Bancários participaram de manifestação contra política de juros altos

6


Militantes da CUT e das demais centrais sindicais de todo o Brasil realizaram no dia 26/11, uma manifestação em frente à sede do Banco Central, em Brasília, contra a política de juros altos. A Contraf-CUT, as federações e sindicatos de bancários de todo o País participaram do ato. O Sindicato dos Bancários do Ceará esteve presente na manifestação. No ato, as centrais sindicais exigiram a redução da Selic, a queda de tarifas e de juros bancários e a regulamentação do sistema financeiro.


“A cada 0,5% de aumento da Selic significa que R$ 3 bilhões ao ano saem do Tesouro Nacional e, em vez de serem aplicados em programas sociais, saem direto para o bolso dos banqueiros e dos rentistas, aumentando a relação dívida pública/PIB em 0,71%. Essa política de juros altos, portanto, não só joga contra o desenvolvimento econômico e social do País”, avalia Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT.


O presidente do SEEB/CE, Carlos Eduardo Bezerra, participou do ato e disse que a manifestação foi em defesa do desenvolvimento do Brasil, com distribuição de renda e melhores condições de vida para a classe trabalhadora.