodada de negociações.


Trata-se do único banco privado que assina um aditivo com as entidades sindicais, com avanços econômicos e sociais. Entre as principais conquistas, destacam-se as 2,3 mil bolsas de estudo para graduação, o intervalo de 15 minutos dentro da jornada de seis horas, a estabilidade provisória para pais adotivos e a ampliação do horário para amamentação, licença para exames pré-natais e a garantia de acesso dos dirigentes sindicais a todas as unidades do banco.


Para elaborar a minuta, apesar do tempo reduzido, a Contraf-CUT orienta os sindicatos a buscar a participação dos trabalhadores, com o objetivo de apontar prioridades e novas propostas, através de questionários, reuniões nos locais de trabalho e consultas online.


As propostas dos funcionários deverão ser levadas pelos dirigentes sindicais para a reunião ampliada da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander, que será realizada no dia 4 de junho, às 9h30, no auditório do Sindicato dos Bancários de São Paulo. “Vamos definir a minuta de reivindicações específicas dos trabalhadores que entregaremos ao Santander, buscando ampliar as conquistas, como forma de valorização para quem produz os melhores resultados do banco em todo mundo”, afirma Maria Rosani, coordenadora da COE do Santander.