Banco demite 205 em um trimestre

8


O Sindicato dos Bancários do Ceará tomou conhecimento através de um comunicado interno aos funcionários do BB que o banco, além de não contratar, vem implementando demissões por infrações, segundo o próprio BB, de seu controle disciplinar.


De acordo com o comunicado, várias sanções foram aplicadas, entre elas advertências, suspensões, destituições, demissões por justa causa, medidas judiciais.


Foram 344 ações disciplinares julgadas no 1º trimestre de 2016, sendo: Abandono de emprego – 4; Apropriação indébita – 16; Comportamental – 94; Falha em serviço – 58; Fraude – 164; Furto – 2; Procedimento Reprovável – 2 e Quebra de sigilo – 4.


O Sindicato tem alertado, há algum tempo, em vários locais de trabalho, que vendas casadas, compartilhamento de senhas, metas batidas à força, recursos federais carimbados com utilização diversa que não seja a dos produtos, utilização de limites de crédito de PJ superiores ao calculado pelo sistema, contratos de produtos não assinados pelos clientes têm levado colegas a perderem não só a comissão, mas o emprego também.


O Sindicato, como entidade classista, se coloca à disposição dos bancários que sofreram pedidos de informação a solicitarem auxílio de sua entidade sindical como auxílio advocatício para proceder as melhores respostas.