BANCO DO NORDESTE DO BRASIL DEBATE COM SINDICATO REINTEGRAÇÃO DE DEMITIDOS

16


O Presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Romildo Rolim, recebeu na quinta-feira, dia 25/10, o Sindicato dos Bancários do Ceará para tratar da reintegração de cerca de 98 demitidos pelo Banco durante a gestão Byron Queiroz(1995-2002). Presentes também no encontro o Secretário Geral da Contraf-CUT, Gustavo Tabatinga Jr; o Presidente da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro no Nordeste e do SEEB/CE, Carlos Eduardo Marques, e dirigentes da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB).


O presidente do BNB informou que a assessoria jurídica da Instituição ainda não conseguiu embasamento legal para efetuar à reintegração, mas continua buscando caminhos que possam viabilizar essa reivindicação. Para isso, acatou sugestões dos representantes dos trabalhadores no sentido de que sejam disponibilizados ao escritório que presta assessoria jurídica à Comissão de Demitidos as análises feitas pela equipe do BNB sobre o assunto, ao tempo em que os argumentos e embasamento legais produzidos por ambas assessorias sejam intercambiados com o objetivo de viabilizar uma solução consensual para o problema.


A primeira reunião das assessorias jurídicas ocorrerá já na próxima semana, visando dar celeridade a um entendimento que possa resultar na solução definitiva para o pleito.


“A reintegração dos demitidos sem justa causa por Byron Queiroz é uma cláusula que há 15 anos consta na Pauta de Reivindicação dos Funcionários do BNB. Em todas as mesas de negociações de 2003 até agora, o Sindicato reclama a reparação dessa injustiça que acomete dezenas de pais e mães de famílias que ainda hoje se encontram, em grande parte, desempregados e passando sérias dificuldades”.
Tomaz de Aquino, Diretor do SEEB/CE