Bancos batem recorde de lucratividade

75

Os maiores bancos país divulgaram o balanço de 2005 com lucros recordes. O BB teve um resultado positivo de R$ 4,2 bilhões, o que representa um crescimento de 37,4% sobre o lucro de 2004. Este foi o maior lucro da história do banco. Já a Caixa teve um crescimento ainda maior: 40% superior ao de 2004 registrando um lucro líquido no ano passado de quase R$ 2 bilhões.

O banco Itaú encerrou 2005 com lucro líquido de R$ 5,251 bilhões, um crescimento de 39% em relação ao ano anterior (R$ 3,776 bilhões). Esse é o maior resultado do banco em um ano. O Unibanco e o Banespa registraram lucros de R$ 1,838 bilhão e R$ 1,643 bilhão, respectivamente.

Nenhum banco de capital aberto conseguiu em toda a sua história atingir uma lucratividade como o Bradesco teve em 2005 com um lucro líquido recorde de R$ 5,514 bilhões, resultado 80,2% superior ao do ano anterior (R$ 3,06 bilhões).

O resultado dos bancos brasileiros foi favorecido em 2005 pelas altas taxas de juros. A Selic, taxa que remunera cerca de 50% dos títulos públicos, ficou, em média, acima de 19% no ano passado, o que gera receitas para os bancos. Além disso, o juro médio bancário brasileiro, de 44,7% ao ano, é o maior do mundo, segundo levantamento a partir de dados do FMI.