Banco do Brasil manda cortar árvores na Avenida Heráclito Graça

18

 


O Banco do Brasil desrespeitou a natureza. A ação foi um corte de três árvores no sábado, 4/2, na avenida Heráclito Graça, bairro Aldeota.O pátio da agência fica entre as ruas Carlos Vasconcelos e Monsenhor Bruno.


Sem qualquer justificativa, foram derrubados um pé de eucalipto (ou pinheiro), uma mangueira frondosa e uma outra planta. O fato foi divulgado no blog do jornalista Eliomar de Lima, na coluna Vertical (O Povo) e ganhou sucessivos protestos nas redes sociais.


A Assessoria de Comunicação da Regional II (SER II) informou que o Banco do Brasil não tinha autorização para cortar as árvores e, portanto, recebeu uma notificação pela infração. A penalidade consiste numa multa que depende do número de árvores (no caso, três) e varia de 5 a 20 UFMF’s (Unidade Fiscal do Município de Fortaleza) por árvore. Atualmente, uma Unidade Fiscal custa R$ 57,67.


Pela primeira notificação, a multa é de 5 UFMF’s. Já pela segunda notificação, a multa é de 12,5 UFMF’s. Caso o banco seja notificado pela terceira vez, o valor sobe para 20 UFMF’s.