Banco de Leite do Albert Sabin precisa de doação

23

 O Banco de Leite Humano do Hospital Infantil Albert Sabin está precisando de ajuda, segundo informação da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. A mulher que está amamentando, pode doar leite para dar uma nova esperança aos bebês internados do Bloco A (Unidade Neonatal do HIAS), Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e do projeto Mãe Canguru, acelerando a recuperação de crianças prematuras ou de baixo peso. Ao todos, são 36 bebês que contam com a ajuda de outras mãezinhas para se fortalecer e ter uma vida saudável, já que o leite materno reduz pela metade o tempo de internação na UTI.


Para manter o atendimento regular à demanda de leite materno, é preciso que o Banco de Leite tenha um estoque de pelo menos dois litros por dia e uma média de 30 mães doadoras frequentes. Hoje, são apenas dez mães doando leite e o estoque atual só poderá atender a necessidade de mais quatro dias de alimentação para os bebês internados no HIAS.


A equipe multidisciplinar de profissionais do Banco de Leite (médico, enfermeiro, terapeuta ocupacional, auxiliar de enfermagem, entre outros) é treinada e capacitada para executar atividades de atendimento às mães com dificuldades para amamentar. Através do telefone 0800.280.4169, ligação gratuita, as mães interessadas em doar recebem orientações sobre a retirada do leite e os cuidados com o acondicionamento. Para estocar, podem ser utilizados vidros de maionese ou café solúvel esterilizados. O leite deve ser conservado no congelador por até 10 dias. A coleta do leite doado é feita gratuitamente em domicílio.

BENEFÍCIOS DO LEITE MATERNO – Estudos mostram que o aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida pode evitar, anualmente, 1,3 milhão de mortes de crianças menores de 5 anos no mundo. Os bebês até os seis meses não precisam de chás, sucos ou outros leites. Nem mesmo de água. Após essa idade, deverá ser dada alimentação complementar apropriada, mas a amamentação deve continuar até o segundo ano de vida da criança ou mais. O leite materno contém todas as proteínas, açúcares, gorduras e vitaminas que o bebê necessita para ser saudável e protege ainda de doenças como otites, alergias, vômitos, diarreia, pneumonias, bronquiolites e meningites. Melhora ainda o desenvolvimento mental do bebê, da formação da boca e do alinhamento dos dentes, além de ser mais facilmente digerido do que o leite em pó.