Bancários se reúnem com direção regional do Bradesco

5


O Sindicato dos Bancários do Ceará esteve reunido com o novo diretor regional do Bradesco, André Ferreira Gomes, para apresentar a pauta de reivindicações dos funcionários. Representando o funcionalismo, estiveram os diretores Gabriel Motta e Robério Ximenes, além do presidente do SEEB/CE, Carlos Eduardo Bezerra.


O presidente da entidade iniciou o debate explicitando que o principal objetivo do Sindicato é sempre trabalhar no sentido de promover um ambiente de trabalho saudável e garantir os direitos dos trabalhadores. Já o diretor Robério Ximenes alertou para o caso das agências do Bradesco no Interior que, em sua maioria, funcionam com número reduzido de funcionários precarizando o atendimento e causando adoecimento nos bancários.


Os diretores do SEEB/CE arrancaram da Regional do Bradesco no Ceará o compromisso de avaliar e tentar solucionar da melhor forma possível as questões apresentadas.


Promoções – Segundo o diretor do Sindicato, Gabriel Motta, essa é uma das principais queixas dos funcionários, pois não há no Bradesco critérios claros de promoção e a política salarial do banco é ruim em relação a outras empresas.


Estatuto de Segurança – A principal conquista para os funcionários do Bradesco começou a ser cumprida só recentemente, que foi a instalação de portas giratórias em algumas unidades. O Sindicato cobra que essa adequação, assim como outras presentes no Estatuto, seja feita em todas as agências. Além disso, cobra que o transporte de numerário seja feito apenas por empresas e nunca por funcionários do banco. O diretor regional assumiu compromisso de orientar os gestores nesse sentido.


Treinet – O Sindicato cobrou ainda que o Bradesco conscientize seus gestores de que os cursos do treinet devem ser realizados durante a jornada de trabalho dos funcionários.


Assédio Moral – Os sindicalistas reivindicaram também que a questão do assédio moral seja severamente combatida dentro do banco, pois essa é uma situação recorrente nas agências.


Cumprimento de direitos – Gabriel ressaltou a questão das férias dos funcionários que, em alguns casos, não podem optar por vender ou não um terço das férias.


Folga Assiduidade – Como é um direito novo, ainda gera algumas dúvidas e os sindicalistas reivindicaram que o banco procure esclarecer seus gestores sobre o tema.


Redimensionamento – O Sindicato cobrou do banco informações sobre o redimensionamento de funcionários da área de Custódia e Compensação – do setor de Malotes, extinto na unidade Bradesco Pólo. São cerca de 20 funcionários envolvidos.


________________________


“O Estatuto foi uma das vitórias mais importantes, pois trouxe para as agências do Bradesco mais mecanismos de segurança, como as portas giratórias, e nós temos de garanti-las em todas as unidades. O banco deveria nos agradecer, pois essa medida trouxe mais tranquilidade para todos, clientes e trabalhadores”
Gabriel Motta, diretor do SEEB/CE