Bancários lutam para garantir feriados em dias de jogos da Copa

20


O posicionamento dos trabalhadores foi exposto em reunião realizada dia 14/5, na Secretaria Extraordinária da Copa (Secopafor), com a participação de representantes da Federação dos Trabalhadores no Ramo Financeiro do Nordeste (Fetrafi-NE), do Sindicato dos Bancários do Ceará, Sindicato dos Comerciários, Mova-se, CUT e Sindipan, quando os dirigentes sindicais defenderam que os dias em que se realizem jogos da Copa do Mundo em Fortaleza fossem considerados feriados pela Prefeitura Municipal. A reunião foi convocada pela titular da Secopafor, Patrícia Macêdo.


Os bancários defenderam o feriado em dias de jogos partindo do princípio de que, sendo o maior evento privado do planeta, não é positivo que os trabalhadores percam a oportunidade de verem os jogos e participarem de eventos relativos à Copa, como a Fanfest, por estarem trabalhando. “Nós defendemos sim o feriado porque não é um evento que vai afetar a produtividade econômica do Estado. Em relação à categoria bancária, se não tivermos o feriado e os bancos funcionarem em horário reduzido, será prejudicial para o atendimento à população. Os horários reduzidos significam mais filas e falta de comodidade no atendimento. Queremos que os trabalhadores participem ativamente deste evento que é ímpar para a cidade de Fortaleza”, considera o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo.


O diretor do Sindicato e representante da Fetrafi/NE, Gustavo Tabatinga, informou que as próprias instituições financeiras anteciparam as perspectivas de resultado do semestre para serem concluídas até maio, por conta da realização da Copa do Mundo no Brasil. “Nos dias de jogos da Copa, especialmente de jogos do Brasil, já se espera uma desaceleração natural. Haverá uma grande massa de trabalhadores que deve se ausentar de seus trabalhos para assistirem aos jogos. Além disso, há a Fanfest, para quem não vai aos estádios, que é uma democratização da Copa e que deve contar também com uma grande participação da população”, ponderou.


“A Copa é para todos! O trabalhador não tem somente que construir a Copa. Tem de ter o direito de vivenciá-la também”, concluiu o presidente do Sindicato dos Bancários, Carlos Eduardo.


Campanha nas redes sociais – Na sexta-feira, 16/5, dia em que o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, se comprometeu a anunciar o decreto ou não de feriados durante a Copa, o Sindicato dos Bancários, com apoio dos demais sindicatos de trabalhadores, chamou uma campanha nas redes sociais (#decretaferiadoRC). No final da tarde de sexta, o prefeito adiou para as 9h do sábado (17/5) o anúncio, portanto, após o fechamento desta edição.


JOGOS DA COPA DO MUNDO EM FORTALEZA


Dia 14/6 (sábado, 16h)

Uruguai x Costa Rica


Dia 17/6 (terça, 16h)

Brasil x México


Dia 21/6 (sábado, 16h)

Alemanha x Gana


Dia 24/6 (terça, 17h)

Grécia x Costa do Marfim


Dia 29/6 (domingo, 13h)

Oitavas de Final


Dia 4/7 (sexta, 17h)

Quartas de Final


JOGOS DO BRASIL NA PRIMEIRA FASE


BRASIL X CROÁCIA

Qui 12/06, 17h00

São Paulo


BRASIL X MÉXICO

Ter 17/06, 16h00

Fortaleza


BRASIL X CAMARÕES

Seg 23/06, 17h00

Brasília